A pandemia do novo coronavírus tem causado estragos ao redor do mundo inteiro. Nos Estados o surto tem gerado problemas no calendário de várias ligas.

A pandemia do novo coronavírus tem causado estragos ao redor do mundo inteiro. Com isso, nos Estados Unidos a situação não seria diferente; e o surto no país tem gerado o cancelamento, suspensão, adiamento e mudanças no calendário de várias ligas de esportes americanos.

No entanto, o caos por conta do Covid-19 está apenas no início e diversas outras medidas ainda devem ser tomadas; seja no esporte ou fora dele. Confira abaixo o que aconteceu relacionado aos esportes americanos até o momento devido ao novo vírus.

Temporada da NBA está suspensa

Via Getty Images/AFP

Após Rudy Gobert, pivô do Utah Jaz, testar positivo para o Covid-19, a NBA decidiu por suspender a temporada por tempo indeterminado. As primeiras informações davam conta de que a suspensão, inicialmente, seria de duas semanas; mas a Liga informou que não há previsões para a retomada das atividades.

Além de Gobert, Donavan Mitchell, companheiro de equipe do pivô também testou positivo para o vírus. Segundo o jornalista Adrian Wojnarowski, da ESPN, alguns jogadores do Jazz reclamaram que Rudy Gobert estava sendo descuidado no vestiário da equipe; encostando em outros jogadores e mexendo em seus pertences como forma de brincadeira antes de ser diagnosticado.

No entanto, apesar do susto, segundo Shams Charania, do The Atlantic; os demais jogadores da equipe passaram pelos exames e tiveram resultado negativo para o vírus. O número de pessoas contaminadas nos EUA já passou da casa dos mil.

NHL também suspende a competição

Depois da NBA, a NHL foi a liga seguinte a suspender as atividades esportivas de sua competição após consultar um grupo de especialistas médicos. Segundo uma nota divulgada pelo perfil oficial da NHL no twitter; eles irão monitorar a situação e aconselhar os jogadores e membros da liga a tomarem as devidas precauções.

Além disso, na nota ainda dizia que a expectativa era de retornar às atividades assim que fosse possível e prudente. No entanto, ainda não há previsão para que isso ocorra e, provavelmente, não será nos próximos dias.

MLB adia início da temporada

A principal liga americana de beisebol também tomou suas medidas contra o novo coronavírus e decidiu adiar o início de sua temporada em pelo menos duas semanas. Além de não realizar a abertura prevista para o próximo dia 26, a decisão pode fazer com que as equipes não joguem todos os 162 jogos previstos no calendário.

Com a decisão, a liga de beisebol se juntou (no momento da decisão) à NBA, NHL e MLS alterando a agenda de sua temporada por conta da pandemia.

XLF decide cancelar a temporada

Foto: Divulgação/Vince McMahon

Diferentemente das outras ligas, a XFL; do empresário Vince McMahon, proprietário da WWE; decidiu cancelar a temporada de 2020. No entanto, por mais que a temporada inaugural da liga tenha sido de fato cancelada; os jogadores serão pagos integralmente.

Com isso, a temporada regular que iria até o dia 12 de abril; e após isso seriam disputadas duas semanas de playoffs; não ocorrerá mais. Entretanto, a liga confirmou que pretende voltar com as atividades em 2021. Além disso, os torcedores que já haviam comprado ingresso para jogos desta temporada poderão optar por um reembolso ou então ficar com “créditos” para a próxima temporada

NFL também pode ser afetada

Por mais que a NFL não esteja em período regular, a mesma ainda pode ser afetada por conta do COVID-19. Até o momento, o único evento cancelado pela liga foi o “Annual League Meeting” que ocorreria no dia 29 de março, mas outras pedidas podem ser tomadas.

Segundo a NBC Sports, até o presente momento nenhuma medida foi tomada em relação ao draft deste ano, que ocorrerá entre os dias 2 e 25 de abril. No entanto, medidas contingenciais estão sendo debatidas e a chance do evento acontecer, por exemplo, sem a maciça presença de familiares, fãs e jornalistas existe.

Por outro lado, por enquanto não há pânico sobre a temporada regular que tem início previsto para setembro. Mas com certeza, caso os casos do novo coronavírus não tenham sido controlados até lá e haja risco de novas contaminações, o início será adiado.

Vale ressaltar que o surto nos Estados Unidos teve início apenas nas últimas semanas e, segundo alguns especialistas, o pico do surto ocorrerá nos próximos cinco meses.

Guilherme Alves
Fã do esporte; trabalho com NFL, NBA, futebol nacional e internacional e falo sobre Fórmula 1 nas horas vagas.

DEIXE UMA RESPOSTA