Engana-se quem acredita que os meses de março e abril são de completo ócio na NFL. Embora não tenhamos nenhuma partida para assistir numa tarde de domingo, temos muita movimentação das equipes buscando reforços na Free Agency. Nesse texto, veremos quais foram as franquias que melhor se reforçaram nesse período.

Denver Broncos.

Twitter oficial: @Broncos

Um dos times do “empolgou” na temporada passada renovou os contratos do Safety Justin Simmons (4 anos e 61 milhões de dólares, sendo 35M, garantidos) e com o IDL Shelby Harris (3 anos e 27 milhões de dólares, sendo 15M, garantidos), além das contratações dos Cornerbacks Ronaldy Darby (ex WFT) e Kyle Fuller (ex Chicago Bears).

Denver reforça sua secundária com um objetivo em mente: conter Patrick Mahomes, afinal estamos falando do melhor Quarterback da Liga. Isso porque, este ainda atormentará os Broncos durante anos na AFC West.

A equipe de Vic Fangio está a um passo de se tornar um forte concorrente na Conferência Americana, entretanto, os Broncos ainda têm dúvidas na posição de Quarterback, pois Drew Lock (que ganhou diversos reforços via Draft) não vingou como o esperado e isso faz com que alguns torcedores sonhem com Zach Wilson ou Justin Fields no Draft que será realizado dos dias 29 de abril a 1 de maio.

San Francisco 49ers

Foto: Ralph Freso / Getty Images

Após um ano para se esquecer em Santa Clara, onde o time foi destruído por lesões, os 49ers correm para brigar novamente pela disputadíssima NFC West. Contando com a renovações do LT Trent Williams (168M por 6 anos) e quase toda sua secundária, San Francisco terá muita liberdade para escolher o melhor jogador disponível em sua board no Draft.

Além das renovações, San Francisco trouxe o veterano C Alex Mack (que já trabalhou com Shanahan em Atlanta) e o EDGE Samson Ebukam, ambos por uma verdadeira barganha.

Além disso, com a noticia de que os Niners subiram pra 3º escolha geral do draft desse ano, após trocarem 3 escolhas de 1º rodada, a vida de Jimmy Garoppolo como titular pode estar chegando ao fim. Nesse sentido, assim como os Broncos, San Francisco está a poucos passos de se tornar (voltar a ser) um time de primeira prateleira na Conferência Nacional.

Cleveland Browns

Foto:AP Photo/David Richard

Não é segredo pra ninguém que o “cemitério de talentos” Cleveland Browns já não existe mais. Afinal, a chegada do HC Kevin Stefanski e do GM Andrew Berry mudou totalmente a mentalidade da franquia.

Nessa Free Agency, os Browns priorizaram em reforçar sua defesa, sobretudo sua secundária. Para lá, trouxeram os ex-LA Rams Troy Hill e Justin Johnson. Além deles, o EDGE Takkarist McKinley, DT Malik Jackson (ex-Eaggles) e o LB Anthony Walker (ex-Colts)  também são reforços em Ohio.

Cleveland é uma equipe bastante competitiva, porém tudo passará pelas mãos do QB Baker Mayfield, que precisa evoluir ainda mais se os Browns quiserem competir pelo titulo. Contando com algumas precisas em seu elenco, não será surpresa alguma se os Browns figurarem entre as melhores equipes da Conferência Americana.

DEIXE UMA RESPOSTA