lockout acabou! A temporada de 2022 da Major League Baseball está de volta. Portanto, até o dia 07/04, vamos dissecar todas essas seis divisões da liga, hoje chegando com a American League West. Iremos dividir em possíveis colocações para a temporada que está por vir.

5° lugar – Oakland Athletic’s

Para quem disputou os playoffs em 2021, agora vai brigar para não ser a pior campanha de toda a Major League Baseball em 2022. Starling Marte, Mark Canha, Matt Olson, Yan Gomes, Andrew Chafín, Josh Harrison, Jake Diekman, entre outros. É muito, é um time que vai buscar evoluir sua farm system para voltar a ser competitivo futuramente, mas futuramente mesmo.

O ataque do time não terá tantos destaques assim, mas é bom ficar de olho em Cristian Pache que foi um dos retornos da troca que enviou a superestrela Matt Olson para Atlanta. Além disso, Eric Thames volta às Majors, depois de uma temporada no Japão. Enfim, um ataque que deverá ter bastante problemas em 2022.

A rotação por outro lado, ainda possuí bons nomes, perdeu Manaea para o Padres, entretanto Frankie Montas (que realmente foi bem em 2021) continua como um nome interessante nesse início de temporada, mas porque eu ainda digo possuí? Porque a chance de ambos serem trocados são relativamente grandes, então ficaremos de olho, a qualquer momento ambos podem ser movidos. James Kaprielian foi bem em 2021 e deve desempenhar um papel importante nesse time, entretanto começa a temporada lesionado.

O bullpen conta com vários bons nomes, Lou Trivino, A.J. Puk (que deve finalmente ficar saudável) e Domingo Acevedo seguem como bons nomes. Um time com vários buracos que terminará com uma escolha alta no próximo draft.

4° lugar – Texas Rangers

Primeiramente, o Rangers foi um dos times que mais gastou nessa offseason, Marcus Semien, Corey Seager, Kole Calhoun, Brad Miller e Jon Gray são os nomes em que o dinheiro foi depositado. Principalmente, os dois primeiros que juntos somam mais de meio bilhão de dólares.

O ataque está reforçado, finalmente Adolis García tem ajuda, Marcus Semien, Corey Seager, Mitch Garver chega de uma troca com o Twins que culminou na ida de Falefa para lá e depois Nova York. Nathaniel Lowe e Willie Calhoun completam um bom ataque Texano.

Porém, o montinho já é outra história. Não tem um arremessador que seja interessante. Jon Gray deve ser o arremessador no dia de abertura, Martin Pérez volta para casa após sua passagem por Boston, entretanto nenhum deles inspira confiança. O bullpen teve outra adição ex-Red Sox, Garrett Richards, entretanto já conta também com Joe Barlow e John King. De antemão, um montinho que inspira muita pouca confiança.

Todavia, o nível de talento em comparação ao Athletic’s é notório e deve brigar mais com os times a frente deles, do que com os que estão atrás.

Reprodução: Getty Images

3° lugar – Los Angeles Angels

Ter dois dos melhores jogadores do beisebol no seu time deveria ser o suficiente para ter um time competitivo toda temporada certo? Errado. Mesmo tendo Mike Trout e Shohei Ohtani o time dos Angels não chega nem perto de figurar nos playoffs, mas talvez esse ano possa mudar.

O ataque é realmente muito bom, Ohtani, Trout, Walsh, Rendon, David Fletcher, nomes não faltam e combinando com uma temporada saudável dos dois principais nomes do bastão desse time, pode realmente trazer mais vitórias que o esperado.

No montinho, a figura não muda tanto, também tem como principal arremessador o MVP da temporada passada, Ohtani, entretanto há mais ajuda, Lorenzen e Syndergaard são escolhas mais sólidas, porém o segundo precisa se manter saudável.

O bullpen do time é realmente muito bom, Iglesias, Tepera, Loup, Archie Bradley, Mayers e Warren, basicamente muito melhor do que em anos anteriores e deve ser um dos grandes pontos fortes da equipe para 2022.

No geral é um time que pode incomodar, mas ainda assim e com algumas incógnitas, deve ficar atrás de Mariners e Astros. Porém, o time terá plenas condições de brigar por uma vaga nos playoffs.

2° lugar – Seattle Mariners

Eles incomodaram em 2021, querem e podem brigar de igual para igual com o Houston Astros em 2022. O Mariners melhorou todas áreas do time nessa última offseason, principalmente o ataque, com um outfielder poderoso e uma rotação sólida. O bullpen só precisa ser preciso quando acionado.

A unidade ofensiva de Seattle recebeu várias adições, Adam Frazier, Jesse Winker, Eugênio Suárez e Júlio Rodríguez, além de já contar com Jarred Kelenic e um retorno antes do previsto para Kyle Lewis. O time ainda possuí um Mitch Haniger que foi bem na temporada passada, promessa de estrago grande.

O montinho teve a grande adição do atual CY Young da liga americana, Robbie Ray, ele teve um final de temporada muito bom no Toronto Blue Jays, conseguiu seu dinheiro em Seattle e será o arremessador do dia de abertura do time. A rotação ainda conta com Marco Gonzales e Logan Gilbert que devem contribuir mais.

O bullpen perdeu Graveman na última trade deadline, jogador assinou um bom contrato nessa offseason com o Chicago White Sox, mas não deve ser motivo de preocupação, Paul Sewald, Diego Castillo e o recém chegado Sergio Romo devem contribuir. Drew Steckenrider pode ajudar também, olho nele.

Portanto, no geral é um time muito competente que vai realmente bater de frente com o Houston Astros pelo título divisional e tentar de uma vez por todas ir aos playoffs, feito que não consegue desde 2001.

Reprodução: Getty Images

1° lugar – Houston Astros

Sim, eles perderam Carlos Correra, sim eles são os atuais campeões da liga americana e sim eles serão o time a ser batido novamente dentro da sua divisão, ainda mais com os retornos de Bregman e Verlander saudáveis.

Altuve, Bregman, Brantle, Álvarez, Gurriel, Tucker, entre outros, esse ataque possuí poucos defeitos, a grande mudança é de fato a saída de Carlos Correa e a utilização do agora titular Jeremy Peña. Entretanto, uma unidade muito competente que deverá continuar nesse ritmo em 2022.

O montinho conta com a volta de Justin Verlander, mas deve ser Framber Valdez que fará a estreia do time no opening day, Greinke deixa o time, porém Urquidy e García devem dar conta do recado. A grande dúvida dessa rotação é Jake Odorizzi.

O bullpen ainda com um closer extremamente confiável, Ryan Pressly, Stanek, Maton e Taylor seguem por lá, a única adição do time foi realmente o ex-Phillies, Héctor Neris, mas vamos esperar para ver, sabemos que ele não foi tão bem assim nos seus últimos anos na Philadelphia.

Portanto, um time com poucas brechas e que deverá ser muito difícil de bater ainda em 2022, eles devem brigar e tentar manter o posto de título da divisão e tentar buscar novamente a glória máxima de mais uma World Series.

DEIXE UMA RESPOSTA