O dom da amizade no Beisebol

Certa feita, comentei sobre a rela√ß√£o entre o Beisebol e minha obra liter√°ria favorita, O Senhor dos An√©is. Sempre me conquistou o fato do Legendarium de J.R.R Tolkien n√£o ser uma saga sobre um poderoso her√≥i, ou v√°rios deles. Aos que conhecem, sabem muito bem que a hist√≥ria de Senhor dos An√©is √©, como define o Tolkien: “Como at√© mesmo a menor das criaturas pode mudar o rumo do mundo e o destino de todos”.

O beisebol é conhecido por ser, talvez, o mais coletivo entre os esportes coletivos. Não se trata de ter o melhor dos jogadores Рvejam o exemplo dos Angels com o Mike Trout Рmas sim, o melhor conjunto. Podemos citar sem ir muito longe, equipes que foram campeãs de World Series e passavam longe de ser o melhor time, por mais que houvesse muito talento neles.

Aqui tenho que agradecer a algumas pessoas que me levaram a esse esporte maravilhoso. Dentre elas, Lucas Rossini me disse uma vez: “N√£o adianta rebater todas as bolas se ningu√©m te impulsiona depois”. Pois bem, lembra l√° quando eu falei sobre n√£o existir um protagonista, mas v√°rios deles? √Č sobre isso que eu me refiro e posso muito bem citar Tolkien novamente, pois realmente “encontra-se coragem em locais improv√°veis”.¬†Juan Soto batendo um Home Run contra Clayton Kershaw em pleno Dodger Stadium, Tampa Bay Rays vencendo Yankees e Astros para avan√ßar at√© as finais da MLB, Los Angeles Angels batendo o Giants de Barry Bonds na World Series – e essa lista pode ser alongada por par√°grafos e par√°grafos.

Oct 17, 2020; San Diego, California, USA; Tampa Bay Rays first baseman Ji-Man Choi (26) and the Rays celebrate the victory against the Houston Astros in game seven of the 2020 ALCS at Petco Park. Mandatory Credit: Robert Hanashiro-USA TODAY Sports

Voc√™ pode estar se perguntando onde eu quero chegar com tudo isso. Bem, eu acredito que a amizade se torna mais forte naquele momento agudo, com uma cat√°strofe iminente a caminho – mas n√£o realizada – quando tudo est√° praticamente perdido. Quando seu time perde por muito na parte baixa da nona entrada, quando seu closer lota as bases em uma situa√ß√£o de save… Ou quando seu amigo luta contra a vida em um leito de UTI. As vezes, quando n√£o existe quase nenhum sinal de esperan√ßa, mas voc√™ continua por amor aos seus amigos e por uma causa em comum, vencer. Por muitas vezes vivi momentos de vit√≥rias hist√≥ricas e inesquec√≠veis. Quando tudo parecia estar pedido, aquela rebatida que muda o rumo da partida sai do est√°dio, queimando a todos com entusiasmo e esperan√ßa de uma reviravolta.

Hoje eu posso dizer que o Beisebol me deu alegrias, tristezas, amigos e alguns irmãos. Posso citar várias pessoas, mas seria injusto o fato de esquecer um. Posso falar de Victor Salviano (SD Padres Brasil) e Henrique Gonçalves (Gigantes do Beisebol), que são duas das pessoas que eu mais amo nessa comunidade. Junto a eles, Augusto Edinger (Yankees Brasil), que talvez seja o amigo mais próximo que fiz no Beisebol.

Todos sabem da luta que o Guto travou para continuar vivendo, de como foi guerreiro e jamais desistiu. De todas as not√≠cias, a de que talvez dever√≠amos esperar o pior foi a que certamente mais me pegou – talvez a todos n√≥s. Novamente trago o Tolkien quando digo “Nunca houve muita esperan√ßa. Apenas a esperan√ßa de um tolo”.

Se passou um m√™s de lutas incessantes para continuar vivendo; como aqueles her√≥is dos livros e filmes, ele lutou at√© o fim. “N√£o t√° morto quem peleia”, diriam seus conterr√Ęneos de Rio Grande do Sul. Hoje, sua melhora √© algo evidente e todos n√≥s j√° o esperamos em casa o mais breve poss√≠vel.

Mas no final √© s√≥ uma coisa passageira, toda essa sombra. Mesmo a pior das escurid√Ķes passa. J√° ouvi uma vez que quanto mais escura √© a noite, mais brilhante s√£o as estrelas. Me disseram tamb√©m que √© desonesto dizer adeus quando a estrada escurece. Ent√£o meu amigo, estarei aqui esperando por voc√™.

A todos os amigos que esse esporte me deu: O que o Beisebol uniu, ninguém é capaz de separar.

A todos que ainda n√£o acompanham: Saiba que n√£o precisa conhecer todas aquelas regras complicadas para entender o Beisebol. Assistir √© muito divertido e compartilhar as emo√ß√Ķes com seus amigos, ainda mais. Voc√™s e seus amigos viver√£o hist√≥rias √©picas. Ir√£o criar piadas idiotas, das quais ainda achar√£o gra√ßa anos depois. Caso nenhum dos seus amigos se interesse em acompanhar, n√£o tem problema. Se voc√™ assistir por tempo suficiente com algu√©m, √© bem prov√°vel que voc√™s acabem se tornando grandes amigos. Esse √© um efeito colateral do jogo.

Todos os conte√ļdos publicados neste site s√£o de responsabilidade de seus autores e n√£o necessariamente refletem as opini√Ķes e posicionamentos da FN Network.

Deixe um coment√°rio

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

NOT√ćCIAS RELACIONADAS

7C6E7F04-FA44-48AB-8394-F5D89EAAB29A
Gigantes do Beisebol #044 – A Offseason do quase e o elenco para 2023
1200x0
Joc Pederson renova com os Giants por mais uma temporada
FA48C7BC-EC2D-4BBC-8826-40F5510742F0
Gigantes do Beisebol #043 РO ano fantástico de Carlos Ródon
867FC856-4625-4A10-BC27-212461FB3E49
Gigantes do Beisebol #042 – Belt fora da temporada e mais decep√ß√Ķes
IMG_8098
Gigantes do Beisebol #041 – Giants, o time do 50%
6257B457-5392-4F30-A39A-0C371E866F07
Gigantes do Beisebol #040 РNós voltamos e o bastão do Joey Bart também
FE37DCBD-5DD8-48FB-8B04-D40C5B474447
Gigantes do Beisebol #039 РEstatísticas que Justificam as Nossas Queixas!
unnamed
Gigantes do Beisebol #038 РSequência de Derrotas Encerradas Após o Buster Posey Day!
Cópia de SFG-br (2)
Gigantes do Beisebol Episódio 37 РFim da Primeira Road Trip da Temporada