O LB Patrick Queen e o RB J.K. Dobbins deram uma coletiva nesta tarde. Confira os destaques.

Patrick Queen

Créditos: KPLC

Queen começou falando sobre a pressão que enfrenta de ser titular desde o início: ‘Nao é desafiadora, é empolgante. É uma excelente sensação fazer o que você se preparou durante toda a vida’. ‘O céu é o limite. Eu quero ser um dos grandes jogadores da história, como todo mundo espera que eu seja’, disse Queen.

Patrick disse que tem sido suave aprender a defesa do Ravens e que a comunicação tem funcionado muito bem: ‘Quanto mais você se comunica, melhor você é’ 

‘É louco. Eu entrei no college um ano depois de LSU jogar contra ele (Lamar). É um grande jogador, ganhou o Heisman, veio para a NFL e foi MVP. É incrível estar no vestiário com ele. Grande jogador, grande pessoa’, afirmou Queen sobre estar com Lamar.

O LB falou sobre a importância de ser o MLB do time: ‘Todos os olhos estão voltados para você. É preciso ser um líder’ 

‘Sair de casa para quê? É temporada, cara. Esse time é mentalmente muito forte. Estamos focados e mantemos distância, lavamos as mãos e continuamos de máscara’, destacou sobre os protocolos contra Covid .

Queen revelou que ele tem treinado com o ponto eletrônico no capacete, mas apenas para se habituar a ele. O time planeja que Chuck Clark continue chamando as jogadas da defesa.

J.K. Dobbins

Créditos: Todd Rosenberg/AP Photo

Dobbins disse que o Ravens tem facilitado muito as coisas para os jogadores seguirem todos os protocolos contra a Covid. JK também disse que focou em ficar melhor, mais forte e mais rápido durante essa offseason.

O RB disse que ficou chocado por cair tanto durante o último draft, mas que acabou indo para o lugar certo: ‘Eu não preciso de motivação, mas me motivou. Estou ansioso para seguir em frente, continuar ganhando química com meus companheiros de time. Acredito que tudo vai funcionar’, afirmou Dobbins.

‘Definitivamente, é uma bênção jogar com o Lamar Jackson. Ele é um cara muito engraçado, gente boa’, disse o RB. O calouro também elogiou o grupo de RBs do Ravens, disse que já interagiu muito com eles e que confia muito neles para ajudar na transição para a NFL.

‘Eles foram o número 1 da liga no ano passado. Meu plano é ajudar a continuar sendo o número 1’, disse sobre o jogo corrido do Ravens. O camisa 27 acrescentou que treinou com Dalvin Cook durante essa offseason e que tirou lições valiosas disso .

‘Meu papel será definido pela forma como eu treinar e desempenhar em campo’, afirmou o jogador ao ser perguntado qual espaço teria num backfield tão recheado.

Dobbins disse que espera que o Mark Ingram seja como um irmão mais velho para ele e que eles conversaram bastante via mensagem de texto.

Dobbins participou dos treinos organizados pelo Lamar na Flórida durante a offseason e disse que foi importante para criar química com os companheiros. ‘Meu objetivo não é ser paciente. Meu objetivo é ajudar esse time a ganhar o Super Bowl, não sentar no banco’.

Por Giba Perez, do @BRavensBRA
Confia as threads originais aqui e aqui

DEIXE UMA RESPOSTA