Las Vegas Raiders @ Cleveland Browns

Data: Domingo, 01 de Novembro de 2020, às 15h (horário de Brasília)
Local: FirstEnergy Stadium

Lista de Lesões:

CLEVELAND

NOME, POS STATUS DATA
Wyatt Teller, G Fora
30 Out
Jacob Phillips, LB Fora 30 Out
Austin Hooper, TE Fora
30 Out

*Data de atualização da notícia. Pode ser alterada até o dia do jogo.

LAS VEGAS

NAME, POS STATUS DATE
Arden Key, DE Dúvida
Oct 30
Bryan Edwards, WR Questionável
Oct 30
Damon Arnette, CB Reserva de Lesão (IR)
Oct 30

*Data de atualização da notícia. Pode ser alterada até o dia do jogo.

O Cleveland Browns recebe o Las Vegas Raiders antes de sua semana de descanso onde será muito importante para o restante da temporada e o Raiders vem de derrota após perderem para o Tampa Bay Buccaneers de maneira brutal, em parte por causa do COVID-19 impedindo os jogadores de participar, o que pode deixá-los mais descansados ​​enquanto viajam para Cleveland. É um confronto direto a um outro adversário pela Wild Card e ainda não entendemos quem seria esse Raiders, o da derrota impactante contra o Buccaners ou o Raiders que conseguiu ser perfeito no seu plano de jogo contra o Chiefs.

Pontos Chaves para vitória:

Duas defesas indo de mal a pior mas com o Browns havendo um Myles Garrett para ser a salvação 

Os Raiders têm sete sacks como equipe e os piores três takeaways da liga e isso já mostra o quão Garrett vem sendo gigante, ele sozinho tem nove sacks, isso é ser melhor na questão de sacks e se contar os sacks que cederam fumble Garrett conseguiu forçar mais turnovers que a defesa adversária. Os Browns e os Raiders têm duas das piores defesas da NFL este ano em termos de pontos por jogo e jardas permitidas no ar. Os Raiders permitem 32,8 pontos e 283,8 jardas de passe por jogo, enquanto os Browns dão 31,6 pontos e 288,1 jardas de passe, que são os cinco últimos da liga.

Entre a esmagadora falta de um pass rush consistente dos Raiders e sua incapacidade de interromper o jogo de passes, Baker Mayfield pode estar na linha de outra boa atuação quando sair de sua atuação de 293 jardas e cinco touchdown contra o Cincinnati Bengals que lhe valeu a AFC Jogador ofensivo da semana.

Por taxa, os Raiders têm uma taxa de pressão mais alta do que os Browns, 20,2% contra 19,5%, o que destaca o quão pouco o resto da equipe está fazendo, exceto por Garrett. Os Raiders estão cedendo 6,3 jardas por jogada, a terceira maior porcentagem da liga enquanto os Browns rendem 5,6, que é o 17º lugar na liga. E na questão de proteger o quarterback os times não estão mal como o lado defensivo e jogadores como Myles Garrett de um lado e Maxx Crosby podem ser o diferencial como sempre. A mera presença de Garrett pode inclinar a balança a favor dos Browns, porque ele tem sido muito dominante. Os Browns venceram todos os jogos em que ele fez o quarterback adversário perder a posse da bola.

As defesas voltarem aos dias de glória

Essas duas defesas vivem uma crise como já falamos no outro ponto chave, e por mais que as partidas que essas defesas tiveram performances ruins são muitos existem exemplos que foram bem vistos e que virou objetivo de retornar aos dias de “glória”.

A defesa do Browns vem com problemas graves contra o jogo aéreo por mais que a quantidade de turnovers conquistados seja muito grande, mas o jogo do Steelers um adversário direto de divisão virou um exemplo do que essa defesa pode conseguir, sim foi uma derrota impactante no placar no fim do jogo mas isso foi causado pelo o que eu chamo de o ataque não consegue progredir e descansar a defesa. Big Ben teve problemas e por alguns momentos do primeiro tempo não conseguiu produzir e quando conseguiu teve que agir a encontrar passes muito difíceis. A defesa do Browns conseguiu por momentos parar o ataque do Steelers e parecia estar em uma crescente que infelizmente se mostrou ao contrário quando enfrentou o Bengals.

A defesa do Raiders por mais que houve muitos momentos na temporada sendo engolidos existe um exemplo que seria o que se espera desse setor. O jogo contra o Chiefs é a prova viva disso, um plano de jogo consistente contra Patrick Mahomes, uma defesa descansada por causa do ataque equilibrando muito bem o jogo. A defesa dentro de uma estratégia conseguiu exterminar pontos fortes de um dos principais ataques da liga. Você olha aquele jogo com calma e assiste a melhor versão de cada setor dentro dessa defesa.

Tudo que o Raiders quer é uma amostra parecida com aquela tarde contra Kansas e tudo que o Browns quer é a intensidade que foi mostrada naquela tarde em Pittsburgh.

Fique de Olho:

Defesa do Browns contra passe x Ataque aéreo do Raiders

A única coisa mais importante que os Raiders terão a seu favor contra os Browns é o quão bom será o caminho de praticar pssses pela defesa de Cleveland. Os Browns permitem 288,1 jardas de passe por jogo, a terceira maior taxa em toda a NFL, então espere que seja uma grande parte do plano de jogo de Jon Gruden. Por outro lado, os Raiders têm um dos jogos de passe mais eficientes da liga, com Darren Waller e Nelson Agholor fazendo jogadas impactantes para o Raiders jogo após jogo, assim como as ameaças de Henry Ruggs III e Hunter Renfrow.

Os Raiders têm uma média de 277,2 jardas por jogo, ocupando o sétimo lugar na NFL. Isso é um perigo se tratando que as peças individuais do Browns fora Denzel Ward vieram de péssimo jogo contra o Bengals. Se o ataque de Cincinatti já fez o Browns encontrar problemas é de imaginar ainda mais complicações domingo, o ataque do Browns conseguiu ainda reverter no último domingo, de a defesa contra passe não evoluir pode ser que o ataque possa não conseguir novamente.

Uma semana sem Nick Chubb e Odell Beckham nada esperado pelo Browns 

Mesmo com todas as suas peças impactantes dentro do esporte, o ataque dos Browns tem sido tão eficiente quanto os Raiders, mas contra níveis mais baixos de competição. Agora, os Browns não terão, sem dúvida, suas duas melhores armas no ataque, Nick Chubb e Odell Beckham. Os Browns ainda terão o running back Kareem Hunt, que provavelmente terá um grande jogo contra Las Vegas, e Jarvis Landry, que é um grande recebedor, mas lutará sem OBJ do outro lado e isso é fator ainda sim, ele tinha o poder de ganhar atenção e ser uma problema iminente a defesa em geral e a quem estaria o marcando individualmente.

Lembre-se, a defesa do Raiders jogou muito bem na segunda metade do jogo dos Chiefs, e está trazendo Johnathan Abram de volta, o que é outro grande fator neste jogo. O Browns mostrou ser eficiente na sua forma de lidar sem a presença de Chubb mas agora o desafio é mostrar que há esperança no jogo de passe, no jogo contra o Bengals o ataque produziu muito bem inclusive com Higgins e Peoples Jones e neste domingo vamos ver se foi algo daquele dia ou a realidade é essa.

Trayvon Mullen x Jarvis Landry

Um ponto brilhante na defesa nesta temporada foi o cornerback Trayvon Mullen, que fez um ótimo trabalho cobrindo o melhor recebedor nas equipes adversárias. Ele seria o grande encarregado de marcar individualmente Odell e por causa da sua ausência o confronto mudou de personagens e certamente teremos ele contra Jarvis Landry.

Landry perdeu mais liberdade e agora terá um adversário bem acima do que se esperava. Se Baker Mayfield não consegue encontrar Landry aberto, e não tem OBJ para lançar, há uma chance melhor para os Raiders conseguirem sacks, pressões ou talvez até forçar Mayfield a cometer um erro e ceder a posse de bola. O Browns também provavelmente não terá o tight end Austin Hooper, então Mayfield terá que lidar com quem estará disponível no domingo.

Landry já mostrou que pode ser o grande alvo de Baker onde encontrou muita química desde o começo e agora se inicia a caminhada para ele se tornar o maior entretenimento do jogo aéreo com mais responsabilidade e foco dos adversários com o maior perigo possível.

Podcast:

E pra você que quer ouvir a análise que fizemos desse pré-jogo, dá uma passada no nosso podcast e escuta tudo que trouxemos sobre o Pós-jogo contra Cincinatti Bengals e o Pré-jogo contra o Las Vegas Raiders!

DEIXE UMA RESPOSTA