A temporada regular da NBA está se acabando, e como já havia sido anunciado pela liga, os prêmios individuais vão contar apenas até antes da pausa. Para não deixar a as atuações da bolha passarem despercebidas, a NBA anunciou que vai premiar um MVP da bolha e um All NBA-Team. No entanto, mesmo que outros prêmios não sejam entregues, listamos os favoritos para “vencedores da bolha”.

Rookie of the Bubble

 – Michael Porter Jr.

Muitas pessoas não concordariam em incluir Michael Porter Jr. como um rookie, já que o jogador foi draftado na temporada passada. Mas como ele ficou lesionado a última temporada inteira, a NBA libera que ele seja considerado rookie.

No início dos scrimmages, Porter foi ofuscado por Bol Bol, que chamava bastante atenção dos fãs e analistas da NBA, mas com a volta da temporada, Michael foi quem brilhou. Ele teve médias de aproximadamente 22 pontos e 55% de aproveitamento – somente ele e Ja Morant tiveram médias de pelo menos 20 pontos entre os rookies.

Além disso, ele tem sido fundamental na campanha na bolha, e pode disparar como um dos melhores jovens da liga na próxima temporada.

 Coach of the Bubble

– Monty Williams

A equipe do Phoenix Suns tinha 0.005% de chance de ir para os playoffs, e eles brigaram por essa vaga até o último segundo. Muito dessa recuperação da equipe veio através do técnico Monty Williams, responsável direto pela evolução da equipe e por ter mantido-a viva até o fim.

Apesar de não ter o elenco mais talentoso em suas mãos, Monty conseguiu usar muito bem peças como Deandre Ayton e Devin Booker, além construir um ambiente de família dentro do vestiário.

Ele levou os Suns a uma campanha de 8 jogos invictos na bolha, que infelizmente não foi o suficiente para a equipe se classificar, mas deu a equipe uma perspectiva de crescimento para a próxima temporada.

Defensive player of the Bubble

– Marc Gasol
A bolha da NBA trouxe muitas surpresas, heróis improváveis e jogos históricos. Quem seriam os vencedores dos prêmios individuais?
Credit: Dan Hamilton-USA TODAY Sports

O Raptors foi o time que mais sofreu com lesões nessa temporada (além de perdas gigantes em relação a última) e ainda assim conseguiram ficar em segundo lugar no leste. Uma das perdas mais significantes foi a de Marc Gasol, o pivô veterano perdeu 28 jogos na temporada e dificultou bastante a vida do técnico Nick Nurse.

Para compensar sua ausência na temporada, Gasol tem se destacado muito nessa volta. Com a ajuda dele, os Raptors tem a melhor defesa da bolha em rating, com 101.8, e uma diferença de mais de 4 pontos para o segundo colocado.

Sixth man of the Bubble

– Gary Trent Jr.

O Portland Trail Blazers vem lidando muito bem com algumas lesões impactantes – como a do pivô Jusuf Nurkic – e a equipe precisou achar jogadores vindos do banco para ajudar na pontuação. Durante a bolha, o jogador que melhor fez isso foi Gary Trent Jr. Depois de passar a última temporada na liga de desenvolvimento, Gary está mostrando potencial como jogador da equipe principal.

Com 16.9 pontos de média na bolha, ele tem sido um dos principais jogadores para a equipe. Além disso, mesmo produzindo um bom número de pontos por jogo, ele também se destaca na defesa.

Por isso, muitos se impressionaram com a capacidade de Gary marcando jogadores como Harden e Doncic, e a resposta dele foi bem objetiva: “Marcar o Damian Lillard e o C.J McCollum nos treinos por um ano e meio, me ajudou a melhorar na defesa.”

MVP of the Bubble

– Damian Lillard

A bolha da NBA trouxe muitas surpresas, heróis improváveis e jogos históricos. Quem seriam os vencedores dos prêmios individuais?

Tivemos grandes atuações individuais nessa volta de temporada regular, mas nenhuma se comparou ao que Damian Lillard fez. Ele se igualou a Wilt Chamberlain como o único jogador a fazer três jogos de pelo menos 60 pontos em uma única temporada. Além disso, Lillard fez 154 pontos nas últimas três partidas da bolha da NBA, mantendo uma média de 37,6 pontos por jogo.

DEIXE UMA RESPOSTA