A temporada da Major League Baseball já está na esquina. Afinal, o beisebol da MLB em 2020 começa já no dia 23 de julho, e a comunidade de fãs já está fazendo as apostas para os prêmios individuais: quem serão os nomes dos MVP da MLB em 2020?

Neste sentido o Fumble Na Net analisou os dez principais nomes que devem concorrer ao título de Most Valuable Player (Jogador Mais Valioso) em 2020. Sobre isto é importante lembrar que o prêmio é dado desde 1931 para o jogador com o melhor desempenho durante a temporada; jornalistas e colunistas escolhem os palpites antes dos playoffs começarem.

Já que o calendário da MLB em 2020 está dividido apenas por divisões regionais (Leste, Centro e Oeste), não teremos duas ligas funcionando em paralelo. Ainda assim, a classificação para a pós-temporada e os prêmios individuais respeitarão os dois grupos – Liga Nacional e Liga Americana. Enfim, vamos aos palpites!

LIGA NACIONAL:

01) Cody Bellinger, defensor externo, Los Angeles Dodgers

O atual MPV da MLB na Liga Nacional terá em primeiro lugar a chance de repetir o título – fato aliás que não ocorre desde 2008-2009 na National League, quando Albert Pujols ganhou dois prêmios seguidos. Embora a equipe do Dodgers seja recheada de talentos e a competição seja grande, Bellinger é um fator decisivo em termos de produzir corridas.

Cody Bellinger – Foto: Mark J. Terrill/AP

Em 60 partidas em 2019, Bellinger teve 20 HRs (Home Run, rebatida máxima para um jogador ofensivo), 54 corridas impulsionadas e uma média de rebatida de .370. Chegou na metade do ano liderando boa parte das estatísticas ofensivas do Dodgers, bem como algumas da Liga toda. Desta forma, Cody Bellinger é um dos grandes candidatos a Mais Valioso em 2020.

02) Mookie Betts, defensor externo, Los Angeles Dodgers

Assim como Bellinger, Mookie Betts também terá a chance de conseguir um segundo título de Jogador Mais Valioso. Jogando em casa nova, porém, Betts tem um segundo grande motivo como incentivo: o contrato. Visto que desde ano passado o atleta já falava em testar o mercado, 2020 certamente será um ano de muito trabalho para mostrar resultado.

Mookie Betts -Foto: Ric Tapia/Getty Images

Em 2019 durante as primeiras 60 partidas, Mookie teve um começo mais devagar caso comparado ao de Bellinger, embora tenha sido uma das principais engrenagens do time das Meias Vermelhas. Em 2018, temporada que foi o MVP da MLB na Liga Americana, ele terminou a primeira metade do ano com 23 HRs, 51 corridas impulsionadas e uma média de rebatida de .359.

03) Ronald Acuña Jr., defensor externo, Atlanta Braves

Acuña Jr. é possivelmente o jogador com maior ‘hype’ (empolgação antecipada) da temporada, e muito por conta dos números do ano anterior. Ele fechou o ano com 101 corridas impulsionadas, 37 bases roubadas e 41 HRs. É importante lembrar, também, que Acuña Jr. foi o Calouro do Ano em 2018, e só melhorou desde então.

Ronald Acuña Jr. – Foto: Mike Zarrilli/Getty Images

Os Braves jogarão em 2020 contra times da Divisão Leste da Liga Americana, o que deve dar ao atleta algumas boas oportunidades de rebatida. Os 60 primeiros jogos de 2019 para Acuña Jr. tiveram 35 corridas impulsionadas, .280 de média de rebatidas e 65 rebatidas totais.

04) Christian Yelich, defensor externo, Milwaukee Brewers

Christian Yelich é mais um atleta já premiado como MVP da MLB, e quase levou o segundo título em 2019 – ficou atrás de Cody Bellinger. Ano passado o atleta sofreu com lesões, o que diminuiu a quantidade total de jogos. Porém as 60 primeiras partidas foram boas: 75 rebatidas totais, 54 corridas impulsionadas, média de rebatidas de .346, além de 25 Home Runs.

Christian Yelich – Foto: Gregory Bull/AP

Em 2020 Yelich jogará na Divisão Central, considerada a mais equilibrada. E os times deverão se deslocar menos, o que será melhor em termos de descanso para os atletas. Caso se mantenha saudável, Yelich terá o caminho livre para competir por mais um título de MVP.

05) Juan Soto, defensor externo, Washington Nationals

Juan Soto tem a grande oportunidade em 2020 de ser o comandante ofensivo do time, uma vez que o companheiro de ataque Anthony Rendon foi para os Angels de Los Angeles. Uma predição sobre MVPs feita pelo site da Major League Baseball, inclusive, mostrou que o começo da carreira do jovem Soto (ele debutou na liga em 2018) está estatisticamente atrás apenas de nomes como Mike Trout, Jimmie Foxx, Ted Williams, Ty Cobb, Mel Ott, Mickey Mantle e Rogers Hornsby; todos são grandes lendas do esporte.

Juan Soto – Foto: John McDonnell/Getty Images

Nos 60 primeiros jogos de 2019, Soto registrou uma média de .289 de rebatida, com 41 corridas impulsionadas, 38 corridas anotadas e 65 rebatidas totais. Se conseguir manter o ataque do atual campeão Nationals em alta, certamente será um dos principais candidatos a MVP da MLB.

Menções honrosas

Outros nomes que do mesmo modo podem despontar e surpreender são Nolan Arenado (terceira base, Colorado Rockies), Pete Alonso (primeira base, New York Mets) e Fernando Tatís Jr. (interbases, San Diego Padres).

LIGA AMERICANA:

01) Francisco Lindor, interbases, Cleveland Indians

Lindor tem no currículo quatro seleções para o Jogo das Estrelas, prêmios de defesa e prêmios de rebatida para a posição. Neste sentido, ter um MVP é um grande desafio, ainda mais jogando como interbases – a última vez que um shortstop venceu a premiação foi 2003, com Alex Rodriguez.

Francisco Lindor – Foto: Charlie Riedel/AP

O Mr. Smile, como Lindor é conhecido, também jogará em uma divisão equilibrada, e tentará repetir bons números: em 2019, nos 60 primeiros jogos, registrou 12 Home Runs, 71 rebatidas, 11 bases roubadas. Existem muitas análises sobre a chance considerável, porém, de Lindor ser moeda de troca em 2020. Desta forma, existe uma possibilidade de o desempenho ser ainda melhor.

02) Alex Bregman, terceira base, Houston Astros

Alex Bregman é uma das principais peças do time campeão do Houston Astros. Embora exija uma grande polêmica por roubo de sinais, o atleta segue melhorando ano a ano o desempenho e os números. Tanto é que, em 2019, Bregman terminou a votação para o prêmio de MVP em segundo lugar, atrás apenas de Mike Trout.

Alex Bregman – Foto: Rob Carr

Os primeiros 60 jogos de Bregman em 2019 registraram 59 rebatidas totais, 17 HRs e 43 corridas impulsionadas. Será um ano desafiador para o Astros, uma vez que enfrentarão a grande potência Los Angeles Dodgers, além da repercussão da polêmica investigação da trapaça de roubo de sinais. Mas ainda assim, Alex Bregman tem potencial para ser o grande destaque ofensivo do time.

03) Mike Trout, defensor externo, Los Angeles Angels

Toda votação e previsão de MVP da MLB acaba por envolver Mike Trout, uma vez que ele é por vezes considerado o melhor jogador da atualidade. É a cara o esporte. Existe, sim, uma possibilidade de que Trout não atue ou tenha o pensamento focado em questões fora de campo – atleta e esposa esperam o nascimento da filha, previsto para Agosto.

Mike Trout – Foto: Rick Scuteri/USA Today Sports

Ainda assim, no caso de atuar, Trout comandará um ataque reforçado pela chegada de reforços de peso e com retorno de companheiros que lutaram contra lesões em 2019. Ele é o atual vencedor, e a possibilidade do quarto título não é tão fora da realidade. Nos 60 primeiros jogos de 2019 teve 59 rebatidas totais 41 corridas impulsionadas, 16 HRs e .294 de média de rebatida. Certamente, caso jogue, 2020 será mais um grande capítulo no legado de Mike Trout.

04) Tim Anderson, interbases, Chicago White Sox

Em Tim Anderson temos um palpite forte. O interbases do White Sox teve um desempenho forte na primeira metade de 2019, sendo um dos principais nomes do alvinegro de Chicago. Nos 60 primeiros jogos foram 72 rebatidas totais, 15 bases roubadas, 32 corridas impulsionadas e .317 de média de rebatidas.

Tim Anderson – Foto: Jonathan Daniel/Getty Images

Se mantiver os bons números na temporada encurtada, Anderson despontará como um dos grandes candidatos ao prêmio. Uma vez que o ataque do White Sox foi reforçado, não é difícil que novamente Tim registre um bom desempenho, ainda mais com o time atuando em uma divisão equilibrada como a Central.

05) Gerrit Cole, arremessador, New York Yankees

Muitas análises consideram que, em 2020, um arremessador poderá ser o vencedor do prêmio de Jogador Mais Valioso. Neste sentido, Cole é um forte candidato a repetir o feito que não é incomum – Justin Verlander e Clayton Kershaw venceram o prêmio como arremessadores em 2011 e 2014, respectivamente.

Gerrit Cole – Foto: Mike Stobe/Getty Images

Grande contratação dos Yankees para 2020, bem como uma das mais caras até hoje, Cole é cotado como o principal arremessador da Liga Americana. Em 2019 ele ficou em segundo na eleição para o prêmio Cy Young, dado ao melhor arremessador da Liga (perdeu, porém, para o colega de equipe Justin Verlander). Ou seja, em 2020, terá nova oportunidade de surpreender e talvez conquistar o título de MVP da MLB.

Menções honrosas

Outros nomes que igualmente podem despontar e surpreender são Xander Bogaerts (interbases, Boston Red Sox), Josh Donaldson (terceira base, Minnesota Twins) e Gleyber Torres (segunda base, New York Yankees).

DEIXE UMA RESPOSTA