NFL: qual o melhor time para a temporada de 2020?

Passados os per√≠odos de Free Agency¬†e Draft¬†e faltando pouco menos de 100 dias para o Kickoff (se tudo ocorrer bem),¬†j√° √© poss√≠vel fazer algumas previs√Ķes e proje√ß√Ķes para a temporada de 2020 da NFL. Nesse sentido, falarei nesse artigo sobre qual time eu acredito que chega mais forte para a nova temporada (claro que ainda pode haver les√Ķes e mudar essa previs√£o), trazendo argumentos e dados para defender a tese. Ent√£o, sem mais delongas, vamos √† resposta da pergunta central.

Baltimore Ravens

Reprodução: Twitter @Ravens

O Ravens vem de uma temporada regular impressionante em 2019, com uma campanha de 14-2 (melhor record da liga). Porém, mesmo chegando badalado e cotado como talvez o grande favorito da AFC ao Super Bowl, ficou pelo caminho nos Playoffs diante do Tennessee Titans; com uma atuação bem abaixo do que vinha apresentando, em jogo que aconteceu em Baltimore. O time sofreu muito para parar a corrida naquela partida e viu deficiências na linha defensiva e corpo de Linebackers serem expostas.

Dessa forma, mesmo alcan√ßando a melhor campanha da NFL na √ļltima temporada; ficou expl√≠cito que Baltimore precisava ainda de refor√ßos pontuais, e o fez. Al√©m de bons nomes trazidos via Free Agency,¬†os Ravens fizeram, para muitos analistas, um dos melhores Drafts¬†da NFL. Para n√£o passar batido, vou destacar os principais movimentos da franquia nesses dois per√≠odos:

Free Agency da equipe

Aqui, Baltimore conseguiu muito provavelmente a maior barganha desse per√≠odo: trocou uma escolha de 5¬į rodada do Draft pelo EDGE, Calais Campbell. Por mais que j√° seja um jogador veterano, o Defensive End¬†chega do Jacksonville Jaguars com o status de ainda um dos melhores apressadores de passe da liga. Campbell, que ter√° um contrato de 2 anos no valor de $25 milh√Ķes com os Ravens; refor√ßar√° muito bem a linha defensiva de Baltimore, subindo o n√≠vel do pass rush e¬†trazendo apoio contra o jogo terrestre.

Al√©m dessa troca, Baltimore fez outras movimenta√ß√Ķes interessantes, como a contrata√ß√£o do Inside Defensive Lineman¬†no mercado de Free Agents,¬†Derek Wolfe, ex-broncos; e tamb√©m a aplica√ß√£o da Franchise Tag¬†no EDGE, Matt Judon, que teve 9.5 sacks na √ļltima temporada pela franquia da Maryland e que seria Free Agent¬†em 2020.

Draft da equipe

No recrutamento, al√©m de refor√ßar posi√ß√Ķes carentes, os Ravens conseguiram √≥timos valores. Diante disso, na 1¬į rodada, Baltimore selecionou com a 28¬į escolha geral o bem cotado Linebacker da universidade de LSU, Patrick Queen; o qual, juntamente com a escolha de 3¬į rodada Malik Harrison, chega para refor√ßar o setor mais fr√°gil da equipe na temporada passada. Ainda na defesa, a franquia draftou na 3¬į rodada o extremamente atl√©tico jogador de linha defensiva da universidade de Texas A&M, Justin Madubuike.

J√° no lado ofensivo da bola, Baltimore se preocupou em selecionar na 2¬į rodada um jogador que pode contribuir para que o jogo terrestre da equipe continue sendo um dos melhores da liga √† longo prazo: JK Dobbins, Running Back¬†vindo da Ohio State. Mesmo n√£o sendo uma posi√ß√£o carente, os Ravens viram no jogador um √≥timo valor que promete ser capaz de contribuir por muitos anos em um esquema muito focado no ataque terrestre e, tamb√©m, que pode ser uma arma interessante no jogo a√©reo.

Além disso, a franquia também trouxe para o ataque dois novos alvos para Lamar Jackson: Devin Duvernay, WR da universidade do Texas (slot receiver que teve uma excelente produção universitária); e James Proche, WR de SMU.

Por fim, pensando na prote√ß√£o ao MVP da temporada de 2019, Baltimore selecionou na 3¬į rodada o Offensive Tackle da universidade de Mississipi State, Tyre Phillips; e na 4¬į rodada o, quem sabe, substituto do aposentado Marshall Yanda, Ben Bredeson, Guard vindo de Michigan.

Visto as movimenta√ß√Ķes da franquia nos per√≠odos de Free Agency e Draft, hora de falar sobre o que a franquia leva de produtivo e como li√ß√£o do √ļltimo ano para a temporada de 2020.

Os Ravens de 2019

Reprodução: Twitter @Ravens

– O ataque:

Para uma equipe atingir a melhor campanha da NFL, √© preciso que um conjunto de fatores esteja funcionando em completa harmonia, e foi exatamente o que aconteceu com Baltimore na √ļltima temporada. Come√ßando com o treinador, John Harbaugh, o qual entendendo os pontos fortes do jogo de seu Quarterback,¬†montou um esquema extremamente eficiente que tirava de seu jogador o que tinha de melhor.

Diante disso, Harbaugh, conhecendo a mobilidade absurda de Lamar Jackson e as ameaças que ele poderia trazer com as pernas, usou e abusou de chamadas de read option e run pass option durante a temporada. Assim, juntando isso com os excelente trabalhos de bloqueios não só da linha ofensiva; mas também dos Tight Ends e Wide Receivers, e com bom trabalho dos Running Backs; o resultado foi o melhor ataque terrestre da liga e um time que controlava o relógio das partidas.

Falando do MVP de 2019, Lamar Jackson, seria repetitivo comentar sobre sua brilhante temporada correndo com a bola e como que suas corridas (desenhadas ou n√£o) ou apenas as amea√ßas de faz√™-las, destru√≠ram diversas defesas durante o √ļltimo ano. Entretanto, o que quero destacar aqui √© uma coisa n√£o muito comentada: Lamar est√° em constante evolu√ß√£o como passador.

Isso porque, desde que foi selecionado de Louisville por Baltimore em 2018, o QB dos Ravens mostra uma evolu√ß√£o em rela√ß√£o ao que apresentava no college¬†como passador; tanto em sua mec√Ęnica de lan√ßamentos e leitura de jogadas, quanto at√© mesmo em sua presen√ßa de pocket.¬†Os seus n√ļmeros passando a bola na √ļltima temporada nos ajudam um pouco a entender essa evolu√ß√£o: 3127 jardas a√©reas; 36 TDs; 6 INTs e 66% de passes completos.

– A defesa:

A defesa dos Ravens tamb√©m foi acima da m√©dia em 2019. Contando com uma secund√°ria que encaixou muito bem com as chegadas de Earl Thomas e Marcus Peters; a defesa a√©rea que j√° tinha em Marlon Humphrey e Chuck Clark, foi uma das melhores da NFL na √ļltima temporada.

O pass rush,¬†al√©m de ser ajudado pelo √≥timo trabalho da secund√°ria, contou com chamadas criativas de blitz e stunts¬†para confundir os ataques advers√°rios e gerar uma “manufatura” de sacks (quantidade de sacks bem distribu√≠das entre os jogadores de defesa); algo que Bill Belichik gosta de implementar em New England.

No entanto, como j√° foi citado anteriormente no texto, o ponto fraco da equipe e que acabou, de certa forma, sendo primordial para a derrota nos playoffs, foi a defesa contra o jogo terrestre; atrelada principalmente a baixa quantidade de talento no grupo de Linebackers.

Al√©m de ceder 195 jardas terrestres para Derrick Henry na partida de p√≥s-temporada; os Ravens cederam 165 jardas e 3 TDs terrestres para Nick Chubb na derrota em casa para os Browns (uma das √ļnicas duas derrotas do time na √ļltima temporada regular).

Os Ravens entrando na temporada de 2020

Baltimore perdeu alguns jogadores importantes para a Free Agency: como o LB Patrick Onwuasor e o IDL Michael Pierce; os quais saíram após o fim de seus contratos. Porém, com certeza a perda mais sentida será a do aposentado IOL Marshall Yanda, não só pelo que ele representava para a equipe. Afinal, foram 13 anos defendendo a franquia, mas também pelo o que ele mostrava em campo. Yanda jogou em alto nível durante toda sua carreira em Maryland, e tem tudo para ser eleito NFL Hall of Famer.

Mas, como citado anteriormente, o Baltimore Ravens fez bons movimentos na Free Agency e teve uma das melhores classes do Draft 2020. Ou seja, supriu suas perdas (mesmo que no caso de Yanda o downgrade seja grande), reforçou suas carências e tornou setores que já eram talentosos ainda mais fortes.

Além disso, e talvez o mais importante, os Ravens mantiveram em grande parte a base do time que teve a melhor campanha da temporada passada. Ou seja, a esmagadora maioria dos jogadores considerados fundamentais para o elenco permaneceram para 2020; além claro, do treinador do ano em 2019, John Harbaugh e sua equipe técnica.

Por √ļltimo, se as defesas da NFL encontrarem maneiras de minimizar o impacto de Lamar Jackson correndo com a bola (para-lo √© impens√°vel); o QB dos Ravens, caso siga com o seu processo de evolu√ß√£o, ter√° condi√ß√Ķes de se sustentar mais como um passador e, consequentemente, preservar sua durabilidade.

Portanto, por essas e por outras, coloco o Baltimore Ravens como o melhor time da NFL entrando na temporada de 2020. Claro que ainda est√° cedo para fazer previs√Ķes definitivas. Afinal, ainda nem come√ßaram os training camps, que √© quando aparecem les√Ķes que podem mudar completamente as proje√ß√Ķes de um time. Por√©m, analisando o que temos em m√£os, √© dif√≠cil n√£o ficar empolgado com o que o Baltimore pode fazer √† curto, m√©dio e longo prazo.

Foto de destaque: Reprodução / Twitter @NFL

Todos os conte√ļdos publicados neste site s√£o de responsabilidade de seus autores e n√£o necessariamente refletem as opini√Ķes e posicionamentos da FN Network.

Deixe um coment√°rio

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

NOT√ćCIAS RELACIONADAS

vpn-para-esportes
Por que faz sentido usar VPN para assistir esportes?
recap-nfl-semana-8-2023
Zona Neutra Overtime: Recap Semana 8 NFL 2023
quarterback-1888142_1280
Guia do Jogo #3: Futebol Americano – Posi√ß√Ķes de Ataque
recap-nfl-semana-7
Zona Neutra Overtime: Recap Semana 7 NFL 2023
curiosidades-do-futebol-americano
Curiosidades do futebol americano: Tradi√ß√Ķes, recordes e muita hist√≥ria em uma das maiores ligas do mundo
previa-semana-5-nfl
Zona Neutra Overtime: Prévia da Semana 5 2023 da NFL
prévia semana 3 nfl 2023
Zona Neutra Overtime: Prévia da Semana 4 2023 da NFL
previa-semana-3-nfl-vikings-cbs
Zona Neutra Overtime: Prévia da Semana 3 2023 da NFL
guia-do-jogo-2 regras futebol americano
Guia do Jogo #2: Futebol Americano РRegras Básicas e Pontuação