NFL100 – Bill Walsh inventa a West Coast Offense

Faltam 33 dias para a 100ª temporada da NFL e hoje relembramos mais uma grande história da liga: a inovação de Bill Walsh! Acesse fumblenanet.com.br/nfl100 para conferir outras histórias épicas!

O futebol americano, sendo um “primo” do rugby, deu grande destaque ao jogo corrido em seu início. E, por muitos anos, a tônica permaneceu a mesma. John Heisman – sim, o do prêmio Heisman – foi o responsável por legalizar o passe. Nomes como Otto Graham, Bart Starr e Johnny Unitas colaboraram para a transição de foco, do corrido ao aéreo. Nos anos 70 e 80, no entanto, as opções eram basicamente jogo corrido ou passes médios e longos. Aí entra em cena Bill Walsh.

Primeiro coordenador ofensivo de Paul Brown no Bengals, Walsh tinha como quarterback Virgil Carter. Apesar de preciso, ele não tinha muito tempo para seus lançamentos. Percebendo a situação, o Hall of Famer desenvolveu um sistema baseado em precisão e timing. Utilizando passes curtos, inclusive para running backs, Walsh driblava as blitzes dos oponentes. Ao invés de passes para 20, 30 jardas, eram as slants que predominavam nos ataques de Walsh.

Anos mais tarde ele pôde contar com Joe Montana no San Francisco 49ers. Com o sistema mais bem elaborado e um dos maiores quarterbacks da liga o sucesso era questão de tempo. Já em 81, o primeiro com Montana de titular durante toda a temporada, glória. Primeiro anel de Super Bowl da franquia, com direito a um dos momentos mais memoráveis dos 100 anos da liga. “The Catch” de Dwight Clark derrotando o todo-poderoso Cowboys na final da NFC.

Em 1988, após vencer seu terceiro Super Bowl, Walsh anunciou sua aposentadoria. Mas sua influência não se resume ao período em atividade. Seu estilo inovador e bem-sucedido inspirou inúmeros outros head coaches e se faz presente até os dias atuais. Dentre os vencedores de Super Bowl temos Mike Shanahan, John Harbaugh e Mike McCarthy como exemplo. Além desses, três dos ataques mais respeitados usam conceitos da West Coast Offense. Chiefs de Andy Reid, Rams de Sean McVay e 49ers de Kyle Shanahan.

Todos os conteúdos publicados neste site são de responsabilidade de seus autores e não necessariamente refletem as opiniões e posicionamentos da FN Network.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

NOTÍCIAS RELACIONADAS

nfl100 (1)
NFL100 – 1958 NFL Championship Game
nfl100 (2)
NFL100 – A virada de Andrew Luck sobre os Chiefs
Wide Right
NFL100 – Wide Right
nfl100
NFL100 – Malcolm Butler salva New England no Super Bowl XLIX
nfl100 (2)
NFL100 – The Drive
nfl100 (1)
NFL100 РA reden̤̣o do MVP Kurt Warner
Gary Anderson
NFL100 – Gary Anderson erra o field goal na final da NFC de 1998
nfl100
NFL100 – A perda de Marquise Goodwin