Faltando 13 dias para o kickoff da temporada 2020 da NFL, alguns jogadores ainda estão sem contrato. Por diferentes motivos, as opções contam com atletas liberados por problemas de comportamento, por estarem voltando de lesão e jogadores que decidiram não renovar o vínculo com a antiga equipe. Sendo assim, confira abaixo alguns dos melhores free agents da NFL disponíveis no mercado até o momento:

Jadeveon Clowney

Alika Jenner /Getty Images

O edge rusher que atuou em 2019 pelo Seattle Seahawks recusou algumas ofertas de contrato durante essa offseason. Segundo Adam Schefter, insider da ESPN americana, o Cleveland Browns ofereceu uma grande quantia de dinheiro para ter o defensor neste ano. No entanto, Clowney recusou.

A esse ponto, fica difícil saber qual equipe poderá contar com ele para a temporada de 2020 e muito menos se o jogador atuará pela primeira rodada por alguma franquia. Segundo Tony Pauline, do Pro Football Network, o Ravens pode ser o destino do atleta.

Hoje, Baltimore conta com pouco mais de 16 milhões de dólares de salary cap e Clowney já deixou claro que não aceitaria menos de 17 milhões. Além disso, vale destacar que recentemente a franquia liberou o safety Earl Thomas.

Além dos Ravens, fontes apontam que outras três equipes se interessam pelo jogador: Cleveland Browns, Tennessee Titans e Seattle Seahawks.

Tony Jefferson

Depois de sofrer uma lesão no ano passado, o safety Tony Jefferson está recuperado e, em entrevista à Josina Anderson, falou que deve visitar equipes em uma ou duas semanas. O atleta foi cortado pelos Ravens em fevereiro, após Chuck Clark dar conta do recado com a ausência de Jefferson e receber uma extensão de contrato.

De acordo com Adam Shefter, os Browns teriam se interessado pelo jogador. Entretanto, Jefferson já disse que não pretende jogar por outra equipe da AFC North que não sejam os Ravens e respondeu um tweet sobre ele jogar em Cleveland:

As dúvidas ficam sobre sua condição após tanto tempo sem jogar. O jogador, por sua vez, se diz confiante e pronto para voltar a ser um dos pilares de alguma defesa da NFL.

Earl Thomas

Um dos free agents da NFL mais problemáticos da liga, Earl Thomas foi dispensado pelos Ravens após episódios envolvendo problemas comportamentais e, com isso, o safety ficou livre no mercado. Com a ação, os Ravens optaram por perder e jogador e ficar com 25 milhões de dead cap. A escolha nos faz refletir até que ponto Thomas é uma adição interessante.

Nick Wass / AP

Claro que, falando de futebol americano, ele traz uma melhora para qualquer defesa. Mas, é necessário que o jogador também mude a mentalidade para que a aquisição dele se torne um bom negócio. Pensando nisso, algumas equipes já demonstraram interesse na aquisição do defensor.

De acordo com Ian Rapoport, da NFL Newtwork, São Francisco 49ers, Houston Texans e Dallas Cowboys seriam franquias de olho no jogador. Porém, o dono dos Cowboys, Jerry Jones negou que estaria interessado e respondeu que o repórter “não faz ideia do que está falando”.

Até o momento, não há nenhum indício claro do futuro de Thomas que, caso consiga um contrato para 2020, provavelmente terá que respeitar algumas cláusulas específicas.

Logan Ryan

Logan Ryan já demonstrou seu interesse em jogar como safety em 2020, o que o torna mais um dessa posição na lista. Cornerback do Tennessee Titans em 2019, Ryan não renovou o contrato com a equipe e está livre no mercado desde maio.

Segundo Ian Rapoport, o agente de Logan enviou, no início de agosto, um e-mail com os números comparativos do atleta com outros principais safeties da liga, mostrando que ele pode atuar na posição – e bem. Além disso, o jogador pode adicionar versatilidade à nova defesa em que for atuar.

DEIXE UMA RESPOSTA