O Baltimore Ravens foi até Ohio buscar e emendou a 4° derrota seguida, dessa vez 41 x 21 para o Cincinnati Bengals fora de casa.

O time é o último Wild Card no momento, com uma campanha 8-7, na segunda colocação da divisão norte da AFC.

Com o resultado, o Baltimore Ravens precisa de uma combinação de resultados se quiser ir para a pós temporada. Confira 10 pitacos sobre o jogo.

1- Dentro das circunstâncias, o ataque fez mais do que o esperado.
2- O plano de jogo com passes rápidos e ritmo acelerado funcionou bem. Se esse mesmo plano tivesse sido executado mais cedo na temporada, talvez estivéssemos em melhor situação na temporada.
3- Mark Andrews é o melhor recebedor da história do Baltimore Ravens.
4- A temporada está por um fio. O Baltimore Ravens precisa desesperadamente ficar mais saudável se quiser ir aos playoffs.
5- Ótimo jogo de James Proche II. O segundo-anista já se provou uma arma útil, o que demonstra a boa profundidade no grupo de WRs. O problema foi resolvido, agora falta o resto.
6- Junto a um jogo mais acelerado, a linha ofensiva finalmente encontrou o mínimo de estabilidade. Se Lamar Jackson voltar, pode ter a oportunidade de se recuperar da fase ruim na temporada.
7- É difícil fazer qualquer análise sobre a defesa do practice squad que o time colocou em campo para jogar.
8- Os iLBs são os únicos que vem entregando boas atuações nas últimas semanas. Evolução notável de Patrick Queen, enfim jogando como uma escolha de primeira rodada.
9- O Ravens vai precisar de Anthony Averett. Se a lesão do CB for grave, é quase impossível ser competitivo.
10- A volta de alguns jogadores da lista da Covid deve tornar a defesa minimamente aceitável, mas não dá pra esperar grandes coisas da unidade no geral.

DEIXE UMA RESPOSTA