Com muitos desfalques nos dois lados da bola, o Indianapolis Colts não segurou Derrick Henry no domingo. O RB adversário, carrasco dos Colts, somou três TDs e fez com que os Titans vencesse por 45-26, retomando a liderança da AFC South e deixando os Colts com recorde 7-4 na temporada.

O BOM

Philip Rivers fez o que pode. Com 24/42 passes completos, 295 jardas, dois touchdowns e uma interceptação, Rivers foi extremamente prejudicado com a lesão de Anthony Castonzo. Enquanto o LT esteve em campo, os Colts marcaram dois TDs nas duas primeiras posses. Com La’Raven Clark em campo, a pressão começou a chegar no QB e o ataque parou de produzir. Já é sabido que Castonzo possui uma lesão no ligamento colateral medial, mas que não parece ser tão grave quanto se imagina. A ver os próximos reportes.

Leonard em um dos raros momentos bons da defesa

Na defesa, destaque apenas para Darius Leonard. O LB liderou o time com 14 tackles totais (10 solo), além de um sack, um QB Hit, e 1.5 tackle para perda de jarda e um passe desviado. Se parar Derrick Henry é uma missão ingrata, Leonard fez o que pode. Ao menos Matt Eberflus conseguiu realizar ajustes para a segunda etapa que limitaram os Titans a 10 pontos no 2º tempo, mas já era tarde demais.

O RUIM

O primeiro tempo foi algo para ser esquecido. Não havia pressão em Ryan Tannehill, Derrick Henry correu como quis e as faltas do Rock Ya-Sin deram um TD de presente aos Titans já no fim da primeira metade do jogo. Foram seis posses de bola para os rivais, incríveis cinco TDs e apenas um punt. Um total de 361 jardas e 35 pontos praticamente asseguraram a vitória de Tennessee antes do intervalo.

Uma pena que a defesa estivesse muito prejudicada com as ausências de DeForest Buckner, Denico Autry e Bobby Okereke. Os Colts não ofereceram resistência alguma ao RB adversário, que somou 178 jardas terrestres em 27 corridas. Ryan Tannehill foi protocolar e distribuiu bem a bola em campo, principalmente para o WR A.J. Brown, que castigou Rock Ya-Sin.

T.Y. HILTON

Enfim uma boa partida do camisa #13. Com 81 jardas em quatro recepções e seu primeiro TD na temporada, T.Y. liderou o time em jardas recebidas. Em um passe espetacular do Rivers e uma bela rota em cima do CB Breon Borders, o WR pouco comemorou o TD. Esperamos que seja o início de uma boa sequência do jogador, que está em seu último ano de contrato com os Colts e que na semana que vem enfrenta sua maior vítima.

PRÓXIMO CONFRONTO: Houston Texans

Com a derrota para os Titans, Indianapolis fica dois jogos atrás do rival por conta do desempate. A recuperação precisa acontecer no próximo domingo às 15h contra o Houston Texans no NRG Stadium. É vencer ou vencer, pois com a AFC está extremamente embolada, qualquer tropeço pode ser fatal para as pretensões de playoffs. Os Texans vem de boa vitória contra os Lions e mostram evolução desde a saída do terrível Bill O’ Brien. Aos Colts resta sacudir a poeira desta última partida.

Preferimos acreditar no copo meio cheio, porque a quantidade de lesões antes e durante o jogo prejudicou demais Indianapolis e o time não conseguiu oferecer resistência aos Titans. DeForest Buckner, Denico Autry e o RB Jonathan Taylor estão na COVID-list e, caso estejam assintomáticos e testem negativo durante a semana, os mesmos irão para o jogo no domingo. Esperamos que Ryan Kelly e Bobby Okereke se recuperem de suas lesões e retornem.


Fiquem ligados nas notícias sobre os Colts no @HorseshoeBr@potrosbr  e @fumblenanet, além dos pitacos da @CarolVago12, do @pj1992 e do @William_Borella!

Assine o Colts Brasil no Spotify!

Assine o Feed do Colts Brasil para não perder nenhum episódio do podcast ou texto! https://fumblenanet.com.br/feed/coltsbrasil

Siga-nos no Instagram! https://www.instagram.com/podcastcoltsbr/

Fotos: disponíveis no site oficial dos Colts.

DEIXE UMA RESPOSTA