Passada a ressaca da final de conferência de 2018, ou pelo menos parte dela, quis o destino que Saints e Rams se enfrentassem logo na segunda semana da nova temporada. E essa partida será de extrema importância para a continuação da temporada por dois motivos; por serem dois contenders, o confronto direto será fundamental como critério de desempate no final da temporada regular, e o segundo e para mim, mais importante, é relacionado à confiança, uma vitória na casa do adversário, após uma derrota traumática no ultimo confronto, deve dar a injeção necessária para a equipe do Saints manter seu trajeto rumo ao SuperBowl.

Falando da partida em si, teremos bons duelos a se observar, do lado do ataque, Michael Thomas deverá receber quase toda a atenção da secundaria dos Rams, com Peters ou Talib na marcação no recebedor 24/7. Outro fator do ataque aéreo vs secundária é a presença dos recém chegados Jared Cook e Eric Weddle, que serão vitais para o desenrolar do jogo, o tight end desafogando o ataque para Drew Brees, dando mais uma opção além de Thomas, Kamara e Ginn, e o safety com sua experiência e leitura de jogo, o que deve proporcionar um verdadeiro jogo de xadrez contra o qb de New Orleans. O interior da linha defensiva do adversário se enfraqueceu após a saída de Suh, e apesar de ainda contar com o sensacional Aaron Donald, o jogo terrestre deverá ter um desempenho melhor do que o do último jogo contra a equipe de LA. Falando ainda de Donald, nossa linha defensiva terá outro baita teste para proteger Drew Brees, se Ramczyk teve ótimo desempenho contra o JJ Watt, a missão de enfrentar o melhor jogador defensivo de 2018 ficará com os guards e o calouro Erik McCoy, que apesar de ter ido muito bem em seu primeiro jogo, terá um teste mais difícil agora, esse será outro duelo chave no domingo.

Agora analisando o outro lado, defesa Saints vs ataque Rams, vejo que teremos outra prova para nossa defesa se consolidar. No jogo passado, acho que sofremos bastante no jogo terrestre, muito pela ausência de Rankins e Onyemata (este que estará de volta após suspensão), e apesar de ter visto uma partida sólida da secundária, levando em consideração o ataque adversário, o último drive foi sofrível, principalmente pelas chamadas de Dennis Allen, mas a secundária teve sua parcela de culpa. Na semana 2, acredito que nossa defesa contra o jogo terrestre vai melhorar, mas o teste contra a secundária será mais forte, pois apesar de não ter nenhum Deandre Hopkins, a trinca de recebedores dos Rams está entre as melhores da liga, se conseguirmos marcar bem Cooks, Woods e Kupp, teremos grandes chances de vencer. Porém para ter uma boa performance na secundária é fundamental pressionar o quarterback adversário, e isso é o que mais me preocupa para domingo, apesar de Cam Jordan ter sido Cam Jordan, Davenport teve uma péssima partida, com um repertório bem pobre, e agora vai enfrentar um linha ofensiva mais forte e precisa urgentemente mostrar a que veio, caso contrário perderá a vaga para Trey Hendrickson, que conseguiu dois sacks segunda passada.

Para resumir, vejo um jogo extremamente equilibrado, entre duas das melhores equipes da liga, e será decidido nos detalhes e nos vencedores dos duelos citados. O mais importante para mim, será a equipe realmente deixar para trás o que aconteceu na temporada passada e focar em seu objetivo principal: ganhar partidas para finalmente chegar no Super Bowl.

DEIXE UMA RESPOSTA