Pós-jogo: Colts x Broncos РSemana 8

Partida com o uniforme color rush é certeza de emoção. Tal como contra os Dolphins, no ano passado, a partida deste domingo foi decidida num chute de Adam Vinatieri. A vitória por 15-13 contra os Broncos consolida a liderança do Indianapolis Colts na AFC South. Numa tarde onde nada parecia dar certo, bastou um bom drive para assegurarmos a quinta vitória na temporada e a Seed #2 da AFC.

 

PONTOS POSITIVOS

Defesa

Pelo ar e pelo chão a defesa dos Colts fez um bom trabalho. Tendo como ponto forte o jogo terrestre, o ataque de Denver depende bastante do trabalho de Phillip Lindsay e Royce Freeman. Ambos foram limitados a 59 e 40 jardas respectivamente, com um TD terrestre de Freeman. Com boa presença Darius Leonard se destacou novamente, provavelmente sendo o melhor jogador da defesa. Foram 10 tackles (seis solo), um tackle para perda de jardas e um sack. O #53 chegou aos 200 tackles na carreira, sendo o jogador mais rápido (19 jogos) a atingir essa marca desde 2000.

Al√©m de Leonard, Justin Houston e Ben Banogu tiveram boas participa√ß√Ķes em jogadas de passe. Ambos contabilizaram um sack, sendo o do calouro um strip sack que decidiu o jogo. Num geral o time teve seis tackles atr√°s da linha de scrimmage, muito por conta da grande press√£o exercida pela DL sobre a fraca OL dos Broncos. Sobre o calouro, Banogu est√° atr√°s apenas de Nick Bosa, Josh Allen e Brian Burns em termos de sacks e QB hits.

Ataque terrestre
Mack Attack! TD Colts.

Se o jogo a√©reo n√£o funcionava contra a 3¬™ melhor defesa no quesito, pelo ch√£o as coisas foram mais acess√≠veis. Marlon Mack teve uma boa tarde e liderou o time com 76 jardas em 19 corridas e o √ļnico touchdown dos Colts no jogo. Com alguns bons scrambles, Jacoby Brissett conseguiu 34 jardas pelo ch√£o. Entretanto ao longo do jogos observamos que em diversos momentos os Colts tamb√©m acabaram com corridas negativas ou sem ganho.

 

Enfim, um desafio aceito

Após uma jogada onde T.Y. Hilton sofreu um pass interference claríssimo, tendo seu braço descaradamente puxado, os Colts tiveram o seu primeiro desafio aceito na temporada. Na ocasião, o defensor dos Broncos, Coty Sensabaugh, impediu que nosso melhor WR pudesse realizar a recepção. Após muitas controvérsias com relação ao objetivo de permitir desafios de faltas do tipo, os Colts obtiveram sucesso num momento importante do jogo. A falta que não havia sido marcada, resultando em um passe incompleto, foi posteriormente assinalada.

 

PONTOS NEGATIVOS

Jacoby Brissett

√Č muito prov√°vel que toda semana a gente venha aqui falar sobre algo novo na avalia√ß√£o de Jacoby Brissett. Ap√≥s um √≥timo jogo contra os Texans muitos esperavam uma performance melhor contra os Broncos, mas n√£o foi o que vimos em campo. A partida contra o time de Denver foi provavelmente a pior do QB nesta temporada. Apesar de oscila√ß√Ķes em outros jogos, inseguran√ßa em alguns momentos e uma partida apagada no nosso melhor jogo da temporada (contra os Chiefs em Kansas City) n√£o hav√≠amos visto uma tarde t√£o ruim do novo starter de Indianapolis. Apesar de uma jogada espetacular, escapando de um safety que seria provocado por Von Miller e conectando uma lindo passe em movimento para T.Y. Hilton, a atua√ß√£o num geral foi ruim. N√£o podemos deixar de pontuar as estat√≠sticas favor√°veis da defesa de Denver contra o passe, mas esperava-se mais do jogador num jogo em casa.

Com atua√ß√£o animadora contra um rival de divis√£o, Brissett parecia mais pr√≥ximo de ser uma solu√ß√£o a m√©dio prazo para os Colts. Tamb√©m n√£o podemos negar que, estatisticamente, Jacoby tem se provado um QB Top 20 da Liga, como dito por Reich e Ballard assim que ele assumiu a condi√ß√£o de titular. Entretanto, a atua√ß√£o mais recente novamente mostrou que, apesar de estar entregando o que o time esperava, ele provavelmente n√£o √© a solu√ß√£o para a posi√ß√£o de QB. Naturalmente, as avalia√ß√Ķes do QB precisar√£o ser feitas ao fim da temporada, uma vez que com a aposentadoria de Luck deu pouco tempo para o time pensar em outra op√ß√£o que n√£o fosse o reserva imediato da posi√ß√£o.

 

Rock Ya-Sin, bem-vindo à NFL

Sabemos que a posi√ß√£o de cornerback √© uma das mais dif√≠ceis de adaptar quando o jogador sai do College para a NFL, mas o desempenho de Ya-Sin neste domingo foi muito abaixo. Com Pierre Desir fora do jogo e Quincy Wilson cada vez com menos espa√ßo, Rock assumiu mais responsabilidades nesta partida. O jovem cometeu cinco faltas, al√©m de ceder tr√™s longas recep√ß√Ķes para o WR Courtland Sutton. Foi uma tarde para se esquecer para o calouro, mas ningu√©m √© prospecto de segunda rodada se n√£o mostrou ao menos algo interessante no College.

 

Faltas, faltas e mais faltas

Os Colts eram um dos times mais disciplinados da Liga com apenas 33 faltas cometidas. Sa√≠ram de campo com gritantes 10 infra√ß√Ķes, metade delas cometidas por Rock Ya-Sin como comentado acima. √Č √≥bvio que √© dif√≠cil manter-se regular e sem cometer faltas um jogo inteiro, mas os Colts exageraram na dose nesta vit√≥ria. Por vezes o time parecia os Texans do confronto da semana anterior, entregando boas posi√ß√Ķes de campo ao advers√°rio.

 

Adam Vinatieri (de novo)
51 jardas para a vitória.

Adam Vinatieri merece um t√≥pico √† parte. Na Semana 1 os Colts perderam para os Chargers por seis pontos. N√£o fossem os erros do kicker Indianapolis fatalmente venceria o jogo. Na Semana 2 novos erros, mas os Colts conseguiram vencer. Ap√≥s um m√™s sem comprometer, Vinatieri promoveu uma montanha-russa de emo√ß√Ķes contra os Broncos. No primeiro drive da partida Zach Pascal teve um bom retorno de kickoff deixando o time em excelente posi√ß√£o de campo. O drive permitiu aos Colts chutarem um FG de 41 jardas, Vinatieri entrou e n√£o converteu a tentativa de tr√™s pontos. No √ļltimo drive do 1¬ļ tempo novamente os Colts caminharam bem, mas dependeriam de um chute de 55 jardas para diminuir a vantagem de 6 dos Broncos. Quando ach√°vamos que ele erraria mais um, Vinny mandou uma bomba certeira para marcar os primeiros pontos do time no jogo.

Na volta do intervalo Denver ampliou a vantagem com o touchdown de Royce Freeman, mas logo ap√≥s Vinatieri entrou em campo para deixar o placar 13×6. Ap√≥s o √ļnico touchdown dos Colts no jogo, por√©m, o kicker errou o chute mais simples do jogo, de 33 jardas. Na campanha decisiva os Colts chegaram em boa posi√ß√£o de campo para o field goal. Eram 51 jardas, chute dif√≠cil, mas nada que Vinatieri n√£o tenha enfrentado ao longo da carreira. E com o 29¬ļ chute para ganhar um jogo o kicker mostrou porque √© considerado por muitos o maior da hist√≥ria na posi√ß√£o. Vit√≥ria por 15×13 na partida de n¬ļ 200 com o Indianapolis Colts em uma tarde de altas emo√ß√Ķes para o jogador e torcida.

 

PR√ďXIMO CONFRONTO

No próximo domingo às 15h (devido ao fim do horário de verão americano) o Indianapolis Colts viajará até o Heinz Field para enfrentar os Steelers. A partida terá transmissão da ESPN 2 para o Brasil, além do NFL Game Pass. Freguês histórico da franquia de Pittsburgh (6-24 no geral, 0-5 nos playoffs) os Colts de Frank Reich e companhia tentarão quebrar o tabu de 11 temporadas sem vencer o rival.

Apesar da temporada abaixo do esperado dos Steelers, muito pela aus√™ncia de Ben Roethlisberger, jogar no Heinz Field √© sempre complicado. O time possui bons talentos principalmente no lado defensivo da bola. Al√©m disso a OL √© a melhor em termos de sacks cedidos, com apenas cinco. Tendo JuJu Smith-Schuster como principal jogador do ataque √© importante que Pierre Desir esteja saud√°vel para o duelo entre os times. √Č um desafio e tanto para os Colts principalmente por ser fora de casa. Com a melhora da defesa podemos confiar em boas atua√ß√Ķes no domingo e torcer para que nosso ataque entregue mais daquilo que foi visto contra os Texans na Semana 7. GO COLTS!!! (5-2)


Para ver os melhores momentos, mais estat√≠sticas e n√ļmeros do jogo, acesse o Game Center da NFL.

Assine o Feed do Colts Brasil para não perder nenhum episódio! https://fumblenanet.com.br/feed/coltsbrasil

Siga-nos no Instagram! https://www.instagram.com/podcastcoltsbr/

E no Twitter: as notícias e cornetadas no @potrosbr, @horseshoeBR, @CarolVago12 e @pj1992.

Todos os conte√ļdos publicados neste site s√£o de responsabilidade de seus autores e n√£o necessariamente refletem as opini√Ķes e posicionamentos da FN Network.

Deixe um coment√°rio

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

NOT√ćCIAS RELACIONADAS

COLTSBRASIL_large
Colts Brasil Podcast 138 РVergonha na Flórida
gyvtetc7xwwzdnco2rxm
O Indianapolis Colts e a cultura do conformismo
COLTSBRASIL_large
Colts Brasil Podcast 137 – MVP despacha New England
COLTSBRASIL_large
Colts Brasil Podcast 136 – √Č playoff em Indianapolis!
COLTSBRASIL_large
Colts Brasil Podcast 135 – Cinco vezes Jonathan Taylor
COLTSBRASIL_large
Colts Brasil Podcast 134 – Sete confrontos para o fim
COLTSBRASIL_large
Colts Brasil Podcast 133 РEsperança em Indianapolis
COLTSBRASIL_large
Colts Brasil Podcast 132 – Colts 27-17 Dolphins
COLTSBRASIL_large
Colts Brasil Podcast 131 ‚Äď Colts 0-3