Estamos com saudades e ainda não sabemos se a NBA volta para conclusão de sua temporada, mas enquanto isso podemos relembrar momentos marcantes da liga na nossa série de jogos históricos da NBA. Hoje, o dia em que o Cleveland Cavaliers finalmente venceu seu primeiro título e Lebron James cumpriu sua promessa de fazer o time campeão.

O filho pródigo

Phil Masturzo/Akron Beacon Journal

A narrativa desta história começa anos atrás, em 2010, quando o grande astro da cidade, Lebron James, se mudava para o Miami Heat. James saiu escorraçado da cidade, camisas queimadas por toda a parte e taxado como traidor, parecia o fim trágico de um relacionamento.

Entretanto, ao fim da temporada 2014 James anunciou que estava de volta a Cleveland, de volta para casa, em suas palavras. Em carta aberta ele não prometia, mas estava de volta para trazer o título da NBA para a cidade: “Eu não estou prometendo um título. Sei o quanto é difícil entregar isso… Será um processo longo, muito maior do que foi em 2010. Minha paciência será testada. Sei disso”.

Logo no primeiro ano do retorno o Cleveland chegou as finais, porém, com contusões que tiraram Irving e Love da disputa, a equipe não teve forças para bater o Warriors da dupla Curry/ Thompson. O título e a rendençao ficariam para depois.

Mais um revés?

No ano seguinte, tudo indicava que a torcida do Cavaliers sofreria mais uma grande decepção. Mais uma vez contra o Warriors, que haviam quebrado o recorde de vitórias em um temporada regular naquele ano (73), o time chegou a estar atrás no confronto por 3×1, vantagem que nunca havia sido revertida na história do NBA Finals.

A missão parecia impossível e quase ninguém mais confiava na virada, contudo, houve um fator de desequilíbrio, Lebron James. Nos jogos 5 e 6, ele liderou a equipe marcando 41 pontos em cada jogo para, mais uma vez, ter a chance de dar o primeiro título a franquia. Mas não seria fácil, o Cavaliers estavam enfrentando uma grande equipe e jogariam fora de casa o confronto decisivo, precisariam ser perfeitos.

O jogo

O jogo decisivo começou tenso, como esperado, com muitos erros dos dois lados. Curry não conseguia desenvolver seu jogo e Draymond Green vinha liderando os Warrios, pelo lado de Cleveland, James, mesmo sem estar sendo brilhante era o maior pontuador do time e junto com Kyrie Irving seguiam em busca do placar. No fim do primeiro tempo o GSW liderava por 7 pontos.

O terceiro quarto foi vencido pelo Cavs por 33-27, com grande atuação coletiva, tendo Irving como maior pontuador e James liderando em assistências. Além de ótima contribuição de Tristan Thompson e J.R Smith.

O último e decisivo quarto foi tão intenso como cheio de erros. A tensão era evidente, Cleveland queria sua primeira conquista, mas o Golden State não queria deixar o bi campeonato escapar, ainda mais em casa e depois de abrir uma vantagem de 3-1 na série.

Thearon W. Henderson / AFP

A virada épica

Faltando 4:39 para o fim da partida o placar marcava 89-89 e ficou assim até restarem apenas 53 segundos para o encerramento. Kyrie marcou de 3 pontos e deu a vantagem ao time, contudo, outro lance um pouco antes é que entraria para a história. Iguodala vinha livre em contra-ataque para recolocar o GSW a frente no placar quando Lebron James surgiu de “nenhum lugar” para dar um toco memorável e manter o jogo empatado.

No fim, vitória por 93-89, redenção completa para Lebron que teve médias de 29.7 pontos, 11.3 rebotes, 8.9 assistências, 2.3 bloqueios e 2.6 roubos de bola por jogo, além de se tornar apenas o terceiro jogador na história da liga a ter um triplo-duplo em um jogo sete das finais. Finalmente o “filho de Akron” realizava o sonho de ser campeão por Cleveland, com protagonismo e deixando definitivamente para trás a imagem de traidor para se tornar um herói.

Foto: Reuters

O Cleveland Cavaliers levantava seu primeiro troféu Larry O’Brien e a cidade via seu primeiro campeão das principais ligar americanas nos últimos 52 anos. Aproximadamente 1,3 milhões de pessoas foram as ruas para comemorar com os jogadores, para se ter ideia do tamanho da festa, a cidade de Cleveland tem cerca de 390 mil habitantes. Festa mais do que merecida e apropriada, já que presenciamos um título, uma série e um jogo que ficaram marcados na história da NBA.

Confira os melhores momentos desse jogo histórico da NBA abaixo.

DEIXE UMA RESPOSTA