Nas Asas do Falcão 001 – Atlanta Falcons vence Seattle Seahawks e conquista primeira vitória

Neste domingo (25/09), o Atlanta Falcons visitou o Seattle Seahawks no Lumen Field e venceu por 27 a 23, em duelo muito equilibrado entre os dois times. Abaixo vamos trazer alguns pontos interessantes observados no duelo.

  1. A linha ofensiva de Atlanta vem jogando muito nesse início de temporada, conseguindo abrir espaços para corridas e bom tempo de pocket para Mariota.
  2. Por falar em Mariota, o jogo contra Seattle provou que o nosso quarterback tem suas limitações, principalmente em um jogo que ele pode soltar mais o braço e avançar jardas na partida.
  3. Cordarrelle Patterson teve um grande jogo em jardas corridas. O runninb back dos Falcons mostrou que de fato é RB1 da franquia e não deve ceder lugar tão cedo no backfield. Outro ponto é que ele praticamente não tem atuado muito como recebedor.
  4. Kyle Pitts provou que sua verdadeira função é como recebedor, não bloqueando como nos últimos jogos. O nosso TE conseguiu 87 jardas em cinco recepções e só não aumentou o número por conta de algumas janelas ruins do nosso quarterback.
  5. Drake London fez um jogo sólido, passando de 50 jardas e anotando seu segundo touchdown na temporada. O calouro mostra aos poucos o motivo que levou a ser o primeiro nome no draft na posição.
  6. A defesa começa a ganhar sua identidade nessa temporada, mas ainda precisamos melhorar na pressão ao QB, mandando mais blitz ao invés de tentar pressionar com apenas 4 jogadores.
  7. Apesar do nosso grupo de LBs me agradar muito, nossa cobertura de passes pelo meio do campo é baixa. Geno Smith soube explorar muito bem isso e conseguiu bons avanços nos primeiros quartos por esse caminho.
  8. O jogo corrido adversário entrou de modo geral. Precisamos tentar conter essas situações nos próximos duelos, onde enfrentaremos times que conseguem usar muito o jogo corrido.
  9. AJ Terrell teve sua melhor atuação na temporada contra Metcalf com 3 passes desviados na marcação individual ao WR1 de Seattle, enquanto Heyward tomou um baile de Lockett.
  10. Richie Grant fechou o jogo com uma interceptação e continua a desenvolver sua evolução em seu segundo ano. Olho nele, pode ser um nome para resolver nossos problemas no fundo do campo.

Todos os conteúdos publicados neste site são de responsabilidade de seus autores e não necessariamente refletem as opiniões e posicionamentos da FN Network.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Capa Podcast (1)
Falcons Play Action #165 – Análise da Classe do Draft de 2024!
Capa Podcast
Falcons Play Action #164 – Salvando a Offseason do Atlanta Falcons!
Capa Podcast
Falcons Play Action #163 – Noticías da Offseason!
O curioso caso da QB room do Atlanta Falcons
O curioso caso do QB room do Atlanta Falcons
Capa Podcast (2)
Falcons Play Action #162 – Review do Draft de 2024!
Capa Podcast (1)
Falcons Play Action #161 – Mock Draft 3.0!
b5dc0042-db37-4f3c-99ba-aef04cd6e028
Matt Ryan anuncia aposentadoria
Capa Podcast
Falcons Play Action #160 – Mock Draft 2.0 e Draft dos Creators!
Capa Podcast (2)
Falcons Play Action #159 – Classe de RBs e QBs do Draft de 2024!