AP Photo/Ross D. Franklin

No início do mês, gerentes da Liga Americana de Beisebol apresentaram uma proposta diferente para a realização da temporada de 2020 da MLB; mesmo com a pandemia do coronavírus em curso pelo mundo. O plano seria realizar os jogos em uma “bolha” em Phoenix, com as partidas sendo realizadas sem torcida, no mesmo estádio, com normas de seguranças definidas; e em um período mais curto do que o normal.

No entanto, a proposta dividiu os jogadores e uma das grandes dúvidas é se os atletas teriam a possibilidade de levar suas famílias para o Arizona durante a realização do campeonato. Segundo fontes do site americano The Athletic, as negociações entre liga e atletas foram pausadas momentaneamente; mas a equipe médica da MLB segue fazendo estudos e investigando formas de fazer isso acontecer.

Sobre isto, Doug Ducey, governador do Arizona, alegou que teve reuniões com pessoas ligadas à MLB para discutir o assunto, e deixou claro que o estado se sente preparado para receber as partidas no momento que for preciso.

Temos as instalações aqui. Temos hospedagem aqui. Queremos garantir que as métricas e os dados sejam adequados antes que possamos avançar”, disse ele sobre a possibilidade.

Além disso, o governador afirmou que a realização dos jogos possa ser positivo para os Estados Unidos e para o estado do Arizona. Isso porque faria com que a população tivesse de volta o senso de que “tudo está normal”; mesmo durante momento delicado que o país e o mundo vivem.

Entretanto, há também a possibilidade de que os jogos da liga sejam divididos entre os estados do Arizona e da Flórida, com a “criação” de duas ligas independentes para a realização dos jogo; já que o estado da Flórida também demonstrou interesse em sediar partidas.

Os estudos ainda estão sendo feitos e a MLB não se pronunciou oficialmente sobre o futuro da temporada.

DEIXE UMA RESPOSTA