Em uma série econômica nos pontos, o texto também será econômico. Os embates contra o Philadelphia Phillies não foram fáceis, muito pelo contrário. Foi um triunfo suado, mas no fim o San Diego Padres empilhou mais uma série em sua corrida rumo a pós-temporada. Ainda sem Tatis em campo e temporariamente sem Bob Melvin no banco, os café e ouro se desdobraram para bater fora de casa um adversário complicado. Se hoje os Phillies estão com retrospecto negativo (18-20), é muito difícil que terminem assim a temporada regular.

Game 1 – San Diego Padres 3, Philadelphia Phillies 0

No primeiro jogo da série, Clevinger comandou a defesa. Atuando por cinco entradas completas, sem cometer erros ou ceder walks. Eliminou cinco, dos 17 oponentes por strikeout e cedeu uma única rebatida. Uma atuação de gala do nosso arremessador das tranças douradas. MacKenzie “angry” Gore atuou por três entradas completas e encontrou um pouco mais de dificuldade. Cedeu três rebatidas contra doze adversários, mas contou com a ajuda da defesa, enquanto eliminou no braço quatro adversários por strikeout. Por fim, Rogers completou o serviço, atuando por uma entrada, cedendo uma rebatida e obtendo um strike out. Se Clevinho não economizou na defesa, o ataque foi cirúrgico. Obteve apenas oito rebatidas e dois walks o jogo inteiro, mas soube capitalizar as poucas chances que teve de pontuar. Myers, por duas vezes e Canó completaram o diamante e colocaram corridas no placar. No bastão, Canó foi o destaque, com duas rebatidas em quatro oportunidades. Os Padres atuaram e venceram com o seguinte lineup: Cronenworth (2B), Kim (SS), Machado (3B), Hosmer (1B), Profar (LF), Myers (RF), Canó (DH), Nola (C) e Grisham (CF).

Game 2 – San Diego Padres 0, Philadelphia Phillies 3

Na volta de Blake Snell ao montinho, o troco dos Phillies veio na mesma moeda do jogo anterior. Snell atuou por apenas três entradas e duas eliminações, cedendo três walks e três corridas. Atuou contra 17 rebatedores, eliminando deles cinco por strikeout. Saiu para a entrada de Stammen, que apagou um pequeno incêndio e fechou a quarta entrada sem maiores prejuízos. Então um perfeito Nick Martinez assumiu o montinho na quinta entrada e ficou até o final do jogo. Enfrentou catorze oponentes, sem ceder rebatidas ou walks. Também eliminou seis deles por strikeout. Pena que o ataque não o ajudou. Rebateu apenas quatro vezes no jogo e não conquistou nenhum walk. O único que merece alguma menção é Cronenworth, com uma rebatida dupla. Kim, Machado e Profar também colocaram a bolinha em jogo, mas foi só. Os Padres atuaram e perderam com o seguinte lineup: Cronenworth (2B), Kim (SS), Machado (3B), Hosmer (1B), Voit (DH), Myers (RF), Profar (LF), Alfaro (C) e Grisham (CF), que caiu para o último lugar na lista dos rebatedores.

Game 3 – San Diego Padres 2, Philadelphia Phillies 0

O jogo foi decidido na quarta entrada, com corridas de Profar e Myers. Aliás, a trajetória do camisa 5 até o homeplate merece uma menção especial. Primeiro por que escapou ileso da rebatida de Canó, no melhor estilo Matrix, conseguindo alcançar a terceira base. Depois contou com o impulsionamento de Kim para roubar o homeplate no limite do tempo, marcando a segunda corrida do jogo. Na defesa, Darvish foi fenomenal. Comeu sete entradas no montinho, sem cometer erros ou ceder walks. Permitiu seis rebatidas, sem maiores consequências. E eliminou cinco, dos 26 rebatedores que enfrentou por strikeout. Garcia entrou mal no jogo e acelerou a entrada de Rogers ainda na oitava entrada. O fechador foi perfeito mais uma vez, eliminando dois rebatedores por strikeout. Mas não faltou emoção na nona entrada, quando os Phillies estiveram perto de empatar. Fomos salvos por uma providencial ajuda do umpire, que chamou strike para uma bola que digitalmente passou fora da zona. Mas, segundo o IBGE, a bola estava dentro da margem de erro e os Padres venceram atuando com o seguinte lineup: Grisham (CF), Machado (3B), Hosmer (1B), Profar (LF), Myers (RF), Canó (depois Alcantara, 2B), Voit (DH), Kim (SS) e Nola (C).

Próximas séries

As equipes voltam a se enfrentar em junho, para uma série de quatro jogos em San Diego. As disputas ocorrem entre os dias 23 e 26. Na próxima série os Padres seguem para San Francisco, quando encaram os Giants numa melhor de três jogos entre hoje (20) e domingo (22). Mais do que a segunda colocação na Liga Nacional Oeste, em jogo está a afirmação dos café e ouro como uma das surpresas positivas desta temporada (24 vitórias e 14 derrotas).

Autor: Henrique Porto

DEIXE UMA RESPOSTA