No inicio da semana passada rumores da possível troca de Watson voltaram a se intensificar com rumores de jornalistas de Houston dizendo que os Dolphins estavam em negociações em busca de um acordo para adquirir o QB dos Texans e que um acordo seria finalizado até o prazo final trocas dia 2 de novembro.

Os Dolphins que sempre estiveram a preferência de Watson para ser trocado ganharam um forte candidato que até então estava afastado depois de adquirir Sam Darnold numa troca com os Jets, mas devido ao desastre do domingo onde o então QB do Panthers foi bancado, o time de Carolina voltou a corrida e parece estar disposto a fazer uma guerra de lances contra Miami para pegar Watson.

Pensando nessa disputa entre dois times (Miami x Carolina), resolvi fazer uma simulação do que os Texans poderiam receber na troca pelo Watson nesses dois cenários e qual seria o melhor pacote para Houston.

 

Dolphins: Primeiro os Dolphins precisam resolver o problema com Tua, a situação que a franquia de Miami colocou o seu QB é uma das mais bizarras que já vi no esporte, os rumores de Watson desde da época de draft e a preferência do seu HC em pegar o Herbert no draft de 2020. Com Tua desvalorizado o máximo que eu vejo é os Dolphins ganhando é uma 2 rodada pelo seu atual QB. Outra questão é o CAP do time que está hoje em 3M e que para receber Watson o time deverá se livrar de um ou mais jogadores para absorver o contrato de Watson de 2021 (10,5M), pensando nisso vejo o Xavier Howard um sério candidato para ser trocado pois ele já pediu uma renovação e fez greve antes da temporada começar e o time já paga muito no Byron Jones. Trocando no Xavier Howard o time liberaria 12M que é o seu salário base em 2021 e o time poderia receber uma 2 rodada + 4 rodada pelo melhor CB de 2020, com isso uma proposta para Houston poderia ser enviada nos seguintes moldes:

– 1 rodada via 49ers (2022 e 2023)

– 1 rodada via Dolphins (2023)

– 2 rodada via troca do Tua (2022 ou 2023)

– 2 rodada via troca do Howard (2022 ou 2023)

– 4 rodada via troca do Howard (2022 ou 2023)

 

É uma proposta alta, mas devido ao desespero de Miami eu vejo o time fazendo essa loucura. Para os Texans o time conseguiria capital suficiente para reestruturar o seu elenco.

 

Panthers: A proposta dos Panthers deverá envolver jogadores visto que o time não tem escolha de 2 rodada em 2022 e nem possui mais de 1 escolha de primeira rodada seja em 2022 ou 2023. Assim como os Dolphins o time precisa resolver o problema do seu QB que é Sam Darnold que irá custar 18M (o time ativou o seu 5 ano de calouro em 2022) e os Texans poderiam ajudar os Panthers aceitando o Darnold numa troca muito parecida que o time fez com os Browns pelo QB Brock Osweiler onde o time pagou para se livrar. O CAP em 2021 (12M) é suficiente para o time alocar o contrato de Watson mas em 2022 onde ele passará a receber 35M (salário base), os Panthers estariam engessados pois o time hoje tem uma projeção de 42M para 2022 e teria apenas 7M para renovações de seus jogadores. Com isso uma proposta vejo uma proposta nos seguintes moldes:

– Sam Darnold

– 1 rodada (2022, 23 e 24)

– Donte Jackson – CB

– Brian Burns – EDGE

 

Os Panthers já pagaram alto pelo Darnold e alguém acha que eles não pagaram alto para adquirir Watson? Com Jackson os Texans teriam um bom CB titular (o melhor disparado do elenco) que já ajudaria na reformulação da secundária e com Brian Burns o time teria uma jovem estrela de defesa que seria já o rosto da franquia.

 

Ambas são negociações complexas e precisam de vários fatores para acontecer até que a troca seja finalmente finalizada, para os Panthers o caminho é menos problemático por não depender de terceiros, a questão toda é até aonde o time está disposto a perder para ter Watson como seu QB?

Seja qual for o destino de Watson, o grande vencedor dessa novela dramática deverá ser o GM Nick Caserio que se manteve firme no que sempre pediu e assim que for concretizada a troca o seu trabalho de reconstrução finalmente começara.

 


Talles Soares

DEIXE UMA RESPOSTA