A aposta dos Nets

James Harden e Nets é uma surpresa agradável que a NBA nos proporcionou.

Mais uma vez o time de Brooklyn vem apostando suas fichas em veteranos estrelas. Anos atrás, os grandes jogadores Kevin Garnett e Paul Pierce trocaram o Celtics pelos Nets. Com essa troca, a equipe de Boston recebeu três primeiras rodadas (além de Shengelia, Humprhies e Gerald Wallace).

Dessa vez, só pelo Harden, a equipe desembolsou três escolhas de primeira rodada, quatro opções de troca de escolha, Jarret Allen, Caris LeVert, além de outros jogadores.

Repetição do passado?

Que os Nets têm uma expectativa grande nessa temporada não é novidade para ninguém. A questão é que com um Big3 forte, o time de Brooklyn estava pensando alto, mas os três jogadores que vieram para compor, apesar de grandes jogadores, sempre necessitavam da bola na mão pra desenvolver seu jogo em seus ex-clubes.

Na troca citada anteriormente sobre os Celtics e Brooklyn, o time dos Nets acabou saindo muito na pior. Esse fato se dá graças ao limbo em que a equipe entrou. Essa mediocridade se deveu ao não funcionamento das novas estrelas em quadra e a não ter, por anos, escolhas de primeira rodada.

O novo Big 3

Kyrie, Durant e Harden era um trio que apesar do potencial, brincadeiras como a de que “o jogo teria que ser com três bolas ao mesmo tempo” eram sempre levantadas. O barba, principalmente, tinha o seu jogo tido como dúvida nesse esquema, pois ele sempre foi aquele jogador “que caça estatísticas” e era o principal jogador de Houston, até talvez antes ainda, em OKC.

Com o passado recente e todas as dúvidas encima da equipe, os Nets estão, para muitos, repetindo o mesmo erro: trocando jovens jogadores promissores e várias escolhas de draft. Aliás, o time vinha em uma crescente depois de muito tempo.

Mas, apesar do imaginado por muitos, a equipe vem bem ofensivamente, apesar de ter uma defesa muito vazada, e briga sendo um dos favoritos a ir aos playoffs.

O velho e o novo James Harden

Nos Rockets, ele chegou a ganhar o prêmio de MVP, bateu vários recordes e não parava de ter conquistas individuais. Ele era tido como um dos maiores e melhores scorers que já passaram pela liga.

Além disso, seu estilo de jogo era um dos mais completos no quesito pontuação (era bom em bandejas, arremessos longos (sendo os Fade Away´s sua principal arma), arremessos de media e curta distancia e sabia enterrar. Com tantas armas no ataque, é obvio que pra mostrar todas elas e marcar 40/50 pontos em várias e várias partidas, ter a bola em mão era essencial.

Mas, mesmo sendo esse grande jogador em Houston e de grandes partidas, ele nunca ganhou um anel de campeão da NBA, sempre parando nos playoffs. Muitos diziam que isso se devia ao fato de ter um time que não o ajudava tanto. Por outro lado, outros diziam que seu individualismo era o que atrapalhava seu caminho.

Kobe Bryant mesmo disse quando vivo “Eu não acho que esse estilo irá ganhar campeonatos”. Agora, nos Nets, parece que a aceitação de papel como um jogador mais secundário ocorreu, além de rodar mais a bola. Seus números, mesmo ainda elevadíssimos, não estão nem perto do que eram em seu antigo clube. Tal fato se deve a forma mais coletiva e mudança de seu pensamento de jogo.

O barba e seu futuro na liga

Em Brooklyn, Harden vêm fazendo grandes jogos e potencializando o jogo de seus companheiros em quadra. Kyrie e Durant aparecem durante as partidas como destaques principais. Com isso, as jogadas normalmente terminam com eles ou então estão passando por eles. Assim, parece que a vontade de finalmente ganhar um título superou sua vontade por estatísticas altas.

Harden tem 31 anos, sendo desde 2009 um jogador profissional na NBA. Com isso, ainda assim tem bastante tempo até uma possível aposentadoria. Isso será divertido de ver, seus próximos passos na liga e como tudo se dará.

Observar como a convivência com o time vai interferir na figura que é James Harden será interessante. Como possíveis adaptações ou como o barba vai seguir sua carreira serão incógnitas, ainda mais com os Nets apostando tudo nesse Big3.

DEIXE UMA RESPOSTA