Existiu realmente esses jogos do final de semana? Se existiu eu tive a sorte de acompanhar cada detalhes das 4 partidas e eu só tenho a agradecer a oportunidade de viver isso. O ápice da paixão de um esporte é você absorver o maior sentimentalismo dele mesmo não sendo seu time em campo, você cai a ficha que não ama apenas sua franquia do coração e sim tudo que está em volta. E nossa como eu serei um ser humano diferente depois desses jogos, a minha visão intensificou mais ainda em algumas ideias que eu já tinha sobre esse esporte e essa liga e como é difícil ser campeão dentro da NFL. Você precisa ser perfeito, você precisa lutar contra azar e sorte, lesão ou neve, arbitragem ou barulho da torcida adversária, mental e físico alinhados. Você precisa derrotar os quarterbacks que parecem invencíveis como Brady ou Mahomes, precisa proteger o seu de monstros anormais como Aaron Donald e Rashan Gary, você precisa não fazer essa bola chegar nas mãos de um Chase ou Kupp, você precisa confiar em teu kicker não importa de onde vai ser o chute.

Eu não saberia até agora explicar o final daquele jogo então essa imagem tenta por mim

Você precisa fazer muito e assim se forma os roteiros que fizeram a gente se apaixonar por isso, que fazem a gente tratar como uma grande dramaturgia, as histórias que te levam a ser dramático e colocar drama em tudo que for possível nesses jogos. 13 segundos restantes, as imagens de for do banco de reservas do Bills, um 49ers improvável durante todo o jogo avançando e um Rodgers com um impacto de um jogo ruim e um futuro desconhecido, o maior de todos os tempos podendo ter se despedido mas mostrado o porque com ele nunca se morre a esperança dentro de um jogo enquanto um outro quarterback se mostra apto a tentar roubar o trono de maior da história, uma franquia que não vencia um jogo de pós temporada a 30 anos está a um jogo do Super Bowl, um quarterback que sempre fazia magia num local que escolhia não querer aceitar essa magia e finalmente encontrou seu momento de virar herói em um jogo de tamanho assombroso.

Os efeitos que os gostos da vida nos causam são imperceptíveis, o que faz aquela corrida para você, a música mexerá quanto em ti, os livros te levaram a quais realidades imaginárias e a NFL te faz o que exatamente? Isso eu não sei explicar, isso é daquelas vezes que você na vida vai travar em tentar colocar tanto sentimento onde no final é impossível transformar isso em um diálogo. O sentimento está não em palavras mas está ali em cada um dos 4 jogos do final de semana, de diferentes formas mas sou teimoso e preciso ainda seguir para algum caminho de desabafo então escolhi a forma de dizer sobre: o sentimento é de gratidão, algo que passamos a nossa vida o negando as vezes numa forma muito pecadora contra nós e o universo mas sobre esse final de semana na liga não seremos egoístas a não agradecer pela oportunidade de ser apaixonado por essa liga, eu mesmo sou um dependente sem medo de falar isso, o externo da vida sempre foi acobertado enquanto eu focava interinamente a isso, precisamos de soluções para os problemas e ter achado uma dessas soluções nesse esporte foi uma gratificantes escolhas da minha vida.

A sensação de injustiça com alguns personagens que saíram derrotados nesse final de semana, feições que demonstram o quanto tudo por ser tão cruel

A você que está lendo e se identificou com o texto eu fico feliz por você, feliz por compartilhar do mesmo sentimento e feliz por você ter a oportunidade de ter visto a essência mais caótica e apaixonante do esporte em mais de 240 minutos de emoção do início ao fim. Os playoffs da NFL reúnem o mais extremista dos sentimentos que você pode absorver esportivamente falando na vida, momentos para a vida, alegrias imensuráveis e eternizadas no coração mas existe a crueldade, o peso de derrotas como a de quem perdeu esse final de semana, da forma que aconteceu, num sentimento de injustiça, a dor persiste em nossas vidas e tão quanto no externo o torcedor precisa ir aprendendo a aceitar e saber lidar com o maior forte sentimento ruim essa pós temporada possa a oferecer.

Em um final de semana que ficará marcado para a história da NFL alguns sabem que seu nome será contado quando a lembrança vim

A NFL ajuda até em alterar a forma de ver a base da vida, a procura da felicidade, a busca incessante por ela, a luta interminável e destruidora por algo que não sabemos o que é, como sentir de maneira mais verdadeira consigo e nem como explicar da forma mais clara possível e assim a felicidade tem indiretamente seu ar de preciosidade, a felicidade se resume de uma maneira que impactaria tanto a todos como um momento que você nunca quisesse que acabasse, o ápice desse sentimento a um ser humano e quando você termina a semana das semifinais de conferência querendo que aqueles jogos nunca acabassem é porque você encontrou a felicidade, uma delas que a gente irá abraçar e ir em busca sempre. O futebol americano é incrível. A NFL é mágica. Nos tempos de caos nada nos une tanto quanto o esporte.

 

 

DEIXE UMA RESPOSTA