Parte do que será falado neste texto, você pode encontrar de forma resumida em nosso ultimo podcast.

O atual OL do Baltimore Ravens possui histórico no esporte atuando do lado esquerdo da linha. Em Oklahoma, universidade onde jogou no College Football, Orlando Brown Jr. atuou protegendo o lado cego de Baker Mayfield e Kyler Murray.

Seu pai, ex-jogador do Cleveland Browns e próprio Baltimore Ravens, sempre quis que o filho jogasse do lado esquerdo da linha. Afinal, sendo ele atuante a vida inteira pelo lado direito, tinha conhecimento de como a outra ponta da OL era mais valorizada.

A não ser que seu QB seja canhoto, mas em um mundo dominado por destros, isso é raridade.

Como um Raven, OBJ teve que se adaptar ao lado direito da linha ofensiva, pois do outro lado havia um titular absoluto: Ronnie Stanley, que seria selecionado para o Pro Bowl e se tornar First Team All Pro um ano após o Draft de Orlando Brown Jr.

Fato é que a chance de jogar em sua posição original apareceu após Ronnie se lesionar no jogo contra o Pittsburgh Steelers na semana 8, atuando finalmente como LT no meio de uma linha ofensiva que demorou para encontrar consistência, haja vista a ausência de Marshall Yanda, que se aposentou na temporada 2020, e as inconsistências tanto dos calouros quanto do veterano DJ Flucker, vindo do Seattle Seahawks.

Insatisfação com a posição

Agora, para 2021, Orlando Brown Jr. anunciou que quer ser trocado, deixando o Baltimore Ravens em uma situação desconfortável. A ideia do jogador é jogar em algum time onde ele possa atuar do lado esquerdo da OL que, como dito anteriormente, é mais valorizada dentro da liga por quase todos os times, exceção feita ao Miami Dolphis sendo Tua Tagovailoa um canhoto.

E justamente essa proeminência de QBs destros é o que torna a posição de LT tão valorizada. Uma vez que o lado direito é o mais usado pelo jogador, o outro lado se torna um ponto cego, tornando o passador mais vulnerável às pressões por ali, tornando quem atua do lado oposto ao lançamento um atleta muito mais atento e habilidoso.

Contudo, a intenção de Orlando Brown Jr. talvez nem seja – ou não seja apenas a vontade de atuar como LT. Sendo mais valorizado que um RT, a ponta esquerda também é mais bem paga, e aí pode estar o pulo do gato: como mencionado por João Gabriel Gelli em nosso episódio mais recente do podcast, pode ser que OBJ apenas queira SER PAGO como um LT, não importando em que lado ele jogue.

Na circunstância atual, dificilmente algum time aceite a aposta do, até o momento, RT do Baltimore Ravens, considerando o fato de que seu desenvolvimento como jogador profissional se deu todo pelo lado direito.

Embora tenha se saído bem jogando na outra ponta da OL, ainda assim a adaptação de posição é complicada, tanto pela atenção redobrada quanto pelo espelhamento dos movimentos, algo que não se faz do dia para a noite. E o espaço amostral de OBJ profissionalmente ainda é pouco.

Orlando Brown Jr. para 2021

Feitos os esclarecimentos, o Baltimore Beatdown levantou uma questão pertinente em seu texto hoje. Antes de mais nada, é bom lembrar que, apesar dos pesares, John Harbaugh tranquilizou a todos informando que Orlando Brown Jr. volta para a temporada 2021, e a princípio, a linha está razoavelmente estável com OBJ e Zietler na direita, Ronnie e Powers/Bozeman na esquerda, ainda a ser definido o que será feito na posição de Center.

A respeito da formação titular, a questão levantada por Marc Sessler é: o quão pronto Ronnie Stanley estará para a semana 1, depois da lesão sofrida no ano passado?

Sobre isso, no começo do ano o próprio jogador postou no twitter que finalmente estava conseguindo andar por conta própria, o que já é um grande avanço. Contudo, a gravidade da lesão ainda inspira cuidados e é necessário sabermos em que ponto o LT titular estará nos treinos, o que servirá de indicador para saber se é possível contar com ele já na semana 1.

 

Não sendo possível, Harbaugh já deixou claro que espera contar com mais um bom LT do elenco, fazendo clara alusão ao Orlando Brown Jr.

“Eu espero ele [Ronnie Stanley] de volta. Caso contrário, como todos nós sabemos, temos um LT que pode jogar de LT até que ele possa retornar. Então estamos em uma boa situação.”

Especula-se que, para o draft desse ano, o Baltimore Ravens invista na posição de linha ofensiva tanto para estabilizar o interior, visto que não se tem center definitivo até o momento, quanto para suprir o lado direito. Atualmente, muitos consideram que Orlando Brown Jr não retorne para a temporada que vem.

E se não pudermos contar com Ronnie tão cedo, é possível que um futuro prospecto draftado caia na fogueira já esse ano para suprir a necessidade, a ver como o time planejará esse setor nos training camps.

Parece que não é agora que teremos sossego na linha ofensiva.

DEIXE UMA RESPOSTA