Na semana 9 da NFL, Tua Tagovailoa e Kyler Murray se enfrentaram no deserto de Glendale, no Arizona. Mas, os dois já são velhos conhecidos, já que Tagovailoa terminou como vice-campeão para Kyler Murray no Troféu Heisman, em 2018.

Miami Dolphins 34 X 31 Arizona Cardinals

Miami e Arizona fizeram um jogo muito nivelado, com cada jovem quarterback contando com seus pontos fortes. Murray em sua mobilidade e braço de canhão, e Tagovailoa em sua postura e precisão. Murray completou 21 de 26 passes para 283 jardas e três touchdowns. Além disso, ele também fez uma grande diferença no jogo com as pernas, totalizando 106 jardas corridas e um touchdown em 11 corridas.

Já a ex-estrela de Alabama terminou 20/28 para 248 jardas com 2 TDs de passe. Jason Sanders acertou um field goal de 50 jardas de desempate com 3:30 restantes e Miami (5-3) venceu seu quarto jogo seguido. Portanto, segue firme na corrida rumo aos playoffs na AFC.

Foto: Phinsider

Em nome dos velhos (e novos) tempos

O jogo da temporada regular de domingo não teve as mesmas apostas que o confronto de Murray e Tagovailoa no College, mas a emoção e a expectativa eram inegáveis. Até agora, eles corresponderam às expectativas colocadas sobre eles na NFL.

Ainda não dá pra afirmar se o jogo deles pode levar seus respectivos times aos playoffs, mas uma coisa é certa: essa geração de quarterbacks vai tornar o futebol mais acirrado e divertido do que já imaginamos.

3 COMENTÁRIOS

  1. Essa nova era de Qbs vai transformar aquilo que já é emocionante e excitante em algo que não sabemos o nome ainda.
    Vamos pensar neste possível nome.
    Parabéns pela matéria!

DEIXE UMA RESPOSTA