Com o fim da temporada regular da NBA se aproximando, aumenta a expectativa pelos prêmios individuais. Alguns favoritos se machucaram e abriram espaço para os concorrentes. Mas então quem tem mais chances em cada categoria?

Rookie of the Year

Tyrese Haliburton – Sacramento Kings

Tyrese Haliburton
foto: reprodução nba.com

O armador corria por fora na briga contra o favorito LaMelo Ball, mas uma contusão tirou seu principal corrente de ação pelo resto da temporada.

Haliburton tem ótimas médias no ano, com 13.3 pontos, 5.1 assistências e 3.3 rebotes. Além disso, ele ostenta um aproveitamento de quase 42% de acerto do perímetro e 48% no geral. Já são três duplo-duplos para o calouro na temporada.

Dessa forma, o jovem de 21 surge como principal candidato ao prêmio de Calouro da temporada. Contudo, mesmo fora de ação o nome de LaMelo segue forte na disputa.

Sixth Man

Jordan Clarkson – Utah Jazz

Jordan Clarkson
foto: reprodução nba.com

Clarkson é o grande favorito para levar o prêmio de sexto homem. Jogando em um dos melhores e mais equilibrados times da liga, ele tem média de 25 minutos por jogo vindo do banco. O ala-armador tem contribuído com 17.2 pontos por jogo de média.

Além disso, é perfeito da linha do lance livre (96%) e muito eficiente nas bolas de 3 (35%). Seu aproveitamento geral de quadra é bom (42%). Jordan Clarkson é muito eficiente na defesa, especialmente na marcação do perímetro, atualmente seu +/- (Plus-minus) é de 4.9.

Most Improved

Christian Wood – Houston Rockets

Christian Wood
foto: Cato Cataldo/NBAE

A concorrência esta boa, mas é indiscutível que um dos principais nomes para levar a disputa é de Christian Wood. O alâ-Pivo teve um salto significativo em seu jogo e suas médias comprovam isso. Foram 13.1 pontos e 6.3 rebotes na última temporada.

Já neste ano Wood beira um duplo-duplo de média, com 21 pontos e 9.6 rebotes. Aliás, já são 14 duplo-duplos nesta temporada, contra apenas 12 na última. Com cerca de 11 minutos a mais em quadra por jogo, ele tem provado seu valor, no ataque e na defesa e merece a atenção que tem recebido.

Defensive Player of the Year

Rudy Gobert – Utah Jazz

Rudy Gobert
foto: reprodução nba.com

O pivô Francês tem sido simplesmente brilhante na defesa do garrafão do Jazz. Com média de 13.3 rebotes por jogo, sendo 10 deles defensivos, ele tem dominado a área pintada. Mas não para por ai, não é nada fácil passar por ele, são praticamente três tocos por partida distribuidos por Rudy Gobert.

Seu +/- (Plus-minus) é um impressionante 10. Não que ele seja o único grande defensor da liga, mas com certeza, neste ano, tem sido difícil não apontá-lo como o melhor nesta categoria.

MVP

Nikola Jokic – Denver Nuggets

Nikola Jokic
foto: reprodução nba.com

O mais disputado e aguardado prêmio do ano pode voltar a ser para um pivô, Nikola Jokic, depois de 31 anos. O ultimo jogador da posição a vencer o MVP foi a lenda Shaquille O’Neal. Mas, apesar de neste momento estar um pouco a frente na briga, não será uma votação fácil.

Joel Embiid e LeBron James, dois jogadores que eram fortes candidatos se machucaram e estão fora da disputa. Contudo, alguns outros nomes surgiram, até pelo desempenho absurdo nos últimos dois meses.

Giannis Antetokounmpo, atual bicampeão do prêmio e Damian Lillard surgem como grande ameaça. Além destes, outros correm por fora na disputa, como James Harden e Luka Doncic.

Claro que os Nuggets são muito bons e bem organizados, mas é fato que Jokic tem sido o grande diferencial da equipe. Suas médias são quase de triplo-duplo, sendo 26.3 pontos, 10.9 rebotes e 8.7 assistências por jogo.

Além disso, ele tem um aproveitamento de quadra de 57% e 42% do perímetro. O pivô é uma ameaça em toda a parte da quadra, seja arremessando ou criando espaços e assistindo seus companheiros.

DEIXE UMA RESPOSTA