A função de analisar nem sempre é de todos, por anos apenas fui um torcedor para o que fosse acontecer nos jogos e ao longo dos anos comecei a estudar mais o que faz parte desse tal jogo, e aqui colocamos Nick Chubb. Todos sabem que ele é muito bom mas sinto que quem o analisa com mais calma consegue absorver uma nova percepção e tem o além de que ele é bom, quem o estuda entende que ele é muito melhor do que se imagina.

Chubb poderia ser um playmaker dentro e fora do campo, num exercício de pensamento eu me imaginando no seu cenário estaria fazendo das redes sociais um “rio” de muita empolgação, a construção do personagem dentro de um “hype” mas não é isso que se acontece. Chubb parece estar dentro de teu mundo, sem construir esse tal personagem, sem postar a tal dieta, o tal treino intenso, ele apenas faz teu trabalho e não estamos argumentando que ele está certo e o resto não, mas é exótico como ele trata toda essa fama.

A estreia do Browns será justamente contra o Ravens, um adversário que foi uma vítima ano passado de Chubb

Numericamente Chubb produz as estatísticas muito, a quem se interesse mais por esse lado do futebol ele tem uma amostra do quão é poderoso hoje!

Chubb antes do contato tem uma média de 1.07 jardas (47°) mas as jardas pós contato que impressiona, era algo visto do seu tape em Georgia e o quanto isso iria funcionar na NFL mais física mas em dois anos ele se mostrou um forte e estável nesse quesito, em 2019 ele teve média de 4.04 jardas pós contato, a segunda maior média nesse quesito na liga! Na medida da PFF para uma nota geral ele liderou a liga com 92.00.

Esse trabalho pós contato faz parte de um grande trabalho de melhora em uso de bloqueios, força e noções a prevenir lesões desde a sua vinda na NFL, para se ter uma idéia ele foi o único RB em 2019 a passar das 1000 jardas pós contato, e a lista é digamos “pesada de grandes nomes”:
Nick Chubb – 1,055
Derrick Henry – 968
Chris Carson – 905
Ezekiel Elliott – 785
Joe Mixon – 776

Por mais que tivemos problemas na OL e desenho de jogadas, Chubb é considerado o que chamamos de “Running Back Puro”, ele se conduz com um acúmulo do melhor de se ter em um corredor, um QI de futebol muito grande na questão de ler rotas, gaps, bloqueios..Chubb é um produto que dentro um coletivo que lhe dará os melhores cenários irá transformar pedra em ouro do melhor quilate.

Um melhor cenário, e existe motivos para acreditar quem vem um ano que Chubb seja um dos favoritos a ser o líder de jardas da liga! Se pegar o exemplo de Derrick Henry o segundo lugar entra às jardas pós contato e um dos melhores na última temporada, o fator de uma boa OL fez a diferença a ele e um dos pilares para abrir caminho a Henry estará em Cleveland. A vinda de Jack Conklin vai ser muito importante a Chubb, Conklin classificou como o quinto melhor bloqueador de corrida entre todos os tackles ofensivos (min. 100 snaps) em 2019 de acordo com o Pro Football Focus. para ter uma idéia quem estava no lado direito da linha ofensiva ano passado Chris Hubbard classificou com o 89° nós bloqueios de corrida.

Os números provam que Chubb atacando o lado direito da linha ofensiva teve uma queda na média de jardas, a perda de Henry para este lado do gap é um grande ganho a Chubb.

Uma nova linha de proteção, um novo treinador, um novo caminho a perseguir

Vamos lembrar também do esquema tático que ele estava implantado, Chubb não chegou a mil jardas no primeiro ano culpa apenas de Freddie Kitchens, e entre todas as opções para que Chubb venha a liderar a liga entre os Running Backs se chama Kevin Stefanski.

O Vikings de 2019 correram com a bola em 48,3% de todos os snaps ofensivos, a quarta maior taxa de corridas da liga. Sob Freddie Kitchens, os Browns ficaram em 15º com 40,5%. Seu esquema de bloqueio de zona externa também é um ótimo ajuste para Chubb e a capacidade do RB de explodir através de um dinamismo. Um compromisso mais forte com a corrida e um esquema de bloqueio mais favorável para o estilo de Chubb junto a Hunt é lhe dar o melhor cenário para chegar ao seu pico mais alto de talento.

Dentro de que se espera os resultados coletivos a espera de um 2020 dominante e de uma evolução no quadro de Chubb é algo que estamos esperançosos, times de valor e que pensam alto tem bons corredores junto a outros setores do campo, Cleveland com a dupla Chubb a Hunt se coloca como uma das melhores da posição se projetando a esse ano.

DEIXE UMA RESPOSTA