Geaux Saints: An√°lise da Free Agency

Mais uma free agency se passou, e assim como ano passado, o general manager Mickey Loomis adotou uma estrat√©gia conservadora, com aquisi√ß√Ķes pontuais, e sem supervalorizar atletas, como era de costume. Considerei a Free Agency de 2018 muito boa, apesar da (desnecess√°ria) novela referente a renova√ß√£o de Drew Brees, que se encaminhou para um final feliz e esperado, al√©m disso, posi√ß√Ķes necessitadas foram endere√ßadas e os ‚Äúburacos‚ÄĚ restantes ser√£o cuidados no draft. Nesse ano, Loomis mostrou mais uma vez o seu talento para abrir espa√ßo no ‚Äúcap‚ÄĚ com algumas manobras financeiras que possibilitaram mais competitividade no per√≠odo, irei agora avaliar os principais movimentos da FA.

  • Renova√ß√Ķes:

Duas das principais preocupa√ß√Ķes entrando na FA eram em rela√ß√£o as renova√ß√Ķes de Okafor, mas principalmente de Brees, que para a alegria de New Orleans, aconteceram.

A negocia√ß√£o de Brees teve um drama inesperado, devido √† demora para fechar, e depois de muita especula√ß√£o da m√≠dia, foi acertado um contrato de mais dois anos, valendo cerca de $ 50 MM. E com a equipe tomando rumos para se manter como ‚Äúcontender‚ÄĚ em 2018, esse acerto foi fundamental, pois al√©m de dar, no m√≠nimo, mais duas oportunidades de Brees conseguir mais um anel, d√° tamb√©m tempo para ele ser o mentor de um poss√≠vel sucessor.

J√° a renova√ß√£o de Okafor ocorreu quando todos menos esperavam, isso porque ap√≥s alguns dias de free agency e a contrata√ß√£o de alguns jogadores, os f√£s imaginavam que n√£o houvesse mais espa√ßo para contratar algu√©m do calibre de Okafor. Foi quando Loomis em uma de suas engenharias com o ‚Äúcap space‚ÄĚ abriu espa√ßo e recontratou o atleta que foi muito importante na √ļltima temporada jogando oposto √† estrela da linha defensiva, Cameron Jordan.

  • Patrick Robinson, Cornerback, Eagles

A contratação de Robinson dividiu boa parte da torcida dos Saints, muito porque é inevitável não o relacionar com aquele jogador selecionado na primeira rodada do draft que nunca atendeu as expectativas em New Orleans. Apesar disso, o cornerback, após rodar um pouco na liga, passando por Chargers, Colts e Eagles, retorna ao Saints um jogador diferente, hoje é considerado um dos melhores cornerbacks de slot da NFL, e essa era uma das maiores necessidades do time, a contratação de Robinho veio para fortalecer uma secundária já muito respeitada.

  • Demario Davis, Linebacker, Jets

Confesso que quando foi anunciada a chegada de Davis, fiquei um pouco assustado, por não o conhecer muito, e principalmente pelos valores do contrato. Após estudar um pouco o jogador, vejo que seu estilo se encaixará bem em New Orleans, é um jogador rápido, inteligente e bom nas jogadas de blitz. Davis trará o atleticismo que o corpo de linebackers precisa, pois a equipe sofreu na temporada passada na marcação de running backs. Quanto ao preço, continuo achando que foi um pouco salgado, porém se Davis jogar bem e solucionar problemas que temos na defesa, esquecerei isso rapidamente.

  • Kurt Coleman, Safety, Panthers

Essa foi de todas, a contratação que menos gostei, não pelo jogador em si, mas pelo preço gasto no contrato, e também sua duração. Penso que Loomis foi impaciente quanto a essa negociação, pois se ele tivesse esperado a free agency, veria que o mercado de safeties estava muito mais tranquilo, vide o contrato de Mathieu com os Texans, de 7 MM. Apesar disso, Coleman não é um jogador ruim, e se estabeleceu como um titular sólido da liga, ele trará inteligência e experiência a nossa secundária, e provavelmente jogará rotacionando entre Vonn Bell e Patrick Robinson.

  • Jermon Bushrod, Guard, Dolphins

Essa contratação é importante no sentindo de depth na linha ofensiva, pois vimos ano passado que é importante ter bons jogadores à disposição na reserva, Kelemete por exemplo, foi peça fundamental do setor, e saiu para os Texans. Bushrod é um atleta experiente e que conhece o Saints, por isso não terá problema de adaptação, além de que pode ser importante na ajuda aos jogadores de linha ofensiva mais jovens.

  • Benjamin Watson, Tight End, Ravens

Benjamin Watson é outra cara conhecida da torcida do Saints, teve uma ótima passagem na equipe, e tem bastante entrosamento com Drew Brees. Gostei bastante dessa contratação, pois a chegada de Watson tira a urgência da aquisição de um tight end em uma posição alta no draft, deixando a equipe com a opção de draftar um jogador com potencial, mas que não esteja pronto para assumir a titularidade da equipe em seu primeiro ano na liga, fazendo com que Watson trabalhe como um tutor para desenvolver o talento do calouro.

Todos os conte√ļdos publicados neste site s√£o de responsabilidade de seus autores e n√£o necessariamente refletem as opini√Ķes e posicionamentos da FN Network.

Deixe um coment√°rio

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

NOT√ćCIAS RELACIONADAS

Capa
Geaux Saints: Mock Draft 3.0
capa
Geaux Saints: Mock Draft 2.0
capa
Geaux Saints: Mock Draft 1.0
Obrigado Drew
Geaux Saints: Obrigado Drew
brees
Geaux Saints: Rebobinar
capa
Geaux Saints: Mock Draft 3.0
capa
Geaux Saints: Mock Draft 2.0
capa
Geaux Saints: Mock Draft 1.0
LOOMIS
Geaux Saints: An√°lise da Free Agency 2020