Especial Draft: melhores Wide Receivers

Na sequência do nosso Especial Draft deste ano, trazemos a lista dos melhores escolhas de Wide Receivers em 2021. A classe de prospectos desse ano é uma das melhores do século. Na bagagem desses talentos têm muitos destaques físicos, raras habilidades e até troféu do Heisman.

Ja’Marr Chase, LSU

Todd Kirkland/Icon Sportswire via Getty Images

Se Chase tivesse sua temporada de 2019 em 2020, não haveria dúvida de quem seria WR1. Seus 24 catches em profundidade naquele ano foram 10 a mais do que qualquer outro jogador desta classe. Fisicamente, Chase é um monstro de força e agilidade, além de ser muito rápido nas rotas.

Devonta Smith, Alabama

Getty Images

Podia dizer só: ganhou um Heisman, ou: foi o primeiro WR desse século a ganhar um Heisman. Smith é, inegavelmente um dos maiores talentos de sua posição. Em relação a “pontos fracos”, ele só se classificou entre os cinco primeiros em jardas por rota contra a cobertura em press tanto em 2019 como em 2020.

Jaylen Waddle, Alabama

Todd Kirkland/Getty Images)

Nenhum jogador nesta classe de draft produziu mais quando lhe foi dada a oportunidade. Ao longo de sua carreira, Waddle gerou mais jardas por rota do que qualquer jogador desta classe. Infelizmente, não chegamos a ver seus números pro day por causa de sua lesão no tornozelo, mas não há dúvida que ele teria cumprido todos os tempos, dada a forma como ele se move em campo.

Terrace Marshall, LSU

Getty Images

Marshall assumiu o papel de Justin Jefferson na vaga este ano, e sua produção explodiu como “o cara” da LSU. Surpreendentemente, ele fez 23 touchdowns em 94 catches ao longo das duas últimas temporadas. Ele não tem nem 21 anos de idade, mas poucos receptores nesta classe podem igualá-lo em termos de eficiência em catches.

Kadarius Toney, Flórida

John Raoux

Toney é ”liso” com a bola em suas mãos e tem realmente raras habilidades em movimento. Embora ainda esteja cru como um corredor de rota, Toney está muito bem posicionado no draft devido as suas 43 quebras de tackle em 120 catches.

Rondale Moore, Purdue

Zach Bolinger/Icon Sportswire

Moore é um tipo diferente de atleta para a posição. Ele liderou todo college em tackles quebrados (33) como um freshman em 2018. No entanto, as lesões desde então o prejudicaram, mas ele será uma arma com a bola em suas mãos na NFL. A questão é: qual será exatamente o seu papel? Já que ele mediu aproximadamente 1,70 m de altura e 82 kg no pro day, o que é um pouco baixo e leve para sua posição.

Todos os conteúdos publicados neste site são de responsabilidade de seus autores e não necessariamente refletem as opiniões e posicionamentos da FN Network.

3 respostas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

NOTÍCIAS RELACIONADAS

4bc89fb1-Kirk-Cousins
Faz sentido para o Vikings escolher um QB na segunda rodada do draft?
o-que-e-free-agency-nfl
Free agency da NFL: o que é e como funciona?
Kirk Cousins deveria renovar seu contrato e permanecer no Minnesota Vikings?
Kirk Cousins: renovar ou não com o quarterback, eis a questão
porque-usar-vpn
Por que usar VPN? 5 razões para quem ama esportes
como-funciona-draft-nfl
Como funciona o Draft da NFL?
dafabet-apostas-bonus
Um guia para encontrar os melhores bônus em empresas de apostas
8380b37530bb84d89e67564b651cde2d
Minnesota Vikings e as suas 4 aparições ao Super Bowl
jogadores-nfl-hackeados
Relembre jogadores e franquias da NFL que foram hackeados
betano-brasil
Betano: sensação de apostas em alta no Brasil