É isso que vem parecendo a reta final de temporada do Baltimore Ravens. Vendo o desenrolar da temporada, parece alguém que não amarrou o tênis para ganhar vantagem na corrida e agora tropeça nos próprios cadarços.

Desde o jogo contra o Miami Dolphins, a virada de perspectiva dos setores do time causava temeridade. Apesar da ligeira melhora do setor defensivo, o ataque não passava a mesma confiança de ante desde o fatídico TNF.

Ataque Inoperante

Assim que tal ferida foi aberta, o Baltimore Ravens não foi capaz de achar uma formula para cicatriza-la. Estamos falando da blitz. Uma uma vez que o time manda as blitez, Lamar Jackson não tem muita reção, e aí o ataque implode.

lamar jackson acaba prendendo a bola demais na tentativa de salvar a jogada, e isso compromete a campanha, pois muitas vezes a pressão vence a OL e o time acaba perdendo jardas, quando poderia terminar a jogada com um passe incompleto.

Vitimas da OL

Mesmo que Lamar tivesse criado juízo para este jogo, não daria para esperar muita coisa quando a linha ofensiva joga horrivelmente. E, dessa vez, o combo de problemas acabou por concretizar aquilo que temíamos. Tyler Huntley precisou assumir o ataque ainda no segundo quarto, após Lamar Jackson sofrer uma lesão no tornozelo direito após um tackle.

A exposição foi imediata, com Huintley sofrendo um sack na campanha inicial, além de sofrer um fumble convertido para touchdown, que permitiu ao Cleveland Browns abrir uma liderança de três posses na momento (24 x 03).

Com Huntley em campo, o ataque fez o que lhe cabe quando não tem mais nada a perder: cair atirando. Foi assim no segundo FG do time durante o Two Minute Warning. Foi assim também que o time buscou o resultado. Uma pena que faltou pouco para a virada.

Defesa em frangalhos

para não sermos injustos, ela tentou fazer sua parte na tarde de hoje. Averett conseguiu uma interceptação depois de sete jogos sem o time saber o que é isso. E, no começo da partida, conseguiu segurar o ataque do Bronwns por um momento.

O problema é quando sua unidade carece de talentos. Para além da lesão de Marlon Humphrey, o que fez Don Martindale experimentar Chris Westry na marcação individual – o que, obviamente, não deu certo – a linha defensiva ainda teve de encarar a perda de Calais Campbell, que sofreu uma concussão.

Para além disso, era esperado uma queda de desempenho da unidade, com o ataque entregando a bola sem pontuar na maioria dos drives, ou mesmo entregando a bola sendo de mais, impedindo que o grupo descanse.

Falta de disciplina

A despeito de várias faltas serem questionáveis, como o pass interference em cima de Chirs Westry que a arbitragem, curiosamente marcou contra o Baltimore Ravens, o time precisa se mostrar mais disciplinado. Erros de arbitragem não isentam o time de vários holdings e faltas técnicas que acontecem e vem acontecendo com frequência nos jogos.

O Baltimore Ravens volta a campo na proxima semana e recebe o Green Bay Packers, precisando urgentemente se reabilitar na temporada, agora que o Cincinnati Bengals mais uma vez está na cola.

 

 

DEIXE UMA RESPOSTA