Desde a suspensão da NBA, no do dia 11 de março, devido a pandemia da COVID-19, ficamos um bom tempo sem basquete. Entretanto, a espera acabou. A partir do dia 30 de julho, a temporada regular terá seu recomeço, no qual 22 times que ainda têm chances de playoffs irão jogar oito jogos para decidir a classificação para a pós temporada.

Contudo, isso nos faz pensar: como será que os times voltarão para a temporada depois de quase uma offseason? Sendo assim, separamos alguns tópicos sobre o que podemos esperar dessa retomada da NBA na bolha da Disney.

Mudanças no físico dos jogadores

Conforme o que acontece durante toda offseason e também nessa longa parada, alguns jogadores voltaram com um físico diferente do que era antes. Diante disso, temos como exemplo o pivô do Denver Nuggets, Nikola Jokic, que voltou bem mais magro do que o normal.

Do mesmo modo, James Harden e Carmelo Anthony também aparentaram uma perda de peso visível. Agora, teremos que ficar de olho nesses jogadores que tiveram mudanças, já que os três citados utilizavam o corpo em seu favor, trombando no garrafão para pegar rebotes, criar espaço para o arremesso, etc. Vamos ver se isso pode afetar de alguma forma em seu jogo.

Porcentagem de arremesso ruins

Em virtude da falta de treinamentos por causa da quarentena, habilidades que requerem muita repetição como chutar de meia distância e chutar de três pontos podem sofrer uma recaída em boa parte dos jogadores.

Embora que muitos jogadores da NBA tenham alguma quadra disponível em sua casa para esse tipo de treinamento, o ritmo de treino normal de uma equipe profissional é muito mais intenso e sério do que qualquer prática informal.

Jogo de garrafão e muito mais pegado

Visto que a porcentagem de arremessos poderá sofrer uma caída, os jogadores, com ajuda do pessoal de scout que vê qual tipo de jogada é a mais favorável, irão buscar maneiras de conseguir um arremesso com um poder maior de conversão. Desse modo, é aqui que entra o jogo mais pegado.

Estatisticamente, a maneira mais fácil de se fazer pontos é fazendo bandeja e enterradas. Ou seja, são 10 jogadores em quadra no garrafão, disputando espaço em uma área muito pequena. Sendo assim, temos uma possibilidade de fazer uma breve volta ao passado, aos anos 80 e 90, onde se chutava muito menos de longa distância e apostava-se muito no físico dos jogadores.

DEIXE UMA RESPOSTA