Atlanta Falcons perde em Londres para o Jacksonville Jaguars.

Atlanta Falcons perde em Londres para o Jacksonville JaguarsO primeiro jogo internacional da NFL trouxe os Falcons e os Jaguars, em uma partida em que a defesa de Jacksonville se destacou, gerando dúvidas e questionamentos sobre Desmond Ridder como titular. O placar final foi de 23 a 7 a favor dos Jaguars, aproveitando três turnovers e infligindo a segunda derrota à equipe da NFC South.

Aqui estão algumas observações sobre a derrota dos Atlanta Falcons na semana 4:

  1. Decisões de Arthur Smith: Eu sei que você acha que sempre vamos mencionar isso, mas neste jogo, mais uma vez, algumas jogadas pareciam confusas. O ápice disso foi na situação de 3ª para 1 jarda, onde ele poderia simplesmente ter corrido com Bijan, mas optou por alinhar o running back vazio. Essa jogada resultou na perda da posse de bola. Esse tipo de comportamento ainda deixa os torcedores apreensivos, especialmente considerando as evidentes limitações do quarterback.
  2. Desmond Ridder e suas decisões: Este quarto jogo trouxe uma preocupação significativa. Ridder, em oito jogos, parece ter regredido em 2023 em comparação com o que jogou em 2022. Problemas de processamento e falta de leitura em algumas situações são preocupantes, somados ao fato de ele não saber improvisar e correr quando o pocket está aberto. A sequência de duas interceptações foi lamentável, mas houve outros lances em que ele arriscou e quase perdeu a bola pela terceira vez. Teremos mais jogos para ver se ele se recupera ou demonstra alguma melhoria, mas é visível que em 2024 ele não deve ser o QB dos Atlanta Falcons.
  3. O jogo terrestre se encaixando na temporada: Bijan Robinson já começou a assumir o controle das corridas. Em Londres, foram 14 tentativas para 105 jardas, o que foi um alívio em muitos momentos para o ataque. Tyler Allgeier teve 7 carregadas e correu 16 jardas, diminuindo sua produção em relação ao primeiro jogo do ano. O importante é que essa dupla seja capaz de desgastar as defesas adversárias e guiar o ataque dos Atlanta Falcons.
  4. A defesa em evolução: A cada jogo, podemos notar uma pequena melhora. Em Londres, a linha defensiva conseguiu causar mais problemas, forçando Lawrence a improvisar e prejudicando o desempenho do QB. Apesar de não terem conseguido turnovers, os Jaguars só conseguiram anotar um touchdown no ataque, com o outro vindo da defesa, além de três field goals convertidos. É importante ressaltar que a unidade ofensiva dos Jaguars é de alto nível, com nomes como Sunshine, Calvin Ridley, Christian Kirk, Evan Engram e Travis Etienne.
  5. A “lei do ex” se aplicou a Calvin Ridley: Apesar do desempenho apagado no geral, com apenas duas recepções e 38 jardas, a primeira pontuação da partida veio do ex-camisa 18 dos Falcons. Agora nos Jaguars, Ridley ficou livre no fundo da endzone e marcou seu primeiro touchdown contra seu antigo time, mostrando que, mesmo em um jogo abaixo da média, a “lei do ex” ainda pode se fazer presente.

Foto: Twitter/Atlanta Falcons

Todos os conteúdos publicados neste site são de responsabilidade de seus autores e não necessariamente refletem as opiniões e posicionamentos da FN Network.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Capa Podcast
Falcons Play Action #164 – Salvando a Offseason do Atlanta Falcons!
Capa Podcast
Falcons Play Action #163 – Noticías da Offseason!
O curioso caso da QB room do Atlanta Falcons
O curioso caso do QB room do Atlanta Falcons
Capa Podcast (2)
Falcons Play Action #162 – Review do Draft de 2024!
Capa Podcast (1)
Falcons Play Action #161 – Mock Draft 3.0!
b5dc0042-db37-4f3c-99ba-aef04cd6e028
Matt Ryan anuncia aposentadoria
Capa Podcast
Falcons Play Action #160 – Mock Draft 2.0 e Draft dos Creators!
Capa Podcast (2)
Falcons Play Action #159 – Classe de RBs e QBs do Draft de 2024!
Capa Podcast (1)
Falcons Play Action #158 – Mock Draft 1.0 de 2024!