Cleveland Browns @ Cincinatti Bengals

Data: Domingo, 25 de Outubro de 2020, às 14h (horário de Brasília)
Local: Paul Brown Stadium

Lista de Lesões:

CLEVELAND

NOME, POS STATUS DATA
Austin Hooper, TE Fora
23 Out
Karl Joseph, S Questionável
23 Out
Jacob Phillips, LB Fora
23 Out
Wyatt Teller, G Fora
23 Out

*Data de atualização da notícia. Pode ser alterada até o dia do jogo.

CINCINATTI

NOME, POS STATUS DATA
Joe Mixon, RB Fora
23 Out
William Jackson III, CB Fora
23 Out
Shawn Williams, S Questionável
23 Out
John Ross III, WR Questionável
23 Out

*Data de atualização da notícia. Pode ser alterada até o dia do jogo.

Uma estréia com derrota impactante, logo após uma sequência de quatro vitórias seguidas para novamente ter outra derrota impactante, esse foi a sinopse das primeiras seis semanas da temporada e agora se espera novamente uma grande resposta do Browns na sequência que vem por aí até a bye week e isso se inicia com o segundo capítulo e último nessa temporada da Batalha de Ohio. Vamos falar de pontos importantes do jogo desse domingo que terá um fator muito importante do que se esperar da progressão rumo a parte final da temporada.

Pontos Chaves para vitória:

Deixar Mayfield mais confortável em compensação ao último domingo

O Steelers terminou com quatro sacks e oito hits na semana passada contra o Browns. Eles chegaram ao Mayfield cedo e com frequência, ele nunca se sentiu confortável no bolso e os Browns recorreram a Case Keenum no segundo tempo após não querer dar mais chances dos problemas com costela dele piorarem com mais pancadas. Mayfield voltou com alguns vícios de não progredir dentro de pocket e o cenário de colapso da sua proteção só fez isso intensificar.

O Pass Rush dos Bengals não se compara ao que eles têm em Pittsburgh, mas eles precisam encontrar uma maneira de deixar Mayfield desconfortável, o próprio está completando 56% de seus passes e lançou mais interceptações (4) do que touchdowns (3) nos últimos dois jogos. O coordenador defensivo do Bengals, Lou Anarumo, precisa encontrar uma maneira de colocar fogo em Mayfield, Cincinnati não conseguiu fazer isso na semana passada contra Philip Rivers e no Thursday Night Football da semana 2 também não conseguiu desbancar a linha ofensiva do Browns.

Implantar uma melhor proteção ao Mayfield junto a ter mais lucro no jogo terrestre é ter um pouco mais do Browns da semana 2, é ter um clima de mais paz em compensação ao caótico jogo do último domingo.

A defesa progredir contra o jogo aéreo vai ser deixar o Bengals sem muita opção 

Joe Mixon está fora do jogo, e isso é impactante demais para o Bengals. Se compararmos com o Browns que também perdeu seu Running Back titular, o Bengals não tem um reserva como Hunt, e deve sentir e muito essa falta de intensidade no jogo aéreo. Com isso o foco estará pelo ar e se espera mais um jogo com Burrow mandando muitos passes. Sua evolução é constante ao longo das semanas, existe bons flashes principalmente com a conexão junto ao Tee Higgins no meio de problemas com proteção nas trincheiras.

Não podemos esquecer que ainda é um trio formado por AJ Green, Tee Higgins e Tyler Boyd. A secundária teve os problemas de sempre mas teve momentos que conseguiu estabilizar o jogo aéreo do Steelers, grandes passes do Ben Roethlisberger foram por grande mérito dele a achar janelas apertadas após grande marcação de tal jogador do Browns. Pode haver muito sucesso contra Burrow, a defesa evoluiu daquela da semana 2 que parecia muito mais bagunçada.

Fique de Olho:

Não dar para o AJ Green um jogo como na semana 2

Temos que lembrar o primeiro confronto e com isso o quão foi ativo AJ Green para Joe Burrow e onde se espera ter mais amanhã. O maior número de alvos que ele conseguiu nesta temporada foi contra os Browns na quando Burrow olhou em sua direção 13 vezes, claro que foi até atípico mas é preciso ter mais sucesso como aconteceu naquela noite de quinta quando ele pegou apenas três recepções pqra 29 jardas. Excluir uma das opções de passe mais usados por Burros já será importante para introduzir um cenário mais complicado de se lidar para Burrow.

Semana passada o próprio Bengals provou que AJ Green segue sendo um alvo muito visto por Burrow, ele foi alvejado 11 vezes, recebendo 8 passes para 96 jardas. Ele será mais importante esta semana porque os Browns estão recuperando seu cornerback Kevin Johnson de uma lesão. Johnson se estiver apto a jogo estará certamente focando em Tyler Boyd, que é o principal alvo de Burrow. Portanto, Green deve receber alguns olhares do seu algoz na semana 2 Denzel Ward, o que é uma tarefa difícil.

As trincheiras ainda é o melhor caminho para o Browns?

Bengals já veio a temporada conhecido por alguns pontos positivos mas com o questionamento com a sua linha ofensiva e quem mais descobriu isso foi Joe Burrow que parece não ter paz no bolso. Na semana 2 o Browns teve muito lucro na trincheira, a linha defensiva por mais que não teve muita produção no último domingo vinha em uma crescente, uma das melhores da liga e com isso Burrow teve problemas em Cleveland mas a pergunta é, a linha ofensiva melhorou?

Eles ainda enfrentam falhas massivas que contribuíram para os 24 sacks que Burrow sofreu nesta temporada, o que não leva em consideração os hits quando ele se livra da bola, mas no geral, é… menos terrível digamos assim. Seus Guards e proteção no lado direito continuam sendo uma fraqueza e embora Jonah Williams se pareça mais com o jogador que eles imaginaram quando foi convocado, quando ele é derrotado, isso tende a ser feio, com consequências graves.

Será pedido que Burrow de muitos passes e a vitória está em suas mãos digamos assim, o jogo corrido já tem a perda do Mixon e com isso deixar cada vez menos tranquilidade no pocket é trazer mais do que fez a nossa vitória no início da temporada.

Podcast:

E pra você que quer ouvir a análise que fizemos desse pré-jogo, dá uma passada no nosso podcast e escuta tudo que trouxemos sobre o Pós-jogo contra Pittsburgh Steelers e o Pré-jogo contra o Cincinatti Bengals!

DEIXE UMA RESPOSTA