A expectativa era de que, mesmo em uma semana curta, tendo que viajar até o Hard Rock Stadium e vindo de uma prorrogação de um jogo com mais de 100 snaps, o Baltimore Ravens era o franco favorito para a vitória no Thursday Night Football. Não foi bem o que aconteceu…

Primeiro Tempo

Como de praxe, o Baltimore Ravens começa devagar. O time recebeu a bola e imprimiu uma campanha sólida com o jogo corrido de Devonta Freeman. Entretanto, a campanha acabou terminando apenas em um Field Goal. Os Ravens poderiam ter ampliado o placar em seguida, porém Justin Tucker teve um chute de 48 jardas desviado.

Daí em diante, Baltimore não fez mais nada até o intervalo. Quatro punts, sendo 3 deles por conta de 3 and outs. O ataque estava completamente monotemático, com passes quase sempre para Marquise Brown e corridas com Devonta Freeman, que morriam bem cedo. O time não encontrou resposta para as blitz dos Dolphins, deixando Baltimore constantemente em terceiras descidas longas e sem uma alternativa à altura.

Miami também não apresentou muita coisa. O time viajou pouco até a redzone e contou com uma falha de comunicação grosseira da defesa para conectar uma big play e tentar pontuar de novo. Ainda assim, Miami não conseguiu nada mais do que dois Field Goals. A defesa fez um trabalho considerável, mas a falta de comunicação continua a sacrificar o time.

Segundo Tempo

A tônica da partida não mudou na volta do intervalo. A maior diferença foi a troca de quarterback dos Dolphins, que deu aos donos da casa uma maior qualidade nos passes. E com o ataque sem conseguir avançar em campo contra a melhor partida da defesa dos Dolphins, a defesa de Baltimore, já cansada, começou a murchar em campo.

Apesar de ruim, o jogo parecia ainda parelho, até o momento em que Sammy Watkins, na tentativa de conquistar o 1st down, sofre um fumble forçado por Xavien Howard, que retorna para touchdown e aumenta a vantagem do Miami Dolphins em duas posses de bola.

Tentando buscar o resultado, Baltimore ainda anotou um touchdown perto do fim do último quarto, saindo da sua própria endzone e avançando o campo inteiro. Tal campanha foi muito ajudada pela atuação desastrosa do setor defensivo de Miami, anotando, pelo menos, oito faltas seguidas. Porém, a resposta foi imediata do time da casa, fazendo mais uma big play logo no primeiro passe. A campanha terminou em touchdown perto do 2 minute Warning, deixando o jogo em 22 x 10.

Calendário

Este era o jogo de respiro antes da mais difícil parte do calendário. Com a derrota, Baltimore vai para a reta final com 6-3 e o risco de embolar toda a divisão norte da AFC. Atrás do Ravens, tem o Pittsburgh Steelers com 5-3, além de Browns e Bengals com 5-4.

O time volta a campo dia 21 de novembro, viajando até o Soldier Field enfrentar o Chicago Bears e tentar segurar a liderança antes do próximo confronto de divisão.

DEIXE UMA RESPOSTA