O Baltimore Ravens tem sido um time estranho na temporada. Faz jogo duro contra adversários teoricamente mais fracos e passeia por cima de adversários fortes. Perde para franquias mais fracas e ganha de rivais mais fortes.

O duelo contra o Los Angeles Chargers é uma amostra deste absurdo. Com ambos os times vindo de vitórias dramáticas, todos esperavam que o jogo de domingo fosse bastante apertado. Ainda mais somado à qualidade de ambos os times.

Entretanto, o placar de 34 a 06 para o Ravens reflete o que foi esse jogo.

Dominância do Baltimore Ravens

Lamar Jackson, quarterback do baltimore Ravens

O jogo em questão mostrou como os Ravens podem ser versáteis e perigosos. Contando com um backfield composto po Le’Veon Bell, Devonta Freeman e Latavius Murray, o jogo terrestre fez o que se imagina desse time: manteve o ataque em campo e controlou o relógio.

Se no primeiro jogo, os Colts limitaram Baltimore a menos de 70 jardas, contra os Chargers o time correu para 187 jardas totais e anotou 3 touchdowns. Inclusive Devonta Freeman, o corredor mais contestado, foi o líder entre os RB’s, com 9 carregadas para 53 jardas. Quase 6 jardas por carregada.

Já o ataque aéreo não foi o mais explosivo de todos, porém foi cirúrgico quando preciso. Foram 167 jardas totais e apenas 1 touchdown, cortesia de Mark Andrews. Mesmo assim, foi um ataque consistente. As duas interceptações representaram muito pouco no saldo final do que esse ataque apresentou.

Herbert com problemas

Brandon Williams animado a defesa do Baltimore Ravens

Diferente do que se imaginava, ainda mais por conta das atuações recentes de ambos os times, Justin Herber e o ataque dos Chargers não tiveram vida fácil contra a defesa do Baltimore Ravens.

DeShon Elliott perturbou a vida do QB dos Chargers e saiu da partida com um sack, dois QB hits e uma interceptação. Interceptação essa que, no caso, foi desperdiçada pelo Ravens, pois Lamar Jackson, no lance seguinte, devolveu a bola para os Chargers. Esse foi o lance que permitiu ao time de L.A. anotar os únicos pontos da partida.

Os cornerbacks fizeram também uma partida de destaque, permitindo que poucos passes fossem conectados nos alvos de Justin Herbert. Anthony Averett mas uma vez fez uma boa partida e Marlon Humphrey foi providencial. Jimmy Smith apareceu bem no começo da partida e impediu que um touchdown fosse anotado pelos Chargers.

Os Ravens voltam a campo semana que vem, pela semana 7, para encarar o primeiro duelo de divisão contra o Cincinnati Bengals.

DEIXE UMA RESPOSTA