Com o adiamento e cancelamento de algumas conferências de College Football, e também os opt outs feitos pelos jogadores, certamente sentiremos falta de muitas coisas nessa temporada. Pensando nisso, resolvemos listar algumas coisas que iremos perder em 2020.

Estrelas/grandes jogadores

São inúmeras as perdas para esse ano. Quem não gostaria de ver a temporada de Justin Fields em Ohio State? Talvez, teria um ano que o colocaria como escolha número um no Draft 2021. Aliás, falando em Ohio State, existe uma vasta geração de jogadores talentosos que não jogarão em 2020. Por exemplo: Chris Olave, Wyatt Davis, Shaun Wade.

Continuando na Big 10, não veremos grandes estrelas de Penn State, Micah Parsons por exemplo era considerado o melhor jogador defensivo do país. Purdue também, com sua dupla de WR que prometia muito pra esse ano, como Rondale Moore e o sophomore David Bell. Wisconsin, com sua OL sempre eficiente. Michigan, que tem uma equipe jovem e precisava desse ano para amadurecer.

Já na PAC 12, não veremos mais Penei Sewell, o melhor OL do país, pisar nos gramados de Autzen Stadium. Pensando em Oregon, esse certamente seria um ano no qual as expectativas estavam altas.

Na ACC, o melhor pass rusher de 2019, Gregory Rosseau, de Miami, também não retorna pra esse ano por opção dele. Da mesma forma, o CB Caleb Farley, um dos grande Cbs de Virginia Tech dos últimos anos, também não jogará.

Certamente, tem várias outras estrelas que ficarão de fora, e sem esse jogadores o brilho com certeza não será o mesmo.

Pac-12 After Dark

À medida que cada sábado de futebol universitário acaba, nos restava terminar a noite com um jogo na costa oeste, jogando até as primeiras horas da manhã de domingo. E esses jogos sempre nos proporcionavam emoções, com muitas viradas e grandes zebras.

Na última temporada, vimos quando UCLA e Washington State se enfrentaram em Pullman, em um jogo pra lá de emocionante, terminando em 67-63 para os Bruins. Nesse jogo, as equipes combinadas totalizaram 1.377 jardas. O QB de Washington State, Anthony Gordon, passou por nove TDs e 570 jardas.

Não será a mesma coisa sem esses jogos na madrugada de domingo, vai fazer falta.

Jogos do Troféu B1G

A Big 10 é tradicional por ter alguns jogos valendo troféus. Por exemplo: Indiana e Purdue têm o Old Oaken Bucket, enquanto Iowa e Wisconsin lutam pelo troféu Heartland. Michigan State e Penn State têm o Land Grant Trophy, Michigan e Michigan State lutam por Paul Bunyan, enquanto Minnesota e Wisconsin lutam pelo Machado de Paul Bunyan. Michigan e Minnesota têm o Little Brown Jug, com Minnesota e Nebraska jogando por $ 5 Bits de Broken Chair. Sim, esse é um troféu de ouro que é essencialmente uma cadeira quebrada.

The University of Nebraska is trying to hide the $5 Bits of Broken ...

Quase todos os jogos da liga terminam com uma apresentação de troféu e não teremos isso neste outono.

Espetáculos

Certamente os jogos não terão torcidas, ou com limitações, isso é uma baixa gigantesca para o espetáculo, já que elas são as donas das festas. Além disso, iremos perder também as entradas das equipes que não jogarão esse ano. Por exemplo: o búfalo Ralphie, de Colorado, que entra junto com a equipe é sensacional.

E o Haka, dos jogadores de Hawaii Rainbow?

Para terminar, não podemos esquecer do “jump around” de Wisconsin, que é icônico momento na qual os torcedores dos badgers pulam e se divertem.

 

De fato, serão muitas coisas que sentiremos falta nesse ano. No entanto, não podemos ser pessimista, por que todas essas coisas deverão voltar, e nós estaremos prontos para que isso aconteça novamente.

DEIXE UMA RESPOSTA