O Draft da NFL de 2020 está chegando! Nos dias 23, 24 e 25 de abril será realizado o evento mais aguardado de toda offseason da bola oval: o recrutamento de jogadores universitários. Por isso, nada mais justo do que conhecermos os principais prospectos desta classe em cada posição. Neste artigo, seguindo a cobertura do Fumble na Net, falaremos sobre os melhores nomes, na nossa visão, das classes de cornerback e linebacker.

Os melhores cornerbacks 

A classe de cornerback é uma das mais interessantes de 2020. Com bons nomes para primeiras rodadas; mas também, para rodadas mais profundas, a posição vem bem servida de valores para este ano. Então, sem enrolar mais, vamos para os nossos principais prospectos da posição.

Jeffrey Okudah- Ohio State

Segundo a cobertura do Fumble Na Net, analisamos os melhores prospectos das posições de linebacker e cornerback do Draft de 2020 da NFL.
Foto: Twitter @jeffokudah

PRÓS: Com um trabalho de pés magnífico, Okudah espelha o trabalho de rotas dos recebedores na marcação mano a mano com maestria. Com uma excelente aplicação da técnica de tipo press (CB fica cara a cara com o recebedor na linha de scrimmage), o CB vindo de Ohio State dificulta muito o release do WR que está enfrentando e já passa a ter vantagem sobre ele naquele momento. Além disso, Okudah também tem alcance e poder de antecipação mais do que suficiente para render bem em marcações em zona.

CONS: Difícil falar. Talvez a única coisa que é um pouco contestada no jogador é que não teve uma produção muito grande atacando a bola; já que os números de passes desviados e de interceptações não foram tão grandes durante sua carreira em Ohio State.

Simplesmente, um dos jogadores mais prontos de toda a classe do Draft de 2020 da NFL. Okudah demonstrou no college atributos impressionantes e chega para a NFL como um jogador praticamente completo em sua posição e pronto para jogar e causar impacto.

Kristian Fulton- LSU

Segundo a cobertura do Fumble Na Net, analisamos os melhores prospectos das posições de linebacker e cornerback do Draft de 2020 da NFL.
Foto: Twitter @Kriss1_

PRÓS: Trabalho de pés é bem efetivo e seus quadris são fluídos. Com isso, consegue espelhar as rotas dos recebedores na marcação mano a mano com muita eficiência; gosto de como aplica o press e de como é paciente na linha de scrimmage. Além disso, tem um bom poder de antecipação e aceleração para ser um jogador sólido cobrindo zona na NFL. Não é exatamente um ball hawker, mas tem inteligência para desviar passes e trabalha muito bem no corpo do recebedor para a evitar a recepção.

CONS: Trabalho de ajuda contra o jogo terrestre é bem mediano; o seu poder de dar tackles ainda é cru e sua força superior também é um fator limitante nesse aspecto. Por não ser um jogador que tem o instinto de buscar a bola constantemente , teve apenas duas interceptações em sua carreira no college. Foi suspenso em 2017 por adulteração de um teste de drogas.

O jogador que foi campeão do college em 2019 por LSU tem tudo para ter uma carreira bem sólida na NFL, tendo como principal ponto forte a marcação mano a mano. Projeta-se como um jogador de meio ou final de primeira rodada deste Draft da NFL.

Damon Arnette- Ohio State

Foto: Twitter @damon_arnette

PRÓS: Jogador muito físico durante toda a rota do recebedor na marcação mano a mano e com bom poder de espelhamento, a partir de um bom trabalho de pés. Muito bom cobrindo zonas; tem um alcance excelente para chegar no jogador adversário e seu poder de leitura aqui é bem desenvolvido. Vai muito bem atacando a bola; é muito inteligente no seu posicionamento para desviar o passe ou defender a bola em janelas apertadas.

CONS: Gosto de como não se esconde do contato e busca o tackle, mas seu apoio contra o jogo terrestre pode ser maior. Às vezes acaba sendo físico em excesso; cometeu bastante faltas por holding durante sua carreira universitária.

Companheiro de Jeff Okudah em Ohio State, Arnette passou a sua carreira universitária sendo CB2 e, de certa forma, sombra de seu parceiro de time e de posição. Mas não feche os olhos para ele; Arnette pode vir a ser um cornerback muito interessante na NFL e projeta-se como um jogador de final de primeira rodada ou segunda rodada.

Os melhores linebackers do Draft da NFL

A classe de linebacker é uma das menos atrativas do Draft da NFL deste ano. Com poucos jogadores que valham uma primeira rodada e com uma profundidade rasa de talentos, não dá para se empolgar muito com essa posição nesse recrutamento. Porém, separamos alguns prospectos da posição que vale a pena você ficar de olho:

Isaiah Simmons- Clemson

Foto: Twitter @isaiahsimmons25

PRÓS: Um dos jogadores mais versáteis de toda classe; Simmons teve snaps como LB, Safety, DL e CB durante sua carreira em Clemson. Jogador extremante atlético, que tem alcance para jogar de um lado ao outro do campo. Com sua explosão no primeiro passo é eficiente jogando próximo a linha de scrimmage, conseguindo boas jogadas de penetração no backfield adversário e em blitzes. É inteligente cobrindo o passe; usa muito bem sua mobilidade para acompanhar running backs na marcação mano a mano e sua explosão e envergadura na marcação em zona. Boa capacidade de desconstruir bloqueios e solidez como tackleador fazem com que seja um jogador desenvolvido contra a corrida

CONS: Depois de todos esses pontos fortes apresentados, nota-se que é muito complicado separar algo que Simmons não faz bem. Diria que um ponto menos desenvolvido do seu jogo é que às vezes demora para reconhecer ou antecipar jogadas, mas nada preocupante.

Simmons é aquele jogador que desempenha diferentes funções no jogo e o faz com muita competência. Sua versatilidade é o sonho de qualquer treinador e chega na NFL preparado para impactar. Projeta-se que saia no top 10 do Draft da NFL.

Kenneth Murray- Oklahoma

Foto: Twitter @KennethMurray

PROS: Atlético e fluído no campo; capacidade de jogar “sideline to sideline”. Ataca muito bem os espaços da linha ofensiva e é muito instintivo próximo a linha de scrimmage para chegar no backfield adversário, a partir de uma grande explosão no primeiro passo. Tackleador muito agressivo; quando acerta a leitura do lance é muito eficiente para finalizar a jogada. Tem mobilidade e comprimento ideais para marcar o passe.

CONS: O seu reconhecimento de jogadas é inconsistente, por vezes acaba “mordendo iscas”. Suas leituras e poder de antecipação em coberturas em zona ainda são crus. Trabalho de contenção terrestre no meio do campo precisa ser mais disciplinado.

Jogador que tem muitos atributos bem desenvolvidos no seu jogo e outros menos, assim, vai precisar de certa lapidação na NFL. Porém, se cair em um esquema que tire o que ele tem de melhor pode ter um impacto bem intrigante já no primeiro ano. Projeta-se como um jogador de final de primeira rodada.

Patrick Queen- LSU

Foto: Twitter @PatrickQueen_

PRÓS: Mobilidade é muito boa e tem explosão suficiente para ir de um lado a outro no campo. Bom entendimento de rotas e poder de antecipação para cobrir o passe na marcação em zona. Sua mobilidade e fluidez no quadril permitem com que seja sólido na marcação mano a mano. Finalizador de jogadas potente. Patrulha bem o meio do campo e é sólido na contenção terrestre

CONS: Morde muitos play actions; leitura de jogadas é bem inconsistente. Sua força e envergadura são bem medianas, comparado a posição. Produção em sua carreira universitária foi bem baixa, no geral.

Campeão do college em 2019, Queen também chega com bons pontos fortes para a NFL, mas precisará passar por um bom processo de lapidação. Acredito que pode ter um impacto interessante em seu primeiro ano, entrando em situações ocasionais do jogo, como em descidas contra o passe. Projeta-se que saia no final da primeira rodada, devido a procura pela posição, mas vejo como um prospecto de segunda rodada.

DEIXE UMA RESPOSTA