Apesar do fato do teto salarial da NFL poder perder até 30 milhões em relação ao que era esperado devido à pandemia, o Cleveland Browns ainda está em uma posição muito boa a pensar no que fazer nessa pré temporada, Field Yates da ESPN forneceu o que havia de mais atualizado para os tetos salariais já ajustados de todos os times da liga.

Field Yates da ESPN forneceu os tetos salariais que após serem ajustados deverão ficar assim

O mínimo que o teto salarial pode ser em 2021 é 180 milhões. Mesmo nesse quadro, os Browns, por causa de sua capacidade de continuar de estar se adaptando de acordo com alguma mudança positiva no valor final do teto, estariam operando com um teto salarial ajustado de 209.409.691, o máximo na NFL, se o limite for de 185 milhões ou chegar a 188 milhões, isso apenas lhes dará mais espaço para respirar como a gente citou sobre ainda haver mudança no valor máximo, o período legal de alteração do valor está definido para começar no dia 15, o número oficial sairá mais cedo ou mais tarde.

Os Browns têm espaço para atuar, mas vão precisar gerar dinheiro se quiserem ser agressivos ao agregar talentos a essa equipe, seja por meio de Free Agency ou de negociação. Eles têm várias maneiras de criar valor para investir mais, incluindo a reestruturação de jogadores ou o adiamento de dinheiro no futuro.

Em sua coletiva de imprensa, o gerente geral do Browns, Andrew Berry, disse que o time seria agressivo, mas que pode não ser necessariamente da maneira que os fãs esperam. Com tantas equipes precisando reduzir a carga de jogadores em pró de melhorar sua situação com o teto salarial, os Browns podem estar em posição de se beneficiar com isso. Talvez, em vez de entrar em guerras de lances pelos melhores agentes livres, os Browns podem optar por comprar jogadores com menor quantidade de pedida do mercado já que as equipes precisam estar inclinadas a liberar esses jogadores por obrigação financeira.

Os Browns precisam estar atentos aos jogadores que precisarão assinar extensões em breve, Nick Chubb e Baker Mayfield são dois jogadores que possivelmente no futuro próximo possam estar assinando novos contratos como aconteceu com Myles Garrett e por isso é preciso haver um planejamento de ação no mercado.

Carl Lawson DT do Bengals é um dos possíveis sonhos de consumo do Browns nesse mercado

Nessa pré temporada os Browns precisam agir de uma maneira econômica mas pensando que estão precisando de poucos passos a virarem um time íntegro a estar em Super Bowl e que cada ação de contratação ou escolha já é pensando no patamar mais alto. Como a Free Agency está programada para começar em 17 de março, vai ser difícil acertar todos eles, mas existe ainda sim bons nomes que a instituição deveria olhar com bastante carinho.

DEIXE UMA RESPOSTA