Quando finalmente saiu a lista de inativos, o torcedor já imaginava que o domingo seria mais um daqueles. Sem os best friends forever Lamar Jackson e Marquise Brown, o ataque do Baltimore Ravens poderia ter bastantes problemas para andar em campo, mesmo contra um fraco e desfalcado Chicago Bears.

O desafio de Huntley

Coube a Tyler Huntley a ingrata missão de tentar buscar a vitória no Soldier Field, e seus obstáculos eram a pressão do time adversário e a linha ofensiva que parecia jogar com um a menos. Além da quantidade absurda de snaps esquisitos, mais baixos que o normal, um cone neste domingo teria sido mais útil que Alejandro Villanueva.

O resultado: jogadas apressadas, várias improvisações de scramble e um QB que saiu amassado de campo, com 5 sacks ao todo. isto ajuda a explicar um pouco a baixa produtividade do ataque, que precisou contar com um dos melhores jogos de Mark Andrews.

0800-Mark Andrews

Mesmo não anotando nenhum TD, ele foi o principal movedor de correntes de Baltimore em campo, recepcionando 8 de 10 targets para 73 jardas totais. Watkins e Bateman, apesar de ambos terem apenas 3 recepções cada, protagonizaram momentos fundamentais, principalmente na campanha da virada. Bateman conseguiu um 1st down longo cavando uma DPI e Watkins recepcionou um passe pra mais de 20 jardas que colocou os Ravens a menos de 10 jardas da endzone.

Ah, a defesa…

Quanto à defesa, não tem muito o que falar. os mesmos erros de comunicação e perda de ângulo de tackle de sempre, agora agravados pela ausência de Anthony Averett e jimmy Smith. E Chris Westry provou que ainda precisa comer muito arroz com feijão. Ambos os TDs de Chicago foram em cima dele: o primeiro em um passe de Andy Dalton na segunda jogada dele no jogo, onde todo mundo perdeu tackles; o segundo em um double move que transformou uma 4a para 11 jardas em TD.

Porém, nem tudo são espinhos. Se Justin Fields (que saiu do jogo por uma lesão na costela) não conseguiu produzir e deixar a coisa para Andy Dalton mais fácil, foi por conta de uma das melhores partidas de Tyus Bowser. Foram cinco tackles totais, sendo 4 deles solo, 2 QB hits, 2 sacks 1 TFL. Foi o próprio Bowser, inclusive que enterrou as chances de uma hail mary milagrosa de Andy Dalton nos segundos finais de jogo, depois de Baltimore ter feito uma campanha destruidora que terminou em TD.

Sobre os kickers

Este texto não poderia terminar sem o registro de que os kickers fizeram a diferença, para o bem e para o mal. Enquanto Justin Tucker foi preciso em seus três Field Goals na partida, Cairo Santos errou o único FG que teve a oportunidade de chutar na partida. Mesmo tendo sido no começo da disputa, se convertesse, teria levado o jogo para a prorrogação.

O Baltimore Ravens volta a campo no dia 28 de novembro para encarar seu segundo duelo de divisão contra o Cleveland Browns no Sunday Night Football, iniciando a fase mais difícil do calendário do time, onde se concentra todo o restante dos duelos de divisão, além de confrontos com Rams e Packers.

DEIXE UMA RESPOSTA