A melhor parte da free agency já passou, e agora que grande parte dos melhores jogadores encontrou um time, nos resta olhar para os melhores nomes que sobram no mercado nesta offseason da NFL e refletir sobre por que ainda estão sem time, e onde se encaixam.

EDGE – Jadeveon Clowney

Com uma carreira relativamente tumultuosa até agora, Clowney nunca realmente deixou de produzir em um nível consistente; mesmo assim, isso não deixa os times sem razões para questionar suas habilidades. Com o menor número de sacks desde seu primeiro ano na liga (onde ele só esteve em 4 jogos), e algumas lesões que o removeram de jogos importantes nos Seahawks, o preço de Clowney deve ser demais para alguns executivos da NFL.

A pior parte é que aparentemente o preço que o jogador vem pedindo em um possível contrato não se encaixa a classe de jogadores da qual Clowney faz parte; por isso, até hoje, e talvez por mais um tempo, não veremos ele assinando com ninguém.

QB – Jameis Winston

Expulso com classe de Tampa Bay, Jameis é outra primeira escolha geral que busca um time novo e possivelmente competitivo. Sua carreira nos Bucs foi, na melhor das hipóteses, medíocre, sem nunca mostrar o brilho que ele chegou a ter em FSU. O provável que o resta seria um trabalho como reserva em algum time bom, ou em uma competição pela titularidade em algum outro time que não possui a resposta para a questão de quarterback.

O futuro de Winston é incerto; e apesar de ainda existir uma chance de o jogador dar uma volta por cima, a probabilidade que ele acabe igual Marcus Mariota em 2020 é extremamente alta.

CB – Nickell Robey-Coleman

Com problemas no cap, os Rams acabaram decidindo não optar por mais um ano de contrato de Robey-Coleman, o tornando um dos free agents mais inesperados da offseason. Apesar dos inúmeros problemas que os Rams tiveram com seus defensive backs; que geraram a movimentação de Aqib Talib, Marcus Peters e Jalen Ramsey; Nickell continuava como uma das forças mais presentes na defesa de Los Angeles, se tornando um dos melhores cornerbacks cobrindo o slot na NFL.

Apesar de sua habilidade jogando por fora não ter sido testada de maneira suficiente, qualquer time que se disponibilize a oferecer um valor mediano por um jogador como Nickell, estará ganhando uma força defensiva significante.

QB – Cam Newton

Ninguém sabe dizer ao certo o que aconteceu depois da temporada de MVP de Newton; se foram as lesões, a falta de apoio no resto do elenco, ou se simplesmente Ron Rivera desistiu de não saber quem seria seu quarterback semana após semana. Mas a lenda de Auburn continua muito viva, agora que ele finalmente teve tempo para descansar e se recuperar; e também foi descartado pelo novo técnico Matt Rhule como o futuro da franquia; Cameron Newton permanece na busca de um time que o torne melhor, como jogador e talvez até como pessoa. 

Durante seu tempo na NFL, Cam tem sido extremamente chamativo, seja pelo seu figurino extravagante semanal, ou pelos seus comentários mal feitos ou mal interpretados. Mas o ego da estrela não deve manter muitos times longe do jogador, já suas lesões realmente preocupam vários times. No entanto, dizer que o MVP de 2015 não conseguiria ser titular de nenhum time em 2020 seria um total absurdo. 

CB – Logan Ryan

A melhor parte da free agency já passou, e grande parte dos jogadores já encontrou um time. Agora, quem são os melhores nomes livres nesta offseason da NFL?

O ex-New England Patriots agora também é ex-Tennessee Titans; e depois de vários anos consecutivos agindo em uma defesa subestimada, porém consistente, Ryan entra em mais uma free agency buscando elevar o nível defensivo de outro time. 

Suas performances durante seus anos na NFL nunca exibiram um talento de elite, mas o fato dele ser o protótipo de um cornerback ideal; limitando erros e jogadas expressivas, e com o físico suficiente para cobrir qualquer recebedor de maneira consistente; o tornam o encaixe perfeito para qualquer time na liga.

OT – Jason Peters

Foto: NBC Sports

Peters já está chegando no final de sua carreira, mas o tackle continua a ser parte da elite quando o assunto é proteger quarterbacks. Depois de dez anos nos Eagles, a maior questão que se tem quanto a sua performance são as lesões; das quais o tackle já tem um histórico longo. 

Um jogador que se sustenta de maneira exemplar em uma liga como a NFL há quase duas décadas definitivamente merece consideração. O ponto mais positivo vem a ser o possível salário do jogador, que dificilmente conseguirá um contrato capaz de quebrar a banca. Afinal também é discutível se ele ainda possui gasolina no tanque para mais performances de elite.

Independentemente de onde acabe o jogador, Peters será uma presença que fará falta para Carson Wentz na próxima temporada; e será uma grande adição para um time disposto a pagar seu preço.

EDGE – Everson Griffen

A melhor parte da free agency já passou, e grande parte dos jogadores já encontrou um time. Agora, quem são os melhores nomes livres nesta offseason da NFL?

Os últimos anos para Griffen em Minnesota tem sido peculiares; depois de alguns incidentes ocorridos nas últimas temporadas estava bem claro que seu próximo ano não seria jogando pelos Vikings. E depois de recentemente anunciar que as conversas sobre uma extensão tinham sido encerradas, o jogador se vê no mercado pela primeira vez em nove anos de carreira. 

Everson Griffen ainda está bem longe de seus melhores anos, mas considerando uma temporada com 8 sacks na defesa de Mike Zimmer como um ano abaixo do esperado, qualquer time teria espaço para acomodar o jogador.

TE – Delaine Walker

Walker é um caso complicado, depois de algumas lesões a memória começa a falhar da época onde ele era um dos melhores tight ends da NFL com Marcus Mariota como seu quarterback. Mas quando saudável, a habilidade do jogador com a bola na mão ou bloqueando em uma corrida se encaixam junto aos melhores na posição. 

Se existisse alguma garantia de que ele jogaria a temporada inteira sem lesões, Walker já estaria em um time como tight end número um. Porém, seu possível desaparecimento por conta de lesões gera o questionamento do número de snaps e do possível salário que um jogador como ele levaria.

CB – Prince Amukamara

A melhor parte da free agency já passou, e grande parte dos jogadores já encontrou um time. Agora, quem são os melhores nomes livres nesta offseason da NFL?
Foto: Patrick Gorski-USA TODAY Sports

Amukamara é outro jogador interessante nessa free agency; nunca se provando como um número um, o defensive back se tornou um dos segundos conerbacks mais decentes na liga. Não sendo uma peça essencial, e sim complementar, gera a dúvida de onde o jogador deve acabar, já que poucas são as defesas que precisam de um número dois, quando nem o número um sem tem certeza. 

Indo para o seu possível quarto time na NFL, poucos times realmente irão considerar sua contratação, mas o jogador que já foi escolha de primeira rodada provavelmente se tornará uma parte decente de uma boa defesa no próximo ano.

DT – Shelby Harris

A melhor parte da free agency já passou, e grande parte dos jogadores já encontrou um time. Agora, quem são os melhores nomes livres nesta offseason da NFL?
Foto: Justin Edmonds/Getty Images

Existem poucas palavras ou estatísticas que podem descrever Shelby Harris, porém sua consistência em não ser horrível jogando no interior da linha defensiva é memorável. Sem uma carreira fenomenal, ou números que chamem a atenção, ele é uma peça provavelmente complementar onde quer que vá. Porém poucos dispensaram um homem desse tamanho que nunca fez um trabalho ruim em uma posição tão exigente. 

DEIXE UMA RESPOSTA