Pela segunda vez na temporada o San Diego Padres se recupera de uma varrida vencendo a série seguinte. Foi assim depois do revés para o Saint Louis Cardinals e se repetiu agora, triunfando sobre o Arizona Diamondbacks. A diferença é que agora a recuperação veio com uma varrida, mesmo com o time desfalcado momentaneamente de seus dois principais jogadores: Machado e Tatís Jr. Como diria nosso apanhador Alfaro, jogamos na base do “let’s f*cking go San Diego”.

Abrindo a série, Darvish subiu ao montinho para comandar a defesa. Atuando por 7.0 entradas, o japonês obteve outro quality start, cedendo apenas uma corrida e quatro rebatidas aos D’backs. No período em que esteve em campo, eliminou cinco adversários por strikeout. García atuou por 1.0 entrada e Rogers fechou os trabalhos com seu 21º jogo salvo na temporada. Precisou de apenas 14 arremessos para isso, com dois strikeout. No ataque Jake Cronenworth puxou o batalhão com um home run, um walk, uma base roubada, uma corrida e um impulsionamento. Grisham veio logo depois, com um home run que impulsionou uma corrida. Foram apenas quatro rebatidas no total, na vitória por 4 a 1.

 

 

O segundo jogo da série só foi decidido na 11ª entrada, com um walk off em favor dos Padres. Coincidências a parte, foi o 11º jogo dos Café e Ouro que precisou ser decidido nas entradas extras, sendo a equipe da MLB com mais jogos alongados nesta temporada. Alfaro decidiu a parada com uma rebatida simples, impulsionando Azocar ao home plate. A partida foi completamente dominada pelos arremessadores, que deram pouca margem aos atacantes. Gallen, do D’backs, alcançou a marca de onze strikeouts. Manaea teve seis, nas 6.0 entradas em que atuou. Permitiu quatro rebatidas e os dois pontos dos visitantes na vitória dos Café e Ouro por 3 a 2. Alfaro (2 de 5) e Kim (2 de 4) foram os melhores ao bastão. Hosmer contribuiu com um home run.

 

 

Fechando a série, uma acachapante vitória por 10 a 3, que tirou todo o brilho do strikeout 2.000 da careira de Bumgarner. Profar foi o cara do jogo, com 4 de 4 no bastão. Impulsionou duas corridas e concluiu outras duas. Azocar foi 3 de 5, faltando um home run para completar o primeiro ciclo de sua carreira (quando o jogador rebate uma simples, uma dupla, uma tripla e um home run no mesmo jogo). No total, os Padres rebateram por 16 vezes, com Alfaro obtendo um home run no balcão mais alto do Western Metal Building, com uma velocidade de saída de 114,8 mph (mais ou menos 185km/h). No montinho, Clevinger vai buscando a melhor forma depois da cirurgia de Tommy John. Passou por alguns apertos, mas cumpriu bem o seu papel por 4.0 entradas. Jogaria por cinco, mas os 29 arremessos no primeiro inning abreviaram seus planos. Morejón entrou no seu lugar, mas também passou por apuros. Deixou o campo após 1.1 entradas, com o polivalente Martinez assumindo o montinho até fechar o jogo. Já foi abridor, apaziguador e agora fechador nesta temporada, garantiu seu primeiro save.

 

 

Com a parte baixa do lineup segurando a equipe nos momentos cruciais, os Padres seguem bem colocados na caminhada rumo a pós-temporada. Importante para os novatos ganharem cancha e para aqueles em má fase recuperarem a confiança perdida. Se as cerejas do bolo estão em falta, o bolo está provando que é bom o suficiente para se vender por si mesmo.

Agora, os Café e Ouro recebem o Philadelphia Phillies para uma série melhor de quatro jogos no Petco Park. As partidas acontecem entre hoje (23) e domingo, com Musgrove, Gore, Snell e Darvish rotacionando ao montinho. O jogo desta quinta-feira tem transmissão pela ESPN, a partir das 22h30. Participem pela #MLBnaESPN e mostrem a força da nossa torcida.

Autor: Henrique Porto

DEIXE UMA RESPOSTA