Draft 2019: An√°lise dos Wide Receivers

DRAFT 2019: AN√ĀLISE DOS WIDE RECEIVERS

Ol√°, pessoas! Chegando ao fim da temporada, as aten√ß√Ķes (dos que j√° foram eliminados, obviamente) v√£o se voltando cada vez mais para offseason e ao draft. Continuando a s√©rie sobre prospectos, falaremos hoje sobre a classe de WRs. Possivelmente, a mais talentosa ¬†que eu j√° vi desde que comecei a acompanhar o processo de draft com mais aten√ß√£o.

Dos 11 prospectos citados nessa lista, pelo menos 6 t√™m notas de primeiro round (DK Metcalf, Marquise Brown, Kelvin Harmon, Riley Ridley, N’Keal Harry e JJ Arsega-Whiteside). Dos restantes, 3 tamb√©m t√™m chances de chances de sair na primeira rodada (Hakeen Butler, AJ Brown e Deebo Samuel). Os restantes s√£o grandes candidatos a steal (em especial Damarkus Lodge).

Draft 2019: classe de wide receivers

  1. D.K. Metcalf (Ole Miss)

– ALTURA: 6’3”

РPESO: 225 lbs

– STATS:¬†7 jogos, 26 Recep√ß√Ķes, 569 jardas (21.9 jardas por recep√ß√£o), 5 TDs

Coment√°rios: O que um esquema ruim n√£o faz, n√£o √© mesmo? Ole Miss tem um QB de bom n√≠vel (para o College), um grupo de recebedores excepcional (sendo 3 nessa lista, incluindo o No. 1) e ainda assim teve um desempenho pra l√° de mediano na temporada. Melhor corredor de rotas da classe, Metcalf costuma levar vantagem sobre o defensor j√° no realease. Com uma boa variedade de footwork e Handwork junto ao trabalho do tronco, a separa√ß√£o vem naturalmente. Tem explos√£o e velocidade. O √ļnico sen√£o foi uma les√£o que tirou ele do campeonato ap√≥s 7 jogos (e ainda coloca uma nuvem sobre sua viabilidade). Um bom indicativo de como Metcalf pode ser decisivo √© que Ole Miss perdeu todos os jogos a partir dessa les√£o. Possui imensa capacidade de cria√ß√£o para todos os n√≠veis do campo.

DK Metcalf vs Alabama: http://www.youtube.com/watch?v=KtbI9G32tV8

 

  1. Marquise Brown (Oklahoma)

– ALTURA: 5’10”

РPESO: 168 lbs

– STATS: ¬†57 recep√ß√Ķes, 1095 jardas (19.5 de jardas por recep√ß√£o), 7 TDs

Comentários:Baixinho e magrinho (pra posição), mas que com rapidez e habilidade consegue ser uma ameaça vertical no jogo aéreo. A comparação óbvia é Desean Jackson. Mas Hollywood Brown consegue ser um pouco mais que isso. Consegue dar cortes rápidos e incisivos e isso junto à velocidade permitem que consiga separação do defensor sem dificuldade. Sua maior dificuldade até pelo porte físico é contribuir com bloqueios e disputar bolas contestadas.

Marquise Brown vs Oklahoma:

 

  1. Kelvin Harmon (NC State)

– ALTURA: 6’3”

РPESO: 213 lbs

– STATS:¬†81 recep√ß√Ķes, 1186 jardas (14,6 jardas por recep√ß√£o), 7 TDs

Comentários: O que define o tape de Harmon pra mim é esforço. Parece que Harmon se esforça muito para fazer cada movimento e aprimorar cada atributo da posição. Não tem a técnica mais refinada, os movimentos não são os mais naturais, mas de alguma forma ele consegue ser (bastante) eficiente. Seu tamanho faz sua explosão e velocidade serem subestimados.A mistura de tamanho, fisicalidade, Ball skills e fluidez permitem vê-lo como receptor X em qualquer tipo de esquema. Não é excepcional em nenhum atributo, mas também não tem nenhum ponto fraco. Embora os 2 WR que citei anteriormente sejam minhas preferências, não terei nenhum problema se Harmon for nossa escolha de primeiro round.

Kelvin Harmon vs Clemson: https://www.youtube.com/watch?v=fOz8Vcp5Cqo

 

  1. Riley Ridley (Georgia)

– ALTURA: 6’2”

РPESO: 200 lbs

– STATS:¬†43 Recep√ß√Ķes, 553 jardas (13 jardas por recep√ß√£o), 9 TDs

Coment√°rios:¬†Talvez o prospecto mais controverso dessa posi√ß√£o na classe. Os n√ļmeros de Ridley n√£o s√£o de se encher os olhos, ent√£o o que faz ele ser um prospecto t√£o promissor? Olhando-se o contexto, fica claro que o ataque de Georgia √© muito mais voltado pra corrida do que o passe. Ent√£o, da pra ver essas estat√≠sticas por outro √Ęngulo: foram 43 recep√ß√Ķes em apenas 56 targets e conseguiu um TD a cada 4,77 recep√ß√Ķes, o que √© um excelente aproveitamento.

Em 2018 foi o primeiro ano que o irm√£o do Calvin teve um desempenho relevante (e demonstrou uma capacidade de evolu√ß√£o bastante significativa) ent√£o todas as incertezas vem do baixo n√ļmero de vezes em que foi utilizado, uma vez que o tape n√£o mostra muitas fraquezas. Pelo que demonstrou, considero uma aposta v√°lida j√° no primeiro round.

Como comparação, basta lembrar de Michael Thomas que os torcedores do Redskins lamentam até hoje (era a preferência de Jay Gruden pelo que demonstrava nos tapes, mas não tinha muitas estatísticas significativas Рnunca passou de 800 jardas numa temporada no College).

Riley Ridley Vs LSU:

 

  1. N’Keal Harry (Arizona State)

– ALTURA: 6-3

– PESO:216

– STATS:73 recep√ß√Ķes, 1088 jardas (14.9 jardas por recep√ß√£o), 9 TDs

Coment√°rios: Outro excelente corredor de rotas, Harry consegue usar a rapidez e a pr√≥pria fisicalidade pra conseguir separa√ß√£o em qualquer parte do campo, mas parece ser especialmente em espa√ßos curtos, o que o torna um excelente alvo na redzone. Sem D√ļvidas sua maior qualidade s√£o Ball Skills e a capacidade de ganhar bolas contestadas. Precisa melhorar sua mudan√ßa de dire√ß√£o e n√£o tem ‚Äúexplos√£o‚ÄĚ e um realease muito eficiente, embora consiga ter uma boa velocidade final em rotas verticais.

N’Keal Harry vs UTSA:¬†https://www.youtube.com/watch?v=mfJQz9MTzbA

 

  1. J.J. Arcega-Whiteside (Stanford)

– ALTURA: 6’2”

РPESO: 222 lbs

– STATS:¬†63 recep√ß√Ķes, 1059 jardas (16.8 jardas por recep√ß√£o), 14 TDs

Coment√°rios: Ta√≠ um caso bem dif√≠cil de avaliar. Arcega √© grande, consegue ser r√°pido e uma amea√ßa vertical com frequ√™ncia, muito f√≠sico, por√©m √†s vezes n√£o consegue separa√ß√£o do defensor. Ao mesmo tempo que demonstra ser capaz de recep√ß√Ķes acrob√°ticas dif√≠ceis, tamb√©m ocasionalmente sofre com Drops em jogadas mais f√°ceis. Passa a impress√£o de que boa parte do seu jogo √© instintivo, n√£o t√©cnico. Tem muito, muito espa√ßo para desenvolver e crescer como jogador, mas vai precisar do WR Coach certo para isso (e no nosso caso, eu pelo menos, n√£o confio em Ike Hillard).

J. J. Arcega Whiteside vs Oregon: https://www.youtube.com/watch?v=TuHCXZ6IGYE

 

  1. A.J. Brown (Ole Miss)

– ALTURA: 6’1”

РPESO: 225 lbs

– STATS:¬†85 recep√ß√Ķes, 1320 jardas (15.5 jardas por recep√ß√£o), 6 TDs

Coment√°rios: A.J. Brown √© o melhor slot receiver da classe. Mas ainda √© um slot receiver e voc√™ consegue esse tipo de recebedor em rounds mais baixos sem tanta dificuldade. Mas √© um excelente jogador. Seguindo a tend√™ncia dos companheiros de Ole Miss nessa lista, se destaca principalmente correndo rotas e conseguindo separa√ß√Ķes. N√£o √© dos recebedores mais r√°pidos nem dos mais explosivos ent√£o acaba sendo bastante √ļtil em rotas horizontais, mas rotas verticais pode ser um problema dependendo da cobertura que estiver enfrentando.

A. J. Brown vs Alabama: https://www.youtube.com/watch?v=tVOPOnwL5pI

 

  1. Parris Campbell (Ohio State)

– ALTURA: 6’0”

РPESO: 208 lbs

– STATS:¬†90 recep√ß√Ķes, 1088 jardas (11.8 jardas por recep√ß√£o), 12 TDs

Coment√°rios: Dono de uma vis√£o de jogo privilegiada (talvez a melhor de toda classe), Campbell tem uma perfeita no√ß√£o de tempo e espa√ßo e consegue perceber rapidamente o que precisa fazer para ganhar o maior n√ļmero poss√≠vel de jardas ap√≥s a recep√ß√£o. Partindo do Slot, sobretudo em rotas Screen ou Sweep, com habilidade, consegue ser extremamente r√°pido e eficaz. Infelizmente quando parte para rotas para receber mais afastado da linha de Scrimmage essa velocidade n√£o se traduz. Ainda consegue boas recep√ß√Ķes porque tem racioc√≠nio r√°pido para encontrar buracos na cobertura da defesa, mas n√£o vai muito al√©m disso.

Parris Campbell vs Michigan:

 

  1. Hakeen Butler (Iowa State)

– ALTURA: 6’6”

РPESO: 225 lbs

– STATS:¬†60 recep√ß√Ķes, 1318 jardas (22.0 jardas por recep√ß√£o), 9 TDs

Coment√°rios: Mais um caso de jogador que o Combine deve fazer ser escolhido muito antes do que deveria. N√£o que Butler seja um jogador ruim. Longe disso. √Č grande, com bra√ßos compridos e fortes e sabe utilizar muito bem o f√≠sico para levar vantagens sobre o defensor. E ainda consegue ser surpreendentemente eficaz em ganhar jardas ap√≥s a recep√ß√£o. Mas at√© pelo tamanho, n√£o √© muito √°gil ent√£o em Iowa acabava sendo utilizado principalmente como amea√ßa vertical e/ou receptor externo. Mas n√£o chegou a desenvolver uma grande √°rvore de rotas como receptor.

Hakeen Butler vs Oklahoma: https://www.youtube.com/watch?v=-jJQtI8ssSI

 

  1. Damarkus Lodge (Ole Miss)

– ALTURA: 6’1”

РPESO: 199 lbs

– STATS:¬†65 recep√ß√Ķes, 877 jardas (13.5 de jardas por recep√ß√£o), 4 TDs

Coment√°rios: A grande maioria das rotas do ataque de Ole Miss s√£o verticais, mas da pra ter uma boa ideia de como Lodge se comportaria em situa√ß√Ķes mais convencionais. Sua melhor qualidade √© o Realease. Consegue induzir os defensores a virar os quadris para determinada dire√ß√£o e ent√£o inverte a rota com rapidez e facilidade logo ap√≥s os primeiros passos. Tem alguns problemas com bolas contestadas e drops, mas √© de longe o maior candidato a sleeper dessa lista.

Damarkus Lodge vs LSU: https://www.youtube.com/watch?v=ULv8G5MFfYQ

 

  1. Deebo Samuel (South Carolina)

– ALTURA: 5’11”

РPESO: 215 lbs

– STATS:¬†62 recep√ß√Ķes, 882 jardas (14.2 de jardas por recep√ß√£o), 11 TDs

Coment√°rios:¬†Corredor de rotas razo√°vel, consegue induzir o defensor e ganhar separa√ß√£o com razo√°vel regularidade. Mas, de longe, sua maior qualidade √© a vis√£o de campo e as jardas que consegue ap√≥s a recep√ß√£o. Samuel tem tido bastante problemas com drops e um hist√≥rico de les√Ķes, tanto em 2016, quanto em 2017. Recep√ß√£o em bolas contestadas √© outro ponto a ser trabalhado.

Deebo Samuel vs Clemson: https://www.youtube.com/watch?v=ZlHxyX9foWQ

#HTTR
#EuSouRedskins

texto por por Cristiano Ludvig (tt: @ludvigcristiano)
revisão por Diogo Miranda (tt: @diogoniiiii)

Hail, #RedskinsNation! Acompanhe o Podcast Redskins Brasil, assine o feed e não perca nenhum episódio. Além disso, siga nossas redes sociais para ficar por dentro das notícias da franquia. Se gostou ou discordou de algo, deixe sua opinião nos comentários. O Redskins tem a 15a posição no NFL Draft 2019. Até lá, seguiremos debatendo sobre os Redskins, sempre na torcida para que este ano seja de muitas vitórias!

__
“Hail to the Redskins, hail victory! Braves on the warpath, fight for old D.C.!”

Todos os conte√ļdos publicados neste site s√£o de responsabilidade de seus autores e n√£o necessariamente refletem as opini√Ķes e posicionamentos da FN Network.

Deixe um coment√°rio

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

NOT√ćCIAS RELACIONADAS

616366727aae3.image
Podcast Washington Brasil 095 РPós vs Saints Pré vs Chiefs
(ERRADAS) PREVIS√ēES PARA O ROSTER DO WFT PARA A TEMPORADA 2021
asdadasd
WashingtonNFLBR entrevista: Pete Hailey, do Washington Football Talk Podcast
Screen Shot 2020-12-21 at 13.39.46
Notas para um time 6-8
Screen Shot 2020-11-24 at 07.27.23
Textículo tik toker quase acéfalo para um time 3-7
LANDOVER, MARYLAND - NOVEMBER 08: Terry McLaurin #17 of the Washington Football Team makes a catch while being guarded by James Bradberry #24 of the New York Giants in the first quarter at FedExField on November 08, 2020 in Landover, Maryland. (Photo by Patrick McDermott/Getty Images)
Breves notas de meio de temporada, com um Laurinho de esperança!
5f839b943ed81.image
Teria Washington um futuro quase acéfalo?