O Baltimore Ravens foi até o Colorado enfrentar o Denver Broncos pela semana 4 da NFL. Desde o milagre do Mile High, os Ravens não ganhavam de Denver em seus domínios. Hoje foi o dia de Lamar Jackson quebrar mais um tabu.

E dessa vez, com tranquilidade.

O Jogo Corrido

O ataque do Baltimore Ravens simplesmente não andou no primeiro quarto. Com Ty’son Williams inativo, restou a Latavius Murray e Le’Veon Bell conduzirem o jogo terrestre que pouco produziu, embora tenha sido mais chamado do que as jogadas aéreas no começo da partida.

Denver, na ausência de seus dos Guards titulares, precisou abusar do release rápido por parte de Teddy Brdgewater e contar o WR Tim Patrick e o TE Noah Fant para desafogar o ataque dos Broncos.

Felizmente, não foi o suficiente. O time incomodou no começo do segundo quarto com um TD de Noah Fant que colocou o Broncos na liderança, mas não passou disso o resto da partida

Com o ataque de Baltimore ainda se encontrando, os Broncos davam a impressão que dominariam a partida. Por sorte, o time percebeu o problema e fez Lamar Jackson soltar o braço. Mark Andrews e Marquise Brown tomaram conta do ataque do Baltimore Ravens e permitiu que o time assumisse a liderança no final do primeiro tempo.

Os Ravens e a defesa

Como dissemos no começo, Denver não pode contar com seus dois Guards titulares. Sem Dalton Risner e Graham Glasgow, Teddy Bridgewater foi um alvo fácil para o pass rush do Baltimore Ravens. Odafe Oweh teve uma partida dominante pressionando o QB e Tyus Bowser teve uma das melhores partidas (senão a melhor) de sua carreira.

Elogios também para a secundária que fez um bom trabalho na partida, mesmo se considerarmos que Denver não contava com seus receivers titulares. Anthony Averett e Jimmy Smith não deram sossego para os alvos de Teddy Birdgewater

A partir do segundo tempo, Drew Lock assumiu o ataque do Broncos, após Teddy Bridgewater se retirar por conta do protocolo de concussão. Bastou então a defesa administrar a partida e conduzir o Baltimore Ravens à sua terceira vitória seguida e à quebra de mais dois recordes.

Tucker e o jogo terrestre

O jogo da semana 4 marca a quebra e um empate de recordes para o Baltimore Ravens. Em primeiro lugar, Justin Tucker passou Stephen Gostkowsky como o kicker a atingir mais rápido a marca de 300 Field Goals convertidos. Já a defesa empatou a marca de jogos consecutivos com mais de 100 jardas terrestres.

Essa última marca contou com um atrevimento de John Harbaugh. No drive derradeiro, ainda restavam três jardas para atingir a marca. Ao invés do time ajoelhar e fazer a famosa formação da vitória, o head Coach preferiu chamar uma corrida para alcançar o recorde de uma vez.

Lamar Jackson

Na corrida para alcançar a marca de 4000 jardas, as circunstâncias do jogo obrigaram o QB a soltar o braço. O resultado foi que Lamar converteu 22 de 37 passes para um total de 316 jardas, a maior marca do jogador na temporada 2021. isso inclui um passe magnífico para Hollywood Brown de 49 jardas que terminou em um mergulho para o touchdown.

O Baltimore Ravens voltam a campo no Monday Night Football da semana 5, para receber o indianapolis Colts, que conquistaram sua primeira vitória contra o Miami Dolphins

DEIXE UMA RESPOSTA