Cleveland Browns @ Tennessee

Data: Domingo, 06 de Dezembro de 2020, às 15h (horário de Brasília)
Local: Nissam Stadium

Lista de Lesões:

CLEVELAND

NOME, POS STATUS DATA
Nick Harris, C Questionável
3 Dez
KhaDarel Hodge, WR Fora
4 Dez
Taywan Taylor, WR Fora
4 Dez
Denzel Ward, CB Fora
4 Dez
Tedric Thompson, S Fora
5 Dez

*Data de atualização da notícia. Pode ser alterada até o dia do jogo.

TENNESSEE

NOME, POS STATUS DATA
Rodger Saffold III, G Questionável
2 Dez
Jonnu Smith, TE Fora
4 Dez
Adoree’ Jackson, CB Fora
4 Dez
Jeffery Simmons, DT Questionável
5 Dez
Isaiah Wilson, OT Suspenso
5 Dez

Estamos chegando na parte final da temporada e o Cleveland Browns depois de mais uma sequência de vitórias vem para um momento crucial rumo aos playoffs. A partir de agora teremos bons cenários para distinguir o que é realmente esse time contra boas equipes, Titans nesse domingo, um Ravens numa briga direta e certamente já com os jogadores recuperados da Covid, Giants com uma defesa em crescente e claro na última semana o Steelers que hoje segue o único time invicto na liga.

Tudo começa com o Titans jogo que interfere junto com a Wild Card da conferência americana e aqui viemos falar sobre alguns pontos e opiniões do que nos espera para o jogo. Aqui falamos sobre os dois pontos cruciais para o jogo deste domingo.

Pontos Chaves para vitória:

Quem e como vão parar Derrick Henry

O Cleveland Browns tem a oportunidade de vencer um time do calibre dos playoffs na estrada no Tennessee Titans, mas isso vai depender em parte de sua capacidade de parar ou, pelo menos, “omitir” Derrick Henry dentro do jogo. O jogo contra o Jaguars e a luta do Browns para encurralar o corredor estreante James Robinson não é um bom presságio para este jogo.

Bastante importante foi o Browns ter ativado novamente o linebacker Sione Takitaki que estava na lista de reservas / COVID-19. Ele é a melhor resposta que os Browns têm para times como o Jaguars e o Titans, que querem focar no seu jogo ofensivo o jogo corrido. Considerando que um jogador como Malcolm Smith não foi realmente feito para enfrentar consistentemente o jogo corrido e Mack Wilson não está em em uma evolução no nível de jogo, Takitaki prospera com o contato. Um jogador que parece que parecia em uma proliferação do jogo de passes, ele tem um papel importante como um jogador em foco a bater de frente com a peça fundamental terrestre do adversário.

O Browns também sentiu e muito a ausência de Ronnie Harrison. Harrison se tornou tão valioso em parte por causa de sua versatilidade e sua vontade de jogar perto da trincheira e fazer tackles perto da linha de scrimmage.

Os Browns fazem a defesa fluir conforme construída atualmente em torno fortemente de sua linha defensiva, particularmente seus tackles defensivos. Eles estão no seu melhor quando uma combinação de Sheldon Richardson, Larry Ogunjobi e Jordan Elliott são capazes de entupir gaps, forçando com mais normalidade cada vez mais a quebra do pocket. Nesse ponto, o resto da defesa pode se aglomerar e atacar a linha de scrimmage. Essa é realmente a melhor chance dos Browns de parar Henry. Todo o confronto será focado na linha de scrimmage, parando Henry antes que ele ganhe força.

Myles Garrett voltar esta semana é obviamente crítico, pois ele é o melhor jogador de toda a equipe. Se Olivier Vernon e Adrian Clayborn puderem continuar jogando no nível que mostraram nos últimos jogos, a defesa do Browns ficará significativamente melhor. Garrett pode precisar adotar a mentalidade que exibiu contra o Houston Texans, onde ele deve estar focado em parar a corrida antes que ele possa se preocupar com o quarterback. Nesse jogo, uma das jogadas principais foi Garrett encher Deshaun Watson na linha do gol na quarta descida.

A principal questão para os Browns é o que acontecerá quando Henry chegar ao segundo nível. Do mesmo jeito que os nossos adversários não aguentam a intensidade e o mesmo plano de jogo até o fim contra Nick Chubb, esse exercício de reflexão também cabe a Henry.

Fique de Olho:

Qual será o desempenho de Baker Mayfield no momento mais importante?

Baker Mayfield está ajudando a levar o Cleveland Browns a grande magia que é jogar os playoffs, mas seu desempenho contra os Titans, Ravens e Steelers vai determinar se o time é realmente um candidato. Pensando nos próximos 5 adversários do Browns, existe o favoritismo contra a dupla de NY, jogos cruciais e com uma leve obrigação. Os três outros adversários são mais preocupantes e podem ser fatores determinantes nas esperanças de desempate da organização.

Mayfield entrou em sua terceira temporada em seu quarto treinador principal e terceiro sistema ofensivo e inúmeras perguntas sobre sua capacidade de ser um quarterback da franquia. Mayfield teve o desempenho necessário e fez o suficiente para ajudar a equipe a alcançar sua primeira temporada com mais vitórias do que derrotas desde 2007. Houve momentos de brilhantismo, como sua apresentação de cinco touchdowns contra o Cincinnati Bengals. No entanto, a única coisa que Mayfield não provou nesta temporada é que ele pode vencer competições de alto nível. As últimas três apresentações de Baker Mayfield contra os Titans, Ravens e Steelers não foram animadoras.

Tennessee Titans (semana um, 2019)

25 para 38, 285 jardas, 1 TD – 3 INT

Baltimore Ravens (semana um, 2020)

21 para 39, 189 jardas, 1 TD – 1 INT

Pittsburgh Steelers (semana seis, 2020)

10 para 18, 119 jardas, 1 TD – 2 INT

Existe a crescente nos setores do time desse esses jogos, a linha ofensiva parece estar com mais química, Todos os três atacantes internos titulares estão entre os quatro melhores jogadores avaliados de acordo com o Pro Football Focus. Além disso, o tackle ofensivo do Browns, Jack Conklin, é o décimo primeiro tackle com maior pontuação na liga e o novato Jedrick Willls tem a menor taxa de pressão (1,9%) de todos os tackles em sua classe de draft. A taxa de blocos vencidos por essa linha ofensiva já está na casa dos 70%.

O lado defensivo do Browns por mais de toda insegurança melhorou, começou a lutar a transformar rendimento e vai para esses futuros jogos com um pouco mais de respeito e desempenho esperamos. Mayfield também não lança uma interceptação faz alguns jogos, um quarterback mais responsável com a bola.

Baker Mayfield tem o conjunto de habilidades e equipe técnica para ter sucesso nos jogos restantes. O jogo terrestre será a base óbvia do plano de jogo ofensivo e Mayfield terá múltiplas oportunidades de se destacar em grandes jogos, desempenhos sólidos contra os Titans, Ravens e Steelers são o que esta equipe precisa para dar o próximo passo. Como afirmado anteriormente, o Browns vai tão longe quanto Mayfield pode levá-los como o líder do time, Mayfield joga pela sobrevivência do Browns e pela sua sobrevivência para o seu futuro dentro da franquia.

Podcast:

E pra você que quer ouvir a análise que fizemos desse pré-jogo, dá uma passada no nosso podcast e escuta tudo que trouxemos sobre o Pós-jogo contra Jacksonville Jaguars e o Pré-jogo contra o Tennessee Titans!

DEIXE UMA RESPOSTA