Falando de College Football, começaremos pela Conferência Big 10. Revisaremos a temporada passada e tentaremos prever o futuro das principais.

Nesse artigo, iremos fazer uma revisão de 2019 e a previsão da temporada 2020 do College Football, e hoje, iniciaremos falando da Big 10. A Big Ten Conference (B1G10), é a conferência mais antiga da FBS, ou divisão principal da NCAA. Curiosamente a Big 10 conta com 14 instituições, não 10 como nome pressupõe.

Desde 2014, a conferência se divide em duas divisões: Leste e Oeste. A única partida inter-divisional que se disputa obrigatoriamente todos os anos é entre Indiana–Purdue. Veja abaixo a tabela das divisões com suas respectivas instituições.

Divisão Oeste Divisão Leste
Purdue Indiana
Illinois Maryland
Iowa Michigan
Minnesota Michigan State
Nebraska Ohio State
Northwestern Penn State
Wisconsin Rutgers

 

Escolas com maiores expectativas para 2020:

Ohio State Buckeyes:

Ohio State

O Buckeyes teve um grande ano de 2019, sendo invicta na temporada regular. Portanto, era inevitável à ida para o BIG 10 Championship (final de conferência); e pela 3ª vez nos últimos 6 anos, Ohio State enfrentou a equipe de Wisconsin, vencendo por 34–21 em uma partida memorável de Chase Young e Justin Fields. Com a vitória, Ohio ganhou seu terceiro título consecutivo na conferência.

No ranking final da temporada de College Football, Ohio State só ficou atrás da campeã LSU; que fez com que Ohio State jogasse o Fiesta Bowl, enfrentando a atual campeã Clemson, de Trevor Lawrence. Ohio perdeu esse jogo por 29-23, sendo decidido em uma interceptação de Fields, no lance final da partida, com uma falta de conexão com o WR Chris Olave.

Principais jogadores:
  • Justin Fields, QB;
  • Chris Olave, WR;
  • Wyatt Davis, iOL;
  • Shaun Wade, CB.

Ohio State outra vez terá a chance de chegar ao playoffs do College Football, e se consagrar a campeã nacional. Essa previsão se deve a grande jogadores, começando pelo que foi finalista do Heisman Trophy em 2019 e certamente disputará o prêmio novamente em 2020. Dessa vez, Fields terá ajuda de grandes recebedores, incluindo Chris Olave, que ano passado teve 48 recepções, resultando em 849 jardas e 12 Tds.

Além disso, a linha ofensiva da equipe é muita boa e conta com um dos melhores do país, Wyatt Davis. O All American e All first team 2019 é um jogador muito sólido que tem técnicas de mãos e pés muito bem trabalhadas.

Já no lado defensivo, a grande estrela é o CB Shaun Wade, mais um da escola de corners saindo pro draft com nota alta. Wade é um jogador com muita instintividade; agressivo nas jogadas de press; e boas leitura de jogo com range apurado. Além disso, ele atuou muito no slot em 2019, mas espera-se que haja mudança para outside neste ano.

Previsão para 2020:

A temporada de 2020 pra Ohio State será de afirmação; no entanto, o buckeyes é o segundo favorito nas casas de apostas pra esse ano, atrás somente de Clemson. Acredito que Ohio State tenha um time capaz em todos os setores do campo, com um QB acima da média e que pode levar seu time a grande patamares. A previsão do redator é de 12-0, varrendo a conferência Big 10 novamente.

Wisconsin Badgers:

badgers

Os Badgers tiveram um bom ano, apesar de mais uma vez bater na trave no titulo de conferência e ida aos playoffs. Eles começaram o ano com seis vitórias dominantes, incluindo contra o seu rival Michigan, por 35–14 em casa. Com essas vitórias contundentes, eles subiram no ranking da AP para o sexto lugar; mas a sua primeira derrota para a modesta Illinois, fez com que Wisconsin saísse da briga pelos playoffs naquele momento.

No enanto, depois disso houve então a derrota massacrante para o seu algoz Ohio State por 38–7. Como resultado, isso exigiu uma vitória contra o rival de divisão, e até então oitavo colocado da AP, Minessota Gophers, para garantir seu lugar no Big Ten Championship Game.

Com a vitória e classificação garantida, na final de conferência Wisconsin enfrentou e perdeu mais uma vez para Ohio State pelo placar de 34–21 em um jogo mais disputado que o primeiro; mas, a diferença técnica sobressaiu e os Buckeyes levaram a melhor. No entanto, os Badgers foi convidado para jogar o Rose Bowl contra o campeão da Pac-12, Oregon Ducks, em um baita jogo do começo ao fim em que a equipe de Oregon saiu vencedora por 34–21.

Principais jogadores:
  • Jack Coan, QB;
  • Jake Fergunson, TE;
  • Isaiahh Loudermilk, DE.

Após a grande estrela de seu time, Jonathan Taylor, sair via draft, o QB Jack Coan precisará evoluir e ser o grande “cara” desse ataque; em 2019 ele teve uma sólida temporada em que completou 69,6% de seus passes com 2.727 jardas; 18 touchdowns; e cinco interceptações.

Com isso, para tentar garantir o seu sucesso, ele vai contar com a ajuda de seu TE, Ferguson, que foi o segundo melhor recebedor da UW na última temporada, com 33 recepções; 407 jardas; e dois touchdowns.

A força defensiva vêm da sua DL, que em 2019 foi a sexta parando jogo corrido, e isso se deve a grandes caras como o DE de 6’7″, Isaiahh Loudermilk; um jogador extremamente dominante e muito forte, considerado como menção na All team Big Ten depois de conseguir forçar 2 fumbles; 24 tackles; e 3 sacks. Diante disso, esse ano promete ainda mais para o sênior de Wisconsin.

Previsão para 2020:

Como será o ano de Wisconsin sem Jonathan Taylor e Zack Baun? É complicado prever um ano bom no ataque sem sua principal estrela. Isso porque Taylor sozinho produziu 61% das jardas totais da equipe e 55% dos tds vieram dele; em outras palavras: Taylor era o motor do time e carregava o piano. Com isso, a pressão então cairá nas costas de seu QB, visto que o grupo de RB são inexperientes. Será se ele conseguirá manter o nivel?

Por sua vez, a defesa continua bem. Mesmo perdendo seu grande sacador, Zack Baun, o LB Sanborn é um tackleador em ascensão; além disso, a secundária segue praticamente a mesma de 2019. No entanto, a previsão é que Wisconsin, por estar na divisão mais fraca da Big Ten e um calendário relativamente fácil, consiga uma campanha positiva e chegue na final de conferência novamente; mas, fique de fora dos playoffs do College Football.

Penn State Nittany Lions

1200px-Penn_State_Nittany_Lions_logo.svg

Penn State fez um ano com saldo positivo; de 11 vitórias e 2 derrotas e com 7-2 na divisão. Além disso, eles terminaram em segundo lugar na divisão leste, vencida por Ohio State.

Os Nitanny Lions também jogaram o Cotton Bowl, em que conseguiram vencer por 53×39 a equipe de Memphis Tigers. Entretanto, mesmo não sendo campeã da conferência e nem ir para os playoffs, eles fizeram uma campanha dentro das expectativas.

Principais jogadores:
  • Pat Freiermuth, TE;
  • Sean Clifford, QB;
  • Micah Parsons, LB.

O grupo de jogadores de Penn State promete muito para 2020. Os Nittany Lions tem certamente o melhor jogador defensivo do país, o LB Micah Parsons, provável escolha top 10 no próximo draft. Vale lembrar ainda que o 2019 foi surreal para Micah; ele foi All Big Ten e All American, anotando 109 tackles; 5 sacks; 4 fumbles forçados e 1 recuperado; não tem muito o que dizer desse fenômeno da natureza.

Da mesma forma, o lado ofensivo também tem grandes nomes. Um deles é o QB Sean Clifford, que ano passado teve 2654 jardas; 23 tds; 59% de passes completo; e 7 int. No entanto, Clifford ainda tem um longo caminho a percorrer.

Isso porque ele precisa ser mais preciso nos seu passes e diminuir o nº de turnovers; mas tem um teto interessante e conta com boas armas no backfield, com Journey Brown, e no jogo aéreo, como o TE Pat Freiermuth, que em 2019; obteve 507 jardas e 7 tds. Diante disso, em 2020 espera-se ainda mais evolução, para que também seja um nome a ser falado no 1º round no Draft em 2021.

Previsão para 2020:

A expectativa de Penn State é alta pra esse ano, porque o time conta com um dos melhores grupos defensivo do país e um ataque bem promissor. O azar dos Nittany Lions é jogar na mesma divisão de Ohio State. Sendo assim, dificilmente eles chegarão à final de conferência.

Mas, por outro lado, não é loucura dizer que eles tem a chance de ir aos playoffs; já que o piso no minimo é jogar um bowl de ano novo e o teto é ficar entre os 4 do país.

Menções Honrosas

Michigan Wolverines; Minessota Gophers; Michigan State Spartans; e Iowa Hawkeyes.

 

 

 

 

DEIXE UMA RESPOSTA