As mentes que  controlam a organização Golden State Warriors estão olhando para o amanhã, mais especificamente para 19 de maio (data do sorteio da loteria do próximo draft).

No entanto, os corações dos jogadores estão no hoje, e não há exemplo melhor do que o que se desenrolou diante dos nossos olhos nesse natal.

Os Warriors venceram um jogo que eram considerados zebras por 11,5 pontos pelas casas de apostas de Las Vegas. Um jogo contra um grande rival recente, onde muitos torcedores previam uma derrota acachapante. De forma surpreendente, exploramos a fragilidade psicológica de Houston, colocando o líder da NBA em pontos, James Harden, em uma camisa de força, constantemente cutucando Russell Westbrook em direção à sua zona de desconforto e consequentemente derrubando o Rockets.

Com uma vitória por 116 a 104, diante de uma multidão extasiada no Chase Center, o Warriors conseguiu a maior virada em um jogo do dia de Natal nas últimas 30 temporadas da NBA. Foi a terceira vitória consecutiva e facilmente a mais impressionante da temporada.

Em termos de registros reais da equipe, o Warriors entrou no jogo com um recorde de 7-24, enquanto o Rockets tinha 21-9, uma diferença de 14,5 jogos na classificação. Segundo o STATS (@statsbySTATS), essa é a segunda maior diferença em uma virada do dia de Natal.

“Principalmente, estou feliz pelos jogadores. Estou feliz por nossos fãs. Este é um presente de Natal para eles, porque eles estão aqui todas as noites torcendo por nós, disse Steve Kerr.

“O melhor desta temporada é que nossos fãs podem sentir o esforço de nossos jogadores. Mesmo que tenhamos 8 abaixo de 24 anos e os resultados não tenham sido o que esperávamos, os torcedores podem ver o quanto nossos caras estão se esforçando, como eles estão unidos, e eu pensei que hoje era apenas um exemplo do trabalho árduo que valeu a pena e a perseverança.”

Draymond Green rasgou elogios ao técnico assistente Jarron Collins: “Jarron está fazendo um ótimo trabalho, especialmente hoje, montando um plano de jogo no qual podemos cumprir e sermos ótimos. Você precisa dar muito crédito a ele por essa vitória, porque esse plano de jogo foi fenomenal.”

O plano de jogo de Jarron foi visto na intensa marcação a James Harden, que é conhecido por inventar faltas e pontuar muito em lances livres e conseguiu apenas um e marcou 24 pontos, 14,6 abaixo da média. Raramente Harden viu menos de quatro mãos lhe marcando.

Westbrook, por sua vez, conhecido por sua intensidade e um chute nada confiável, cometeu quatro turnovers e chutou 11 de 32 de arremessos de quadra, incluindo 0 de 8 para três pontos, onde os Warriors pagaram arremessos, desafiando-o a arremessar.

Os grandes cérebros da organização podem estar ocupados em avaliar as perspectivas que podem estar disponíveis na loteria de 19 de maio e no draft de 25 de junho, mas os jogadores estão pensando no hoje e nos deixando orgulhosos.

Ei Houston, vai CPF na nota?

Por Matheus Rossi, do @brasilwarriors_

DEIXE UMA RESPOSTA