Continuando a série de jogos históricos da NFL, hoje falaremos de um dos últimos triunfos de Alex Smith enquanto jogador do San Francisco 49ers. No Divisional Round 2011, o San Francisco 49ers recebeu o New Orleans Saints no falecido Candlestick Park. O que ninguém sabia, é que a partida marcaria uma das maiores reviravoltas na história da NFL.

Retrospectos

Os 49ers surpreenderam em 2011. Após um 6-10 apático em 2010, conseguiram uma campanha de 13-3, contando com a contratação do Head Coach Jim Harbaugh (ex-Stanford), conquistando a Seed #2 da NFC. Já os Saints vinham de uma temporada de 11-5 em 2010 e derrota para os Seahawks nos Playoffs; posteriormente em 2011, a equipe de New Orleans teve uma melhora em seu histórico, conquistando a NFC South, mas ficando com a Seed #3.

O jogo

Foto: Thearon W. Henderson/Getty Images

Os Niners saíram na frente abrindo uma vantagem de 14×0, com dois passes para Touchdown de Alex Smith para Vernon Davis (49 jardas) e Michael Crabtree (4 jardas); além de uma interceptação quase retornada para Touchdown de Dashaun Goldson enquanto o jogo estava 7×0. No segundo quarto, os Saints conseguiram diminuir a vantagem dos Niners para 17×14; com dois passes para Touchdown de Drees Brews para Jimmy Graham (14 jardas) e Marques Colston (25 jardas).

O terceiro quarto foi pouco movimentado com apenas um field goal de 41 jardas de David Akers. Mas no quarto período, o que parecia ser um fim de jogo monótono com uma batalha de field goals para os dois lados, entrou para a história como um dos momentos com mais reviravolta de trama da história do futebol americano.

Os 4 últimos minutos

Foto: Getty Images

Com o placar em 23×17 para os Niners, os Saints estavam na linha de 44 jardas no campo de ataque, quando Brees achou Darren Sproles que fintou toda a defesa de San Francisco para virar o jogo em 24×17 faltando 4:02 no relógio. Diante disso, os 49ers começaram sua campanha na linha de 20 jardas; e após alguns avanços curtos e passes incompletos, Smith lança para Vernon Davis num passe de 37 jardas; colocando seu time na linha de 30 jardas do campo de ataque.

Além disso, faltando 2:18 no relógio, Alex Smith faz um bootleg para esquerda, Joe Staley mergulha para bloquear e abre caminho para o Touchdown corrido de Smith, deixando o placar em 29×24, com uma tentativa de dois pontos não sucedida. Logo após isso, faltando 1:48 no relógio Drew Brees solta o braço e encontra Jimmy Graham, que após um erro de marcação corre para um Touchdown de 66 jardas mudando o placar para 32×29, com uma conversão de dois pontos bem sucedida.

The Catch 3

Foto: Jed Jacobsohn/Getty Images

Faltando 37 segundos, Alex Smith encontra Vernon Davis mais uma vez, dessa vez para 47 jardas, colocando o time em campo de Field Goal. O que muitos consideravam que seria apenas um checkdown para chutar e empatar, Alex Smith inesperadamente lança para Vernon Davis num passe de 14 jardas. Davis então marca o Touchdown que sacramenta a vitória de San Francisco por 36×32, transformando a partida em um dos jogos mais históricos da NFL.

Veja os melhores momentos da partida.

 

DEIXE UMA RESPOSTA