O Draft da NFL de 2020 terá início nesta quinta-feira (23) às 21h (horário de Brasília) na ESPN Brasil. No entanto, este ano será feita de forma virtual, diretamente das casas dos general managers e head coaches, com o comissário Roger Goodell anunciando as escolhas de seu porão. Diante disso, Para finalizar a cobertura do Fumble na Net deste ano; nada mais justo do que um mock draft que envolveu toda a equipe da redação do FNN. Seguem abaixo nossas escolhas e justificativas.

JogadorDestinoJustificativa
#1 - Joe BurrowCincinnati Bengals A escolha número um deste Draft só está sendo colocada aqui por mera formalidade. Burrow é o melhor quarterback da classe deste ano e a escolha perfeita para uma equipe que busca se reestruturar às custas de um grande QB.
#2 - Chase Young Washington Redskins Com a segunda escolha geral, o Redskins deverá escolher Chase Young para reforçar a sua defesa. Além do talento absurdo de Young, o HC de Washington, Ron Rivera, tem uma mentalidade defensiva, o que, certamente fará com que a franquia traga o EDGE para o elenco.
#3 - Jeff OkudahDetroit LionsUma troca com Miami é o cenário ideal já que os Giants não selecionarão um CB e Okudah continuará disponível. Com a troca de Darius Slay, o casamento entre o melhor jogador disponível (possivelmente) e need, torna essa uma escolha bem previsível.
#4 - Isaiah SimmonsNew York GiantsPara um time com tantos buracos, não seria nada mau iniciar a defesa com o grande canivete suíço desse draft. Numa escolha de Isaiah Simmons, é de se imaginar que a comissão técnica de Joe Judge conseguiu vencer a batalha pela primeira escolha do mandato contra a paixão do GM Dave Gettleman por trincheiras.
#5 - Justin HerbertMiami DolphinsMiami vai buscar o seu futuro QB e a opção óbvia, meses atrás, seria Tua Tagovailoa. Mas as coisas mudaram, existem muitas dúvidas sobre a real condição de Tua.
Justin Herbert se mostra um ótimo prospecto, com pontos a evoluir assim como outros, mas que com certeza pode ser lapidado e utilizado. Enquanto apostar em Tua poderia significar desperdiçar uma escolha alta de primeira rodada e o Dolphins não pode correr esse risco.
#6 - Tua TagovailoaLos Angeles ChargersOs Chargers precisam ir atrás do seu Franchise QB, e com os Dolphins optando por Herbert na escolha de número 5, LA não hesita em escolher Tua Tagovailoa, de Alabama, que para muitos é o 2° QB da classe.
#7 - Derick BrownCarolina PanthersO Carolina Panthers precisa criar uma identidade na sua defesa e o jogador preciso para fazer isto pela franquia é Derick Brown: agressivo, inteligente e reativo. É o que se espera do Panthers, embora a fama de Marty Hurney não seja a das melhores em questão de deixar o torcedor esperar o óbvio.
#8 - Jedrick WillsArizona CardinalsWills é um dos melhores Offensive Tackles dessa classe (se não o melhor). Com um físico invejável; versatilidade e mobilidade que qualquer quarterback quer para lhe defender, ele supre uma necessidade imediata na linha ofensiva de Arizona.
#9 - CJ Henderson Jacksonville JaguarsOs Jaguars já não contam com aquela primorosa secundária de 2017, Henderson chega para ser um pontapé inicial na reformulação da defesa de Jacksonville. Existem diversas lacunas a serem preenchidas em questão de talento, após as saídas de Aj Bouye e Jalen Ramsey, os Jaguars precisam adicionar talento nesse carente setor do campo.
#10 - Tristan WirfsCleveland BrownsTalento é o que não falta nos Browns, a equipe conta com ótimos nomes no ataque. Wirfs chega para preencher uma lacuna que está vazia desde a aposentadoria de Joe Thomas. Se Baker quiser se firmar como o futuro dessa franquia, precisará de uma ajuda de sua linha para liderar os Browns.
#11 - Jerry JeudyNew York JetsOs Jets podem fazer muito com essa coisa, mas uma coisa é certa, eles precisam ajudar Sam Darnold da melhor maneira possível, e Jeudy faria exatamente isso.
Como o primeiro recebedor a ser escolhido, ele é o wide receiver mais completo no draft e consegue se dar bem em qualquer situação em que for jogado; e nesse caso não podemos negar que o sistema de Adam Gase necessita de uma pessoa desse tipo para que sua carreira não caia aos pedaços novamente.
#12 - CeeDee Lamb Las Vegas RaidersUma grande batalha pra decidir o selecionado. Certamente Jon Gruden prefere a velocidade de Henry Ruggs III, mas Mike Mayock quer voltar a ter o WR #1 que tentaram em 2019 com Antonio Brown, e CeeDee Lamb é perfeito para isso.
#13 - Henry Ruggs IIISan Francisco 49ersO melhor cenário aqui para São Francisco seria trocar para baixo, assim como eles tem tentado fazer nas últimas semanas; caso eles sejam forçados a escolher, nada melhor do que um dos prospectos mais enigmáticos do draft.
Ruggs tem habilidade, e muito talento ainda não explorado, mas ainda existem muitas incógnitas com o jogador; mas após ver o trabalho de Shanahan com Deebo Samuel e sua velocidade, se adicionarmos mais um jogador com velocidade ao esquema, pouco sabemos o que isso pode se tornar, mas podemos olhar para o par de Tyreek Hill e Mecole Hardman como exemplo do melhor resultado possível.
#14 - Andrew ThomasTampa Bay BuccaneersJá com um ótimo grupo de recebedores, Tampa precisa agora dar uma linha ofensiva capaz de dar tempo para Tom Brady lançar a bola. Com isso, os Bucs garantem talvez o melhor protetor ao passe da classe, Andrew Thomas, de Georgia
#15 - Jalen ReagorDenver BroncosDenver pode ainda não ter se convencido em Drew Lock como quarterback número um, e ainda é capaz de que eles acabem gerando uma competição saudável com algum quarterback no segundo ou terceiro dia; mas agora a prioridade é tornar esse ataque viável para todos os envolvidos. Reagor não teve o melhor combine do grupo de wide receivers no draft, mas na segunda parte do primeiro round ele se torna um dos melhores disponíveis, e ainda tem uma capacidade de fazer até Drew Lock parecer um mago se usado da maneira certa.
#16 - Javon KinlawAtlanta FalconsNesta altura do campeonato, conseguir selecionar Kinlaw para fortalecer sua linha defensiva é algo maravilhoso. Em Atlanta, Javon pode ser fundamental tanto no pass rush quanto na contenção de jogos terrestres.
#17 - K'Lavon ChaissonDallas CowboysByron Jones fará bastante falta e mesmo com a adição de Ha Ha Clinton-Dix as posições de safety e Cornerback podem ser consideradas needs mais imediatas, entretanto com CJ Henderson fora da board, Chaisson é o valor que mais agrada nessa posição, ao lado de Lawrence pode fazer muito estrago.
#18 - Josh JonesMiami DolphinsPrimeiro, Miami garantiu aquele que acredita que será o seu Franchise QB por muitos anos, agora se preocupa em dar armas para ele ter boas condições de render e desenvolver-se na NFL.Com esse intuito, Miami escolhe o bom e muito promissor OT de Houston, Josh Jones.
#19 - Kristian FultonLas Vegas RaidersMesmo com um investimento pesado na secundária no draft pesado, ainda falta um nome de peso para jogar ao lado de Trayvon Mullen e formar uma dupla com muito potencial para o futuro. Fulton é um prospecto muito inteligente e atlético, se não me meter em problemas no futuro, tem potencial para ser um grande jogador na Liga.
#20 - Trevon DiggsJacksonville JaguarsOs Jaguars conseguem trocar a maioria de suas escolhas e ainda sair ganhando; e na vigésima escolha, o ideal talvez fosse buscar uma ajuda para Minshew, mas os Jaguars chegaram a final da AFC com Blake Bortles, então é difícil pensar que Minshew não consiga se virar com D.J. Chark (que teve o melhor ano da carreira em 2019) e companhia.
O que falta para a renascença do time de elite dos Jaguars é o duo de cornerbacks de elite em Ramsey e Bouye, e com escolhas boas eles podem fazer o suficiente para suprir sua necessidade enquanto desenvolve o quarterback de Washington State. Diggs vem como mais um na linha de “jogadores de programas de elite que os Jaguars draftaram relativamente alto”, porém seu potencial continua como um jogador de primeira rodada.
# 21 - Justin Jefferson Philadelphia EaglesImaginar que Alshon Jeffery e DeSean Jackson serão eternos é loucura, então um especialista em recepções contestadas saindo do slot se torna uma bela opção nesta escolha.
#22 - Jeff GladneyMinnesota VikingsCom a saída de Xavier Rhodes, o grupo de CBs de Minnesota, que já vinha sendo frágil nas últimas temporadas, ficou ainda mais preocupante. Assim, os Vikings garantem um bom CB em Jeff Gladney, de TCU. Jogador de muito bom trabalho de pés e que se destaca ;/ na marcação mano a mano.
#23 - Mekhi BectonNew England PatriotsMekhi é um Tackle fenomenal, surpreendeu no combine ao correr as 40 jardas em apenas 5.1 segundos, mesmo medindo 2 metros e pesando 165 kilos.
Independente de quem será o QB do Patriots na temporada uma das partes que mais precisam de ajuste na equipe é a fraca linha ofensiva e com certeza Mekhi acrescenta muito. Uma escolha de top 10 ou 15 saindo na 23. Bom para o Patriots.
#24 - Jordan LoveNew Orleans SaintsLove foi muito bem há dois anos, mas regrediu com um time bem pior na temporada passada, caso esteja disponível nesta posição, New Orleans deve apostar no seu talento que é bem grande. Sean Payton recebe o seu QB do futuro.
#25 - Xavier McKinneyMinnesota VikingsAnthony Harris recebeu o franchise tag e apesar de sua ótima performance em 2019, os Vikings estão buscando trocá-lo, com McKinney disponível aqui, MIN ganha flexibilidade financeira em uma possível troca e repõe com um ótimo talento a posição de safety
#26 - Ezra ClevelandMiami DolphinsMiami precisa construir um ataque. Precisa de OL’s fortes e rápidos. Ezra Cleveland tem os pés rápidos e a força que os Dolphins estão buscando. Como run-blocker ele ainda tem o que melhorar, mas ainda assim é um reforço à altura do que a franquia busca nesse draft.

#27 - Cesar Ruiz Seattle SeahawksPor mais que eu confie que o recém-contratado BJ Finney e Justin Britt possam fazer um bom trabalho como center, é melhor ter um jogador que possa fazer um ótimo trabalho como center. Especialmente usando essa inteligência para abrir buracos pras tão chamadas corridas do ataque de Seattle.
#28 - Kenneth Murray Baltimore RavensSe Raiders, Saints e Jaguars deixarem o linebacker de Oklahoma passar, o Ravens vai atrás da “máquina de tackles” para reforçar o meio da defesa que é uma das maiores necessidades do time neste ano. Murray se movimenta rápido e é capaz de decidir o jogo com facilidade.
#29 - A.J. Epenesa Tennessee TitansO Titans apostou alto em Tannehill e sabe que precisa manter um alto nível em sua defesa para que essa aposta valha a pena.
E sem dúvida um dos melhores DE da classe é Epenesa, que tem incrível capacidade de pressionar os QB e conseguir sacks para perda de jardas. Estar disponível na rodada 29 foi um grande achado para o Titans.
#30 - Brandon AiyukGreen Bay PackersMudando um pouco as apostas dos anos anteriores em selecionar jogadores defensivos, com a trigésima escolha deste Draft e os principais nomes de defesa selecionados, Green Bay pode mudar seus rumos e optar por um recebedor extremamente rápido e versátil. Recebendo passes de Rodgers, Aiyuk pode ser extremamente beneficiado e também beneficiar os cabeças de queijo.
#31 - Neville GallimoreSan Francisco 49ersA perda de DeForest Buckner foi significativa para San Francisco, mesmo com uma DL com muita rotação e diversidade, falta um jogador com características parecidas do mesmo. Dono de uma grande explosão no first step, a melhor Linha Defensiva da NFL ganha um jogador que tem uma grande capacidade de causar um caos nas trincheiras.
#32 - Damon ArnetteKansas City ChiefsUma das principais falhas da equipe de Kansas é sem dúvida sua secundária. Arnette não é o melhor cornerback do draft mas com certeza é um ótimo atleta, veloz e com boa impulsão. Boa escolha para um fim de primeira rodada.

DEIXE UMA RESPOSTA