Que não existe jogo ganho, todo mundo já sabe. Agora, que é cada dia mais difícil apontar os favoritos dentro da futebol americano e, mais ainda, dizer que eles vão sempre jogar como os melhores, já é outra história. Na última semana, os jogos da NFL foram simplesmente ABSURDOS, e causaram no fã de esporte aquela sensação de “vale a pena esperar sete meses do meu ano pra assistir isso”.

O Sunday Night Football – Seahawks x Cardinals

Hardiman/USA Today Sports

Começando com o jogo mais incrível da semana, que a NFL mudou para o SNF porque o jogo entre Tampa Bay e Raiders poderia ser adiado por causa de precauções contra o coronavírus, a partida entre Seattle Seahawks e Arizona Cardinals foi movida para o horário nobre.

Dessa maneira, os fãs futebol americano assistiram o Seahawks assumindo a liderança nos primeiros quatro minutos do jogo e não perdendo novamente até a última jogada do overtime. Em questão de estatísticas: Russell Wilson lançou para 388 jardas e correu para 84; Kyler Murray lançou para 360 e correu para 67; e Tyler Lockett teve 200 jardas de recepção e três touchdowns.

No fim, foi a defesa do Arizona que sackou Wilson duas vezes e levou o jogo para prorrogação que decidiu o placar. Na última jogada ofensiva de Seattle, Russell Wilson foi interceptado pelo LB de primeira rodada Isaiah Simmons, e o kicker Zane Gonzalez, do Arizona, acertou um field goal de 48 jardas que deu aos Cardinals uma vitória chocante por 37-34.

Lions x Falcons

Curtis Compton/Atlanta Journal-Constitution, via Associated Press

É, Matthew Stafford merece um time. O QB de Detroit lançou para 340 jardas e fez os Lions ganharem o 3º jogo em quatro. Mas o grande plot twist sobre essa partida é que Atlanta sempre pode encontrar uma nova maneira de perder. Os Falcons estavam atrás de Detroit por 2 nos últimos dois minutos do jogo, quando Todd Gurley II, de Atlanta, se libertou para um touchdown fácil de 10 jardas. Ciente do tempo restante, Gurley tentou cair na linha de 1 jarda, na esperança de queimar relógio.

Infelizmente, ele calculou mal a distância e marcou um TD. Esse erro deu aos Lions um minuto e quatro segundos para percorrer 75 jardas, e eles fizeram exatamente isso, com Matthew Stafford acertando o tight end T.J. Hockenson para um touchdown de 11 jardas quando o tempo expirou na vitória de Detroit por 23-22. Esta foi a 36ª vitória na carreira de Stafford, de acordo com o PFF, que segue apenas atrás de Drew Brees (37) desde 2009.

Steelers x Titans

Em um confronto de times invictos, o Pittsburgh começou com 27-7 – efetivamente tirando Derrick Henry do jogo – mas viu a partida se transformar em 27-24. O renascimento dos Titans veio por cortesia de três interceptações, a última das quais veio com menos de três minutos restantes. Por isso, os Steelers agarraram-se a uma vantagem de 3 pontos.

No entanto, o Tennessee, que começou a temporada com três jogos consecutivos decididos pela perna de Stephen Gostkowski, teve sua magia esgotada. Portanto, a tentativa de Gostkowski de empatar o jogo com 19 segundos restantes foi para a direita, deixando Pittsburgh (6-0) como o último time invicto da NFL

Browns x Bengals

Getty Images

É difícil imaginar um início de jogo pior do que: ter seu primeiro passe interceptado; ter o melhor recebedor do seu time machucado naquela jogada; e, em seguida, lançar quatro passes incompletos.

Mas, as coisas melhoraram consideravelmente depois disso para Baker Mayfield, que completou 22 de seus 23 passes finais para 297 jardas e estabeleceu uma novo recorde na carreira com cinco touchdowns. Mayfield sofreu muitas críticas após a derrota na semana passada para o Pittsburgh, mas ele deu a volta por cima no jogo contra os Bengals. Final de jogo: Browns 37, Bengals 34.

5 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA