O Draft 2022 da NFL está chegando e o exercício de tentar adivinhar o que as equipes farão com suas escolhas é sempre popular pela internet. Há quem faça suas próprias análises subjetivas (já compraram o Guia de Draft do On The Clock?), há quem use métricas próprias (oi PFF) e há quem tente coletar e compilar informações de outras pessoas (Como esse site que reune mocks de vários sites) e até quem já esteja beeeeem no futuro.

O meu objetivo nesse experimento foi outro. Usando do meu conhecimento em automação de processos, programei um bot pra acessar o simulador do site The Draft Network, um dos melhores do segmento, e executar repetidas vezes as escolhas da primeira rodada de 2022 pela board do próprio site, me aproveitando de um modo automático de escolhas (ou seja, não preciso interferir no processo). Foram 212 simulações (feitas na tarde de 29/03/2022) pra dar uma amplitude maior de escolhas, sem trocas (uma vez que esse mecanismo bagunçaria muito as estatísticas) e o resultado você confere na sequência, com o jogador mais selecionado em cada posição (caso já tenha saído antes, vem o segundo) e um gráfico com a distribuição de escolhas.

1. Jacksonville Jaguars, Aidan Hutchinson, EDGE, Michigan

Ao contrário do ano passado, em que Trevor Lawrence foi absoluto e unânime favorito, desta vez o TDN teve dúvidas, mas ficou com Aidan Hutchinson pra garantir pro Jaguars o  cotado como o maior prospecto do ano. Tudo indica que as últimas semanas acabaram com as dúvidas entre Hutchinson e Thibodeaux, bem como a franchise tag em Cam Robinson fez a necessidade de um OT como Evan Neal diminuir significativamente.

2. Detroit Lions, Kyle Hamilton, S, Notre Dame

Em várias avaliações por aí deve haver a dúvida sobre os benefícios de draftar um safety na escolha 2, principalmente com jogadores de posições “mais nobres e valiosas” em abundância disponíveis, mas não se questiona o alto nível de Kyle Hamilton entrando na NFL.

3. Houston Texans, Evan Neal, OT, Alabama

Uma grande escolha para o Texans que, ainda em reconstrução, pode ir pra qualquer das posições e sai com um linha ofensiva de excelente nível.

4. New York Jets, Ikem Ekwonu, OT, NC State

Também trabalhando em reconstrução de elenco, Jets com Ikem Ekwonu seria o terceiro ano seguido com escolha de OL na primeira rodada.

5. New York Giants, Kayvon Thibodeaux, EDGE, Oregon*

A primeira situação em que foi necessária uma alteração: o mais escolhido, Ikem Ekwonu, já esta com o Jets neste mock, então recorreremos ao segundo lugar: Kayvon Thibodeaux, EDGE rusher de Oregon, de uma posição de alta necessidade no Giants.

6. Carolina Panthers, Charles Cross, OT, Mississippi State

Muitos OTs apontados para o Panthers e Charles Cross é o livre nesse momento. Vale notar também que esta é a primeira posição em que quarterbacks começam a ser mencionados, neste caso com Malik Willis.

7. New York Giants, Trevor Penning, OT, Northern Iowa*

A segunda escolha do Giants nesta rodada também precisa de uma intervenção: o jogador mais escolhido no simulador, Travon Walker, joga na mesma posição do selecionado na 5ª, Thibodeaux. Então voltamos a recorrer ao segundo, Trevor Penning, OT (resolvendo a inversão na escolha #5, inclusive).

8. Atlanta Falcons, Travon Walker, EDGE, Georgia

Com o ajuste do Giants, o Atlanta Falcons não precisa de intervenção e fica como selecionado o seu mais votado, Travon Walker, de Georgia. E é uma escolha com sentido, dado o longo tempo em que o Falcons tenta ajustar o setor.

9. Seattle Seahawks, Derek Stingley Jr., CB, LSU

Mais da metade das vezes o Seattle Seahawks é ligado a Derek Stingley Jr, indicando provavelmente que o TDN avalia a necessidade de um CB acima de QB para a equipe, e Stingley acima de qualquer dos QBs, em especial Malik Willis (com pouco mais de 10%).

10. New York Jets, Ahmad Gardner, CB, Cincinnati

Ahmad “Sauce” Gardner vem para o Jets na segunda escolha deles na primeira rodada com grande foco pra secundária: 66% das vezes um CB ou S foram escolhidos.

11. Washington Commanders, Jameson Williams, WR, Alabama

Jameson Williams é o primeiro jogador em skill positions no simulador, mas quase todas as outras escolhas apontam para um CB, então não seria de estranhar se o Commanders fosse nessa direção no draft.

12. Minnesota Vikings, Andrew Booth Jr., CB, Clemson

3 a cada 4 simulações ligam o Vikings a Andrew Booth Jr, além de estar sempre atento às vezes em que Ahmad Gardner chega até a escolha 12 sem ser selecionado (não foi o caso no nosso mock).

13. Houston Texans, Jermaine Johnson, EDGE, Florida State

Houston usa suas duas escolhas (a sua e a recebida de Cleveland) trabalhando nas trincheiras: OL na escolha 3, DL na escolha 13.

14. Baltimore Ravens, Jordan Davis, IDL, Georgia

Olho nas duas linhas para Baltimore (OL e DL), e na maior parte das simulações temos o super atlético DL Jordan Davis.

15. Philadelphia Eagles, Garrett Wilson, WR, Ohio State

Três anos seguidos de WR na primeira rodada em Philly? Jalen Reagor ainda não correspondeu, Devonta Smith começou bem, 3 vai ser o número mágico?

16. Philadelphia Eagles, Zion Johnson, IOL, Boston College

Segunda das três escolhas do Eagles vem com poder na OL, mas já chegamos na faixa do draft em que muitos caminhos diferentes são possíveis (especialmente nesse caso com três chances na 1ª rodada).

17. Los Angeles Chargers, Devonte Wyatt, IDL, Georgia

DL, OL, DL, DL, OL são as escolhas simuladas pro Chargers, um grande foco pro time no TDN. Curiosamente, Wyatt é o segundo DL da Georgia saindo neste mock draft.

18. New Orleans Saints, Drake London, WR, USC

Outro dos times tidos como mais fortes em probabilidade para um quarterback, o Saints acaba com um WR na simulação, Drake London, de USC.
Nota do editor: a simulação foi feita antes da contratação de Andy Dalton por New Orleans, o que deve diminuir a necessidade no ranking da plataforma.

19. Philadelphia Eagles, Trent McDuffie, CB, Washington

Recebedor, linha ofensiva e cornerback pra fechar um belo pacote de escolhas de Philly na primeira rodada. A curiosidade é que o primeiro e segundo escolhidos aparecem também aqui, em menor escala: Zion Johnson e Garrett Wilson.

20. Pittsburgh Steelers, Tyler Linderbaum, IOL, Iowa

O Steelers acaba sendo um caso curioso deste experimento: é bem provável que o time tenha uma escolha de quarterback neste ano. No entanto, em nenhuma das 212 tentativas o simulador colocou um jogador da posição em Pittsburgh, privilegiando o center de Iowa, Tyler Linderbaum. É de se apostar que se até a escolha 20 nenhum quarterback foi selecionado, o Steelers corra pra entregar seu cartão do draft com Malik Willis, Kenny Pickett ou qualquer que seja o seu QB favorito.

21. New England Patriots, Devin Lloyd, LB, Utah

Foco total em defesa para o Patriots nesta simulação, com o primeiro linebacker aparecendo por aqui e tendo CB, S nas outras possibilidades.

22. Green Bay Packers, George Karlaftis, EDGE, Purdue*

Desempate para Green Bay: o mais simulado, Drake London, já foi selecionado aqui para o Saints, então temos o segundo nome, o EDGE de Purdue, Karlaftis. Seria uma reposição para a saída de Za’Darius Smith, que partiu na free agency para Minnesota.

23. Arizona Cardinals, Jahan Dotson, WR, Penn State*

O desempate de Green Bay gera impacto na escolha de Arizona também, que por não poder ir com Karlaftis fica com Jahan Dotson, WR de Penn State.

24. Dallas Cowboys, Kenyon Green, IOL, Texas A&M*

O Cowboys é bastante ligado a jogadores da linha ofensiva, mas como Linderbaum já foi selecionado para o Steelers neste mock, temos o segundo, Kenyon Green, sendo ligado a Dallas.

25. Buffalo Bills, Chris Olave, WR, Ohio State*

Duas escolhas “roubadas” de Buffalo no mock: Jahan Dotson já teria partido para Arizona e Kenyon Green, para Dallas, fazendo com que o Bills fique com Chris Olave, WR de Ohio State.

26. Tennessee Titans, Treylon Burks, WR, Arkansas*

Mais uma vez escolhas anteriores impactando num desempate: Chris Olave, Devin Lloyd e Jahan Dotson já não estariam disponíveis, fazendo com que o Titans tenha como substituto de Julio Jones o recebedor de Arkansas, Treylon Burks.

27. Tampa Bay Buccaneers, Tyler Smith, IOL, Tulsa*

A aposentadoria de Ali Marpet e a saída de Alex Cappa apontam pra um linha ofensiva como uma necessidade grande de Tampa, e Kenyon Green seria o escolhido, caso não fosse o jogador do Cowboys neste mock. Chris Olave também já foi, Tyler Linderbaum também, então caímos pro 4º, Tyler Smith, de Tulsa.

28. Green Bay Packers, Perrion Winfrey, IDL, Oklahoma*

Os ajustes desse exercício potencialmente gerariam uma revolta contra o Packers: o mais escolhido aqui é Boye Mafe, EDGE de Minnesota. No entanto, a escolha 22 já foi um EDGE, nos levando a passar para o próximo nome, Perrion Winfrey, de Oklahoma. Imaginem o Packers trocando Davante Adams, tendo duas escolhas na primeira rodada e não tendo um WR no primeiro dia de draft?

29. Kansas City Chiefs, Daxton Hill, S, Michigan

Duas escolhas seguidas para KC graças à troca com o Dolphins (que tinha trocado com o 49ers): começamos com o S Daxton Hill, de Michigan. O Chiefs até contratou Justin Reid na free agency, mas a simulação acha interessante colocar mais um jogador da posição aqui.

30. Kansas City Chiefs, Boye Mafe, EDGE, Minnesota*

Curiosamente o time que forçou o Chiefs a não ir com sua primeira opção aqui foi o próprio Chiefs, que já teve Daxton Hill na escolha 29. Então pulamos ele e Treylon Burks, também já escolhido, e entregamos Boye Mafe na 30.

31. Cincinnati Bengals, Kyler Gordon, CB, Washington

Perto do fim da rodada, o Cincinnati Bengals continua adicionando pra defesa com Kyler Gordon. Observando a amplitude de possibilidades aqui, podemos ver vários cenários pra Cincinnati nessa escolha.

32. Detroit Lions, Kenny Pickett, QB, Pittsburgh

Pra encerrar o exercício, um cenário MUITO interessante: o primeiro quarterback da simulação é Kenny Pickett e sai apenas com a última escolha da rodada. É de se imaginar batalhas épicas pelo telefone de Detroit caso ainda haja um dos top QBs da classe na 32 (em 6% dos casos, ainda havia Malik Willis disponível também)

E você, ficaria feliz com o resultado da escolha do robô para o seu time?

DEIXE UMA RESPOSTA