Se no passado fomos seu afiliado, no presente nossos objetivos são outros. E seguindo o ‘Livro de Bob Melvin’, com suas corridas impulsionadas, o San Diego Padres varreu o Cincinnati Reds pela segunda vez na temporada (feito histórico), desta vez em Ohio. Sem soberba ou comemorações efusivas, fez o que tinha que ser feito contra uma equipe que está 3-16 nesta altura da temporada. Já o Café e Ouro chegou a 13-7, seu melhor início de temporada desde 1998. Porém, uma campanha de 7-7 se descontados os jogos contra os Reds.

Game 1: Cincinnati Reds 5, San Diego Padres 8

Anotando corridas em cinco, das nove entradas, o San Diego Padres abriu frente na série. Destaque para a terceira entrada e suas quatro corridas anotadas, desatando o nó do jogo que caminhava monótono até o momento. No ataque, Machado brilhou com três rebatidas em cinco passagens ao bastão. Hosmer também manteve seu alto aproveitamento, com duas rebatidas (uma delas home run) e dois walks. Profar também obteve um home run de três corridas, enquanto Grisham anotou uma rebatida tripla. De negativo, os cinco atletas que mofaram em base. Mas nada comparado aos onze que os Reds tiveram. Muito graças ao excelente desempenho de MacKenzie Gore, que brilhou e muito na defesa. Foram nada menos do que 10 eliminações por strike out em 5.0 entradas, para um ERA de 1.76. Os Padres tiveram a dose de paciência exata com o garoto de 23 anos, que vai retribuindo com grandes atuações até aqui. Cedeu 5 rebatidas, uma corrida e dois walks.

Estiveram em campo pelos Padres na ocasião Hosmer (1B), Cronenworth (2B), CJ Abrams (SS), Machado (3B), Beaty (depois Azocar, LF), Grisham (CF), Profar (LF) e Nola (C). Além de Gore, passaram pelo montinho Stammen (1.0 entradas), Wilson (1.0), Hill (1.0), um titubeante Lamet (0.2 – duas eliminações) e Rogers (0.1). Campusano foi o rebatedor designado.

Game 2: Cincinnati Reds 6, San Diego Padres 9

Com oito corridas na quarta entrada, os Padres bateram os Reds em Ohio no segundo jogo da série melhor de três. A noite foi de Hosmer e Kim, que anotaram um home run cada. O antes questionado camisa 30 foi 2-3 ao bastão, sendo responsável por três corridas com o seu homer. Cronenworth rebateu duas vezes, assim como Myers, que aos poucos vai retornando ao time titular, após se recuperar de lesão. Cronen impulsionou três corridas com uma de suas rebatidas, que por muito pouco não se tornou um inside the park grand slam. Parou sua corrida na terceira base, por precaução. Quem também rebateu por duas vezes foi Machado, que segue afiadíssimo na temporada. Musgrove atuou por 6.0 entradas, cedendo cinco, das seis corridas dos Reds. Fechou sua passagem pelo montinho com um ERA de 2.16, com quatro strikes out. Comeu entradas e descansou o bullpen, cabendo a Wilson (1.0 entradas), García (1.0) e Suarez (1.0) completaram os trabalhos.

Hosmer (1B), Cronenworth (2B), Kim (SS), Machado (3B), Myers (depois Azocar, RF), Grisham (CF) e Profar (LF), além de Nola (C) e Campusano (DH) alinharam pelo San Diego Padres no Great American Ball Park.

Game 3: Cincinnati Reds 5, San Diego Padres 7

No terceiro jogo da série, o San Diego Padres repetiu a receita do sucesso do jogo de abertura: anotou corridas em quatro entradas, tendo em uma delas colocado uma boa vantagem. Desta vez foi na sexta, para virar o placar e consolidar a varrida. Kim, com uma rebatida dupla, garantiu três das quatro corridas do inning. O montinho foi ocupado inicialmente por Nick Martinez, talvez em sua última aparição como estepe na rotação dos abridores. E se foi uma despedida, foi com honra. Atuou por 5.0 entradas, cedeu cinco rebatidas e duas corridas, além de cinco strike outs. Crismatt (1.0 entradas), Hill – que quase entregou a paçoca (0.1), Garcia (1.2) e Rogers (1.0) completaram o serviço. Rogers, por sinal, chegou ao seu sétimo jogo salvo na temporada. No ataque, não precisa nem dizer que Machado e Hosmer comandaram o show. Manny rebateu quatro em cinco, enquanto Hosmer está com um incrível aproveitamento de 41% ao bastão. É desempenho para MVP. Já Trent Grisham segue em sua via sacra, com 14% de aproveitamento, superando apenas os 9% de Beaty. Em compensação, fez uma belíssima defesa na sexta entrada. Bob Melvin levou a campo nesta partida Hosmer (1B), Cronenworth (2B), CJ Abrams – falhando muito (SS), Kim (3B), Beaty (depois Azocar, RF), Grisham (CF), Profar (LF), Alfaro (C) e Machado (DH).

Os Padres agora seguem para Pittsburgh, para encarar os Pirates (8-11) em uma série melhor de três jogos. E que esses piratas tenham um braço de pau…

Autor: Henrique Porto

DEIXE UMA RESPOSTA